OBSERVATÓRIO |  Momento Segurança no Trânsito explica como conservar e estender durabilidade de pneus
16558
post-template-default,single,single-post,postid-16558,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

 Momento Segurança no Trânsito explica como conservar e estender durabilidade de pneus

 Momento Segurança no Trânsito explica como conservar e estender durabilidade de pneus

O quadro Momento Segurança no Trânsito desta semana volta a ter como assunto os pneus. Depois das orientações importantes dadas na semana passada, como a dica sobre a leitura dos pneus, entre outras, o programa, agora, explica como conservar e prolongar a vida útil dos pneus de seu veículo.

Entre as explicações, também relevantes para a segurança do condutor e dos passageiros, são destacados, por exemplo, o alinhamento da direção, balanceamento e a calibragem. No primeiro caso, o Momento Segurança no Trânsito observa que o aconselhável é que o alinhamento da direção seja feito a cada 5 mil quilômetros rodados com o veículo. Já o balanceamento, a cada 10 mil. O vídeo orienta que a calibragem dos pneus deve ser feita a cada 15 dias e a do estepe pelo menos uma vez a cada mês, para que ele esteja em perfeitas condições de rodagem em caso de necessidade.

O programa dá dicas sobre como verificar se o veículo precisa de alinhamento da direção ou de balanceamento. Explica, também, como entender, o que significa e que cuidados tomar em caso de desgaste dos pneus.

O quadro Momento Segurança no Trânsito é produzido pelo Programa Observar, parceria entre o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e a Seguradora Líder-DPVAT. Ele foi pensado para ampliar as parcerias no sentido de oferecer ainda mais a conscientização sobre a importância da segurança viária. O Momento Segurança no Trânsito é disponibilizado gratuitamente aos interessados em divulgá-lo. Para isso basta que encaminhem solicitação ao email onsv@onsv.org.br.

Assista ao vídeo:

Sem comentários

Escreva um comentário