Aberta a temporada de blocos nas ruas; esteja atento ao trânsito

Lembre-se que, apesar do Carnaval, as regras de trânsito permanecem as mesmas; se beber não dirija e respeite os bloqueios de vias e alterações de rotas

A partir deste final de semana no, Rio de Janeiro,  Salvador, Recife, São Paulo e em diversas outras cidades, os foliões já começam a por os blocos na rua. No país da alegria e do Carnaval, a festa de Momo é o momento de muita gente acompanhar ou participar os desfiles de blocos para extravasar emoções. Mas, antes de sair para os festejos, é bom lembrar que as regras de trânsito permanecem as mesmas. E que para a folia ser completa, a atenção e o cuidado devem ser redobrados.

A alegria desta época costuma estimular uma ação que pode acarretar muita tristeza ao final, ou seja, este é um período em que as pessoas costumam beber mais. E beber e dirigir são, definitivamente, duas atitudes que não combinam. Os riscos ao motorista que ingeriu bebida alcoólica e pegou o volante de provocar acidente é elevadíssimo, como já se sabe.

Portanto, no Carnaval – e fora dele – se beber, não dirija. Saiba que beber e dirigir está entre os 5 principais fatores de risco para a mortalidade no trânsito. Lembre-se, também, que não existem limites seguros para ingestão de bebida alcoólica quando se vai dirigir.

Outra recomendação  é não aceitar carona de quem bebeu. E no caso de ter bebido e voltar a pé para seu destino, lembre-se que haverá riscos também, já que seus reflexos e noção de tempo e distância sofrem alteração e sempre há o perigo de atropelamento. O mesmo vale para os ciclistas. Portanto, a moderação será sempre a melhor companheira.

Para garantia do percurso de blocos é comum haver em muitas cidades a interdição de trechos de vias; a mudança da rota do trânsito. Portanto, esteja atento a esse detalhe também, afinal, ninguém quer cortar ao meio um desfile, sem contar o risco que essa atitude significaria para a segurança dos foliões e dos próprios ocupantes do veículo que, eventualmente, não obedeceu à sinalização viária.

Carnaval é, ainda, período em que mais pessoas saem às ruas. Sendo assim, os riscos de atropelamentos podem ser maiores.  Daí deriva a necessidade de atenção máxima aos pedestres. No Carnaval – e também fora dele- suas escolhas fazem a diferença no trânsito. Por isso, procure sempre fazer as melhores escolhas, contribuindo desse modo para a redução do número de acidentes e a preservação de vidas.

 

 

 

Comente