Loader
“Tá Pensando em Quê?”
25404
post-template-default,single,single-post,postid-25404,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

“Tá Pensando em Quê?”

“Tá Pensando em Quê?”

João da Nica, motoboy que virou empresário e youtuber com quase 500 mil seguidores, utiliza uma linguagem simples e bem-humorada para alertar aos motociclistas e principalmente àqueles que trabalham com motocicletas diariamente, motofretistas, sobre a importância de não se distraírem da pilotagem enquanto no trânsito.

É preciso que o foco e a concentração estejam acima de tudo, pois assim é possível evitar diversos acidentes que vêm inclusive, por trás de um motociclista.

“Presta atenção no que você está fazendo!”, alerta João da Nica, da mesma forma que nossos pais nos alertavam quando éramos crianças.

É preciso estar o tempo todo com o foco nos 360° à sua volta e o mais distante possível, para ampliar seu campo de visão.  Os retrovisores precisam estar posicionados de forma a não ter que mexer o pescoço ou a cabeça para olhar para trás, mas apenas os olhos e sem perder a atenção à frente.  E sempre, antes de mudar de faixa ou direção, olhar e confirmar se a manobra será realizada sem riscos.

É preciso estar relaxado (sem estar tenso, e não, com sono!) para que melhore a circulação sanguínea, aumente o fluxo de oxigênio no sangue e consequentemente, o raciocínio e o reflexo, fundamentais em um momento de tomar uma decisão importante em caso de emergência.

Para uma boa concentração, recomenda-se inclusive, fazer um relaxamento, uma meditação, antes de subir na moto, para que o piloto se desligue dos problemas externos à pilotagem e se concentre somente às situações que irá enfrentar enquanto pilota, pois são muitos os imprevistos.

Todos queremos chegar aos nossos destinos; íntegros e… bem humorados.

Por um trânsito mais harmônico e inteligente.

Suzane Carvalho
Núcleo de Motociclismo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária

 

“Tá pensando em quê?” é o terceiro vídeo da série Dicas com o João da Nica.

Acompanhe os conselhos dado por quem entende sobre o dia a dia do motociclista:
1 Comment
  • Pedro Montenegro
    Posted at 04:44h, 31 agosto Responder

    Eu sou Consultor de Segurança Rodoviário, mais dirigido a condutores de veículos automóveis e pesados e vejo cada vez mais as mesmas regras a aplicar na condução segura em todos os tipos de veículos. Na minha opinião a causa mais frequente dos acidentes rodoviários é a fraca observação da envolvente ao seu veículo. Há regras bem definidas à muitos anos para melhorar o nível de atenção, através da correta observação da nossa envolvente, como condutores: Olhos em movimento, olhar à frente da distância de segurança, não fixar os olhos num ponto, mas sim varrer toda a largura da nossa faixa de rodagem, olhando também para as laterais e para os automóveis à frente do que segue à nossa frente. Os espelhos retrovisores devem ser consultados com mais frequência, inclusive o do lado direito. Boas viagens!

Post A Comment