Loader
Webinar “Rodovias que Perdoam” aborda as novas tecnologias relacionadas à segurança viária pelo OBSERVATÓRIO
25616
post-template-default,single,single-post,postid-25616,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

Webinar “Rodovias que Perdoam” aborda as novas tecnologias relacionadas à segurança viária pelo OBSERVATÓRIO

Webinar “Rodovias que Perdoam” aborda as novas tecnologias relacionadas à segurança viária pelo OBSERVATÓRIO

A webinar “Rodovias que Perdoam”, será realizada na terça-feira (29), às 10h, como desdobramento do projeto Urbanidade, realizado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e parceiros entre 2015 e 2017, propondo ações para que o país cumpra as metas da Década de Ação pela Segurança no Trânsito (2011-2020).

A videoconferência explora as novas tecnologias relacionadas às vias e rodovias que tornam o ir e vir da sociedade, em seus mais variados modais, mais seguro e, principalmente, que permitam aos envolvidos em sinistros de trânsito maior sobrevivência com a menor sequela possível. A mediação fica por conta do general Jamil Megid e a abertura será feita pelo Mobilidade Estadão.

Os convidados serão Frederico Rodrigues, diretor-geral e sócio-fundador da ImTraff e integrante do Núcleo de Infraestrutura do OBSERVATÓRIO; DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), o conselheiro da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), no CONTRAN, Nauber Nascimento; o presidente da ABEETRANS (Associação Brasileira das Empresas de Engenharia de Trânsito), Silvio Médici; o presidente da ABSEV (Associação Brasileira de Segurança Viária), Mário Escobar; o secretário Nacional Marcello da Costa da SNTT (Secretaria Nacional de Transportes Terrestres); Riumar dos Santos, presidente da ABDER (Associação Brasileira dos Departamentos Estaduais de Estradas e Rodagem); e Flávio Freitas, diretor-superintendente da ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recursos).

O internauta terá três canais de transmissão para escolher em qual assistir: o YouTube do OBSERVATÓRIO, o Facebook do Jornal Estadão ou o Facebook do Movimento Maio Amarelo ou do OBSERVATÓRIO.

 

1 Comment
  • Marta Rezende
    Posted at 14:46h, 28 setembro Responder

    Parabens pelo trabalho@

Post A Comment