Notícias

2021 ENCERRA COM AUMENTO DE ADESÕES AO PROGRAMA LAÇO AMARELO PELA SEGURANÇA NO TRÂNSITO

Escrito por Laço Amarelo

17 DEZ 2021 - 16H19

Programa desenvolvido pelo OBSERVATÓRIO visa a conscientização para a segurança no trânsito

Durante o decorrer de 2021, empresas, entidades e municípios comprometidos com a causa de um trânsito mais seguro, engajaram-se em ações de educação e segurança para o trânsito em todo o país. O Programa Laço Amarelo, desenvolvido pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, nasceu como uma ação social, com o objetivo de apoiar o Movimento Maio Amarelo e dar sequência às ações desenvolvidas no mês de maio, ampliando-as durante todos os meses do ano.

No comparativo desenvolvido pelo OBSERVATÓRIO, baseando-se nas adesões do ano de 2019, 2020 e 2021, observa-se aumento de 26% ao comparar-se 2019 com 2021. O programa Empresa Laço Amarelo também tem um alcance maior, está presente em 12 estados e no Distrito Federal.

""

Conforme explica o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, “O programa Laço Amarelo foi criado pela demanda de entidades, empresas e municípios que nos procuravam para desenvolver ações similares ao Movimento Maio Amarelo e dar sequência, durante todos os meses do ano, nas ações de redução de mortos e feridos no trânsito do Brasil”, falou.

Segundo Aline Coutinho segurança do Trabalho da Moove, “Ao nos tornarmos Empresa Laço Amarelo, assumimos formalmente o compromisso de contribuir para um trânsito mais seguro, dentro e fora da empresa, reforçando nossas práticas de ESG. Apesar de já trabalharmos fortemente no tema há alguns anos durante o mês de maio, a adesão ao programa nos possibilitou receber conteúdos atuais de conscientização, além do acesso às estatísticas, pesquisas e estudos do OBSERVATÓRIO durante o ano, que são compartilhados com todos os Moovers e nossa rede de fornecedores e distribuidores, por entendermos que a consciência de um trânsito seguro depende de todos”, pontuou.

""

O programa Laço Amarelo também possui as categorias entidades e municípios que visam estender a promoção da Educação para o Trânsito para toda a sociedade. Essas duas modalidades também registram aumento de adesões ao longo dos anos como o comparativo abaixo:

""

Ramalho também destacou que, “nós entendemos que somente por meio dessas parcerias, envolvendo todas as esferas do poder público, que iremos criar uma cultura de segurança viária no país. Quando essas empresas, entidades e municípios se engajam nessa causa que afeta a todos nós, é que conseguiremos conscientizar cada vez mais pessoas”.

Uma das primeiras entidades a apoiar e receber o título de Entidade Laço Amarelo foi a Abeetrans (Associação Brasileira das Empresas de Engenharia de Trânsito). Desde a criação do Movimento Maio Amarelo, a entidade não só apoia, como financia e divulga conteúdos relevantes para o fortalecimento da cultura da segurança viária no país.

"Levar mensagens de conscientização para toda a sociedade é uma das missões da Abeetrans, que há quatro anos é Entidade Laço Amarelo. Apoiamos o programa desde o início, pois entendemos que somente com a união de esforços é que vamos reduzir essa trágica realidade do Brasil de milhares de mortos e sequelados, vítimas das ocorrências de trânsito todos os anos. A Abeetrans não só apoia, como também incentiva outras empresas e entidades a envidarem esforços para disseminar conteúdos de conscientização para que, cada dia mais, o brasileiro se envolva com esse tema que afeta toda a sociedade", afirma Silvio Médici presidente executivo da Abeetrans.

""

Segundo ressaltou a Dra. Graziela Milani, secretária de Relações Institucionais e Comunicação de Indaiatuba/SP o programa Laço Amarelo se estabeleceu como ação para educar e preservar vidas no trânsito. "Orgulhosos que somos em sediar na nossa cidade, o Observatório, fomos um dos primeiros municípios a receber o título de 'Município Laço Amarelo', e claro, apoiar prontamente o programa que desde o início, sabíamos que seria um sucesso e teria apoio imediato de todos aqueles que buscam mais segurança no trânsito. Hoje vemos como o Programa cresceu e está fazendo a diferença onde foi implantado. Acreditamos muito no poder da Comunicação para a mudança de comportamento e valorizamos as parcerias para buscar sempre mais qualidade de vida aos cidadãos, que moram em Indaiatuba. O desafio em reduzir acidentes é de todos nós."

Como funciona o Programa Laço Amarelo?

Como forma de conscientização, o programa Laço Amarelo disponibiliza um conjunto de materiais enviados mensalmente aos apoiadores do programa. Esses conteúdos são compostos por dez materiais de comunicação: um texto; quatro posts para redes sociais; um vídeo educativo e quatro podcasts (com até 1’30” cada). O conjunto desses conteúdos tratam de um mesmo tema aa cada mês, enfatizando a importância do comportamento seguro no trânsito e são entregues aos parceiros do programa, mensalmente, como a logomarca da empresa, entidade ou município já aplicado nas peças e no vídeo, prontos para divulgação. No site do Laço Amarelo, é possível conhecer um pouco mais sobre o programa, formas de utilizar os materiais e a importância em aderir à causa do trânsito: http://lacoamarelo.org.br/index.php/quero-aderir/.

“Na Expresso São Miguel trabalhamos constantemente a educação no trânsito. A parceria com o selo Laço Amarelo veio para agregar ainda mais essas ações com nossos colaboradores e reforçar um de nossos valores, o Respeito à Vida e às Pessoas. Acreditamos que o único caminho para entregar um trânsito mais seguro é por meio da conscientização. E, com os materiais que recebemos do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, conseguimos realizar esse trabalho com excelência. Uma parceria de sucesso”, destacou Éderson Tomasi da Silva diretor de Gestão de Pessoas da Expresso São Miguel.

Nos últimos três anos, as três categorias juntas do programa somaram aumento de 64% de adesões. Isso, considerando o período de pandemia de Covid-19, comprova o quanto o programa desenvolvido pelo OBSERVATÓRIO possui reconhecimento social pela sua qualidade em defesa da causa de um trânsito mais seguro, e o quanto a credibilidade atrai cada vez mais entidades, empresas e municípios em aderir a essa nobre causa em defesa da vida e da mobilidade urbana segura.

""

Veja abaixo algumas das empresas, entidades e municípios que fortaleceram o debate para a segurança viária e utilizaram os materiais produzidos pelo Programa Laço Amarelo para a divulgação dos temas relacionados ao trânsito em suas redes sociais durante o decorrer de 2021.

  • ""
  • ""
  • ""
  • ""
  • ""
  • ""

Segundo explica Marcius D’Avila relacionamento comercial do OBSERVATÓRIO, a conscientização por um trânsito mais seguro é uma tarefa árdua do OBSERVATÓRIO e de todos aqueles que trabalham pela Educação para o Trânsito no país, e dessa forma, o Programa Laço Amarelo vem para fortalecer essa luta pela causa de conscientização e vida no trânsito.

“No Brasil, 90% dos acidentes ocorrem por fatores humanos. Então, o grande desafio nosso é mudar essa chave, e isso, nós só iremos conseguir mudar com investimento em Educação para o Trânsito, em um processo contínuo, de médio e longo prazo, levando conteúdo robusto para as pessoas, de forma padronizada, só assim nós iremos conseguir contribuir para a redução de lesionados e mortos no trânsito brasileiro”, encerrou.

Saiba como aderir a esse seleto grupo que defende a causa de um trânsito mais humano e seguro!

Acesse: http://lacoamarelo.org.br/index.php/quero-aderir/

NTU_renova_aprceria_por_meio_de_associacao_ao_programa_entidade_laco_amarelo
Renovação

NTU renova parceria por meio de associação ao programa Entidade Laço Amarelo

A NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos), que representa mais de 500 empresas de ônibus em todo o Brasil, renova a parceria firmada com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária por meio da associação ao programa Entidade Laço Amarelo. O diretor executivo da NTU, Francisco Christovam fala sobre o compromisso da instituição com a segurança viária do país e como utiliza os materiais do Laço Amarelo para esse objetivo.

Riffel_renova_adesao_ao_programa_empresa_laco_amarelo
Renovação

Riffel renova adesão ao programa Empresa Laço Amarelo

A Riffel Moto Peças reafirma o seu comprometimento com a segurança para o trânsito com a renovação da parceria estabelecida com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, por meio do Programa Empresa Laço Amarelo. A coordenadora de Marketing da Riffel, Bárbara Moser, fala sobre as ações e iniciativas desenvolvidas pela empresa em busca da redução dos sinistros de trânsito e como os materiais recebidos pelo programa Empresa Laço Amarelo possibilitam para essa conscientização.

Divinopolis_MG_renova_parceria_por_meio_da_associacao_com_o_programa_Municipio_Laco_Amarelo
Renovação

Divinópolis/MG renova parceria por meio da associação com o programa Município Laço Amarelo

O município de Divinópolis, localizado próximo à Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, renova parceria com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, por meio da associação com o programa Município Laço Amarelo. O secretário Municipal de Trânsito, Segurança Pública e Mobilidade Urbana de Divinópolis, Lucas Estevam, fala sobre os desafios para implementar ações de segurança no trânsito no município e como o programa Laço Amarelo contribui nesse sentido.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Laço Amarelo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.