Notícias

Seguro DPVAT: aumenta 186,8% apenas em ocorrências com motocicletas e ciclomotores no Mato Grosso do Sul; OBSERVATÓRIO comenta

Escrito por Laço Amarelo

05 MAR 2020 - 13H00

Segundo

o portal “Campo Grande News”, de 2009 a 2018, foram pagas 64.646 indenizações

às vítimas de trânsito envolvendo motociclistas e ciclomotores, entre

condutores, passageiros e pedestres em Mato Grosso do Sul. O diretor-presidente

do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viára, José Aurelio Ramalho, falou com a repórter

Rosana Siqueira para a produção da matéria.

De

acordo com os dados do relatório da Seguradora Líder, no período de 10 anos –

entre 2009 e 2018 -, os pagamentos feitos pelo Seguro DPVAT cresceram 186,8%

apenas em ocorrências relacionadas às motocicletas e aos ciclomotores. Já os

casos com invalidez permanente são os mais alarmantes: cresceram 358,9%

passando de 1.024 benefícios em 2009, para 4.669 em 2019.

Ramalho,

diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, lembra de alguns fatores que contribuíram

para o aumento da frota de motocicletas em todo o país: “Temos a questão do

déficit de transporte público no Brasil e do aumento da população nos grandes

centros urbanos, que têm levado pessoas a buscar a motocicleta como meio de

transporte, pela facilidade de acesso”, diz.

Ramalho

também adverte que nem todos os condutores têm qualificação e preparo para

usá-las com segurança: “O

Código de Trânsito Brasileiro prevê que aulas de condução de motocicleta sejam

executadas em vias públicas, ou seja, reproduzindo as condições normais de

trânsito. E não há um Detran em nenhum estado da federação que cumpra essa

legislação. Ou seja, o exame final é sempre em ambiente confinado”, alerta.

Relacionado

ao relatório, o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO adverte que há um período de

até três anos para requerer o seguro DPVAT após o sinistro, o que pode gerar

diferença entre o número de ocorrências do documento e os que ocorrem

efetivamente a cada ano. “Os dados do Datasus, do Ministério da Saúde,

demonstram que está havendo uma queda no número de mortos nos últimos três

anos”, encerra.

Leia a matéria completa em: https://www.campograndenews.com.br/brasil/cidades/em-10-anos-dpvat-triplica-numero-de-indenizacoes-para-quem-anda-sobre-2-rodas

Foto: Campo Grande News

Garbuio_transportes_renova_adesao_ao_programa_empresa_laco_amarelo
Renovação

Garbuio Transportadora renova adesão ao programa Empresa Laço Amarelo

A Transportadora Garbuio, empresa há mais de 50 anos na estrada, renova pelo segundo ano seguido a parceria com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, por meio do programa Empresa Laço Amarelo e reforça o compromisso em prol da conscientização e segurança para o trânsito brasileiro. O gerente de Segurança da Garbuio, Rafael Lopes, fala no vídeo sobre a importância da adesão ao programa Laço Amarelo, os impactos positivos parceria e os desafios diários pela paz no trânsito.

IntercementBrasil_adere_ao_programa_empresa_laco_amarelo
Adesão

InterCement Brasil adere ao programa Empresa Laço Amarelo

A InterCement Brasil, uma das maiores fabricantes de cimento do País, tendo iniciado suas operações no Brasil em 1974, firma parceria com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, por meio do programa Empresa Laço Amarelo, reforçando o seu compromisso com a cultura da segurança no trânsito brasileiro.

Sindseg_SC_promove_diversas_acoes_em_apoio_ao_movimento_maio_amarelo
Notícias

Sindseg SC promove diversas ações em apoio ao Movimento Maio Amarelo

O Sindseg SC (Sindicato das Seguradoras Previdência e Capitalização de Santa Catarina), uma entidade integrante do programa Laço Amarelo, integra a comissão organizadora do Movimento Maio Amarelo em Blumenau, e contabilizou mais de 30 atividades, durante o mês de maio, para estimular a sociedade a praticar a paz no comportamento diário, seja andando, pedalando, dirigindo ou usando o transporte público.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Laço Amarelo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.