Notícias

Jundiaí/SP – município que integra o programa Laço Amarelo - reduz óbitos envolvendo motociclistas

O município integra o programa Laço Amarelo desde 2020 e desenvolve ações do Movimento Maio Amarelo

Escrito por Laço Amarelo

21 FEV 2024 - 11H05

O número de motocicletas tem aumentado em Jundiaí, no interior do estado de São Paulo, e, da mesma forma, as ações de educação para o trânsito realizadas pela UGMT (Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte). O resultado é a redução direta no número de óbitos envolvendo motociclistas, de acordo com dados do Infosiga - Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do estado de São Paulo.

De janeiro a dezembro de 2022, comparando com o mesmo período de 2023, houve queda de 35,7%, de 14, para 9 óbitos relacionados a acidentes envolvendo motociclistas. Já, no comparativo total de acidentes, a queda também é mantida: de janeiro a dezembro de 2022 foram 32 óbitos, no mesmo período de 2023, 21, redução de 34%.

Seja para trabalho ou para passeio, segundo dados da Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito), a motocicleta tem ganhado espaço nas ruas jundiaienses. Até novembro de 2023, estavam registrados no município, 358.593 veículos, sendo 59.425 motocicletas e motonetas, ou seja, 16,5% da frota. Em um levantamento realizado pelo HSV (Hospital São Vicente) de Jundiaí, em 2022, foram registradas 50 internações de acidentados com motocicletas. Em 2023 foram 28, indicando uma queda de 44%.

“O aumento na frota de motocicletas tem ocorrido em todo o país já há alguns anos. Por isso, o trabalho de educação é intensificado, já que os riscos de acidentes graves com motociclistas são maiores, além do trabalho que desenvolvemos de fiscalizações”, reforçou o gestor da UGMT, Aloysio de Queiroz.

Vale destacar que Jundiaí integra o programa Município Laço Amarelo - desenvolvido pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária - desde 2020 e tem acesso aos materiais de comunicação sobre o trânsito, além de pesquisas, dados estatísticos sobre o trânsito para embasar suas ações de educação para o trânsito. O município também desenvolve ações do Movimento Maio Amarelo anualmente para promover a conscientização e o comportamento seguro no trânsito.

“Jundiaí, sendo a Cidade das Crianças, começa desde cedo a incutir a educação para o trânsito seguro, com o Jardim da Mobilidade, entregue em dezembro de 2023. O espaço, montado em semelhança às vias urbanas, coloca a criança em situações diversas, seja como pedestre, motorista e ciclista. As crianças são multiplicadoras de conhecimento e fiscais na família”, comentou o prefeito Luiz Fernando Machado.

De acordo com dados da UGMT, nos últimos anos foram realizadas mais de 100 palestras em empresas sobre a educação para o trânsito, atividade permanente nas Escolas Municipais, além das campanhas Maio Amarelo, a participação no programa Município Laço Amarelo e o ‘Sentindo da Pele’, com o objetivo de sensibilizar as pessoas para os riscos de atitudes imprudentes no trânsito, bem como para despertar o respeito aos demais.

“Olhar a cidade em sua totalidade é fundamental, pois a mobilidade segura ajuda a fomentar a economia, as empresas a crescerem, gerar emprego e renda. Na saúde, por exemplo, reduzindo o número de acidentados no trânsito, o impacto é direto no aumento no número de atendimentos para as demais demandas como cirurgias”, avaliou o gestor da Unidade de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

Fotos: Fotógrafos PMJ/Divulgação.

NTU_renova_aprceria_por_meio_de_associacao_ao_programa_entidade_laco_amarelo
Renovação

NTU renova parceria por meio de associação ao programa Entidade Laço Amarelo

A NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos), que representa mais de 500 empresas de ônibus em todo o Brasil, renova a parceria firmada com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária por meio da associação ao programa Entidade Laço Amarelo. O diretor executivo da NTU, Francisco Christovam fala sobre o compromisso da instituição com a segurança viária do país e como utiliza os materiais do Laço Amarelo para esse objetivo.

Riffel_renova_adesao_ao_programa_empresa_laco_amarelo
Renovação

Riffel renova adesão ao programa Empresa Laço Amarelo

A Riffel Moto Peças reafirma o seu comprometimento com a segurança para o trânsito com a renovação da parceria estabelecida com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, por meio do Programa Empresa Laço Amarelo. A coordenadora de Marketing da Riffel, Bárbara Moser, fala sobre as ações e iniciativas desenvolvidas pela empresa em busca da redução dos sinistros de trânsito e como os materiais recebidos pelo programa Empresa Laço Amarelo possibilitam para essa conscientização.

Divinopolis_MG_renova_parceria_por_meio_da_associacao_com_o_programa_Municipio_Laco_Amarelo
Renovação

Divinópolis/MG renova parceria por meio da associação com o programa Município Laço Amarelo

O município de Divinópolis, localizado próximo à Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, renova parceria com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, por meio da associação com o programa Município Laço Amarelo. O secretário Municipal de Trânsito, Segurança Pública e Mobilidade Urbana de Divinópolis, Lucas Estevam, fala sobre os desafios para implementar ações de segurança no trânsito no município e como o programa Laço Amarelo contribui nesse sentido.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Laço Amarelo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.