Notícias

Conscientização sobre riscos no trânsito abre Maio Amarelo

Escrito por Maio Amarelo

02 JUN 2022 - 16H22

Conscientização sobre riscos no trânsito abre Maio Amarelo

Cerca de 140 alunos do Cephas participaram da primeira edição de 2022 do programa Party, que trata da prevenção de traumas relacionados ao uso do álcool na juventude, no auditório do Cephas. A atividade educativa, realizada por meio da parceria das Secretarias de Mobilidade Urbana e de Saúde, abre a programação educativa da Campanha Nacional Maio Amarelo.

O encontro teve como principal objetivo alertar os jovens que as ‘Escolhas corretas no trânsito salvam vidas’ em consonância com a Campanha nacional deste ano do Maio Amarelo, Juntos Salvamos Vidas.

Durante o encontro, os estudantes assistiram vídeos e palestras de representantes das secretarias de Saúde e de Mobilidade Urbana, do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), do Lucy Montoro, do Hospital Municipal e do Corpo de Bombeiros.

Foram apresentados dados estatísticos relacionados às ocorrências de trânsito, principalmente aqueles ligados à negligência, imprudência e imperícia. Entre eles, pontuou-se que o trânsito causa cerca de 40 mil mortes por ano no Brasil. Destes, 50% são de jovens, entre 15 e 29 anos. O excesso de velocidade, a falta do uso do cinto de segurança e a embriaguez são alguns dos principais fatores que levam a morte dos jovens. O depoimento de vítimas do trânsito também sensibilizou os estudantes.

“As pessoas morrem por imprudência, como a falta do cinto de segurança”, disse o estudante Bruno de Oliveira Silva, 16 anos, morador do Bosque dos Eucaliptos.

A estudante de eletrônica, Verônica Cabral de Arruda, 20 anos, moradora de Santana, disse que o encontrou a levou a refletir sobre o risco da bebida com o trânsito. “Estou pensando em tirar a carteira de habilitação e penso que dirigir é um ato de pensar nas pessoas. Eu quero voltar para casa e para os meus pais e não vou causar a perda de ninguém de outra família.”

O programa prevê ainda que estudantes também façam uma visita técnica pelo hospital para conhecerem o trabalho no Pronto Socorro, Samu e na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

O programa

São José é a primeira cidade do Vale do Paraíba a integrar o Party Brasil, coordenado pela SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado do Traumatizado). Lançado no município em junho de 2017, o programa já reuniu mais de 1287 estudantes, entre 16 e 18 anos, nas 28 edições do programa.


  • Quem promoveu a ação: Prefeitura Municipal de São José dos Campos - Secretaria de Mobilidade Urbana
  • Tipo da ação: Educação.
  • Data de realização: 02/05/2022
  • Alcance: Entre 100 e 300 pessoas.
  • Estado: São Paulo.
  • Cidade: São José dos Campos
4_seminario_mobilidade_humana_segura_suustentavel
Notícias

Representantes da América do Sul e Europa debatem mobilidade urbana em Foz do Iguaçu/PR

O 4° Seminário de Mobilidade Humana Segura e Sustentável, realizado em Foz do Iguaçu, Paraná, nos dias 6 e 7 de maio marcou a abertura internacional do Movimento Maio Amarelo 2024. A cerimônia contou com a presença de diversos profissionais de áreas interdisciplinares do setor de mobilidade de sete países, que se mobilizaram para compartilhar práticas, experiências e estratégias que auxiliem na redução de sinistros e mortes no trânsito.

Artigo_ceo_observatorio_maio_amarelo_mobilidade_estadao
Notícias

Mobilidade Estadão publica artigo do CEO do OBSERVATÓRIO com reflexões sobre o Movimento Maio Amarelo

O caderno Mobilidade Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, publicou o artigo do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, com reflexões sobre a relevância do Movimento Maio Amarelo para levar a mensagem de paz no trânsito para toda a sociedade.

Estudante_da_unicamp_integrante_onda_amarela_recebe_certificado_23_congresso_europeu
Notícias

Estudante da Unicamp e integrante da Onda Amarela, recebe certificado de Melhor Apresentação de Pôster no 23rd European Congress

Durante o 23º Congresso Europeu de Trauma e Cirurgia de Emergência, realizado entre 28 e 30 de abril em Lisboa, Portugal, a estudante de medicina da Unicamp e integrante do Movimento Onda Amarela, Helena Alves, foi premiada como “Melhor Apresentação de Pôster”, em cerimônia realizada durante o encerramento do evento, na terça-feira (30/04).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Maio Amarelo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.