OBSERVATÓRIO | 90% dos acidentes são causados por falhas humanas, alerta OBSERVATÓRIO
2831
post-template-default,single,single-post,postid-2831,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

90% dos acidentes são causados por falhas humanas, alerta OBSERVATÓRIO

90% dos acidentes são causados por falhas humanas, alerta OBSERVATÓRIO

Motorista, redobre sua atenção e cuidado. Você é o principal responsável pela sua segurança!

Enquanto o trânsito nas cidades fica muito mais calmo no período de férias; nas estradas, a situação é bem diferente. Neste período, o número e fluxo de veículos cresce e os riscos de acidentes também.

Segundo dados do DataSUS, o mês de dezembro, por exemplo, foi o campeão de mortes nas vias em 2013 – último levantamento publicado pela entidade. O mês de julho foi o quarto mais violento, perdendo apenas para agosto e novembro. Na temporada de férias, parece que junto com o descanso, muitos condutores também descuidam da segurança. Por isso é sempre oportuno discutir e refletir sobre as causas dos acidentes.

De acordo com o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária), as três principais motivações dos acidentes de trânsito estão relacionadas e podem ser agrupadas em “Fator Humano, Fator Veículo e Fator Via”.

Segundo a entidade, 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas – que podem envolver desde a desatenção dos condutores até o desrespeito à legislação. Os exemplos são claros, excesso de velocidade, uso do celular, falta de equipamentos de segurança como o cinto de segurança ou capacete, o uso de bebidas antes de dirigir ou até mesmo dirigir cansado.

“Agir de forma preventiva e responsável, não tomando atitudes arriscadas como as citadas, é decisivo para reduzir acidentes”, alerta o OBSERVATÓRIO.

Para a entidade de segurança viária, apenas 5% dos acidentes têm motivação em falhas no veículo. E como as manutenções preventiva e corretiva são responsabilidades do condutor, até mesmos as falhas no veículo estão vinculadas ao fator humano, esclarece o OBSERVATÓRIO.

O OBSERVATÓRIO complementa, porém, que em 5% das ocorrências de acidentes, as causas estão associadas ao “Fator Via”. Neste caso, são problemas que envolvem estradas mal sinalizadas, mal projetadas ou mal conservadas. “As condições de onde se trafega podem induzir a acidentes como; por exemplo, falta de passarelas pode levar a atropelamentos, vias esburacadas e sem acostamentos induzir a acidentes”.

Vale destacar que os acidentes não ocorrem por acaso, por mais que a palavra queira traduzir e os condutores se eximirem da responsabilidade. “Mortes por acidentes são consideradas pela Organização Mundial de Saúde como mortes evitáveis”, lembra o OBSERVATÓRIO.

Para facilitar a compreensão sobre as causas de acidentes e conscientizar o público sobre esse tema, o OBSERVATÓRIO disponibiliza o vídeo “Principais causas de acidentes”.

Confira: http://www.onsv.org.br/ver/-811

 

9 Comentários

Escreva um comentário