OBSERVATÓRIO | Amapá tem o menor número de mortes no trânsito do país
1425
post-template-default,single,single-post,postid-1425,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Amapá tem o menor número de mortes no trânsito do país

Amapá tem o menor número de mortes no trânsito do país


Amapá tem o menor número de mortes no trânsito do país

Dados são do Retrato da Segurança Viária 2014.
Estado teve custo de R$ 54 milhões com mortes e feridos no trânsito.

Dados do Retrato da Segurança Viária 2014 mostram que o Amapá tem o menor registro de mortes no trânsito no país. Os números apontam para 124 acidentes fatais em 2012, nas rodovias e área urbana dos 16 municípios do estado. O levantamento foi produzido pelo Observatório Nacional de Segurança Viária e faz referência às estatísticas de 2012.

O número representa uma taxa de 17,7 óbitos para cada grupo de mil habitantes. Em 2011, O Amapá registrou 154 mortes no trânsito, resultando em uma taxa de 22,5. De acordo com a pesquisa, a maioria das vítimas fatais era de pedestres (41%). A lista é completada por motoristas de automóveis (27%), motociclistas (23%) e ciclistas (9%).

Apesar do registro da queda no número de mortes, o Amapá teve aumento em casos com feridos, passando de 566 para 832 vítimas entre 2011 e 2012, respectivamente.

As cidades com maiores taxas de mortes em 2012 foram Macapá (22%), Santana (7,7%) eLaranjal do Jari (7,2%). Os três municípios têm ao mesmo tempo as maiores populações e frotas de veículos, segundo o estudo.

Os registros de mortes e feridos no trânsito do Amapá causou um custo de R$ 54.432.318 aos cofres públicos do estado. Os números também tiveram como base informações cedidas pelo Datasus, do Ministério da Sáude.

Fonte: G1

Sem comentários

Escreva um comentário