OBSERVATÓRIO | Campinas: motociclistas são os que mais morreram em acidentes de trânsito em 2017
18001
post-template-default,single,single-post,postid-18001,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Campinas: motociclistas são os que mais morreram em acidentes de trânsito em 2017

Campinas: motociclistas são os que mais morreram em acidentes de trânsito em 2017

O Jornal Metro de Campinas noticiou, em matéria assinada pelo jornalista Tote Nunes, que os motociclistas foram os que mais morreram em acidentes de trânsito ocorridos em Campinas – SP durante 2017.   Os dados foram apurados através do Infosiga – sistema de informações sobre acidentes de trânsito do governo estadual. Para o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, os números são reflexo da falta de respeito às leis de trânsito.

Segundo dados do Infosiga foram 59 mortes de motociclistas entre 18 e 24 anos ao longo do ano. A morte de pedestres aparece em segundo lugar, com 52 ocorrências. Renato Campestrini, que é gerente técnico do OBSERVATÓRIO, lembra que muitas das mortes são provocadas por excesso de velocidade das motos, especialmente nos corredores de tráfego. Para ele, é necessário investir em fiscalização tanto quanto em orientação e conscientização.

Sem comentários

Escreva um comentário