OBSERVATÓRIO | Começa o período de calor. O ar condicionado de seu veículo está limpo?
7495
post-template-default,single,single-post,postid-7495,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Começa o período de calor. O ar condicionado de seu veículo está limpo?

Começa o período de calor. O ar condicionado de seu veículo está limpo?

OBSERVATÓRIO dá orientações de como efetuar a limpeza para garantir temperatura interior amena e veículo livre de fungos, bactérias e impurezas

Com a entrada da Primavera as temperaturas em praticamente todo o país começam a se elevar. A estação abre espaço para o calor que em algumas regiões brasileiras chega a superar os 40º C. Por conta disso, a presença de aparelho de ar condicionado em veículos deixa de ser considerada ‘luxo’ e passa a ser vista como necessária para suportar o calor elevado, especialmente se tiver de enfrentar os congestionamentos comuns nos grandes centros urbanos.

Atualmente o ar condicionado é item presente em número considerável de veículos e, em algumas cidades, item obrigatório até mesmo no transporte coletivo. Mas se é importante para amenizar os efeitos das altas temperaturas, por outro lado, para que seu funcionamento ocorra sem problemas, requer alguns cuidados, como a limpeza, por exemplo. O ideal é que a limpeza ocorra a cada seis meses, pelo menos, para evitar o acúmulo de sujeira e de bactérias que podem causar mau odor, ou ainda, prejudicar o funcionamento do ar condicionado.

Para colaborar com isso o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária – ONSV, dá algumas dicas sobre a limpeza desses aparelhos.

Ao contrário dos outros filtros existentes nos veículos, o filtro de ar condicionado (que é diferente do filtro de ar que vai junto ao motor) não tem período determinado para a troca conforme a quilometragem percorrida. Nesse caso, a troca depende da forma como o veículo é usado.

Se em maior parte os trajetos forem feitos em estradas empoeiradas, em vias urbanas muito poluídas, com muito tráfego e caminhões, o filtro pode acumular sujeira em poucos meses. Em função disso o aconselhável é checar vez por outra seu estado.

Se o hábito é usar o ar condicionado no 1 e, para sentir a mesma temperatura precisar coloca-lo no 2 ou no 3, sinal que algo está acontecendo. Se passar a sentir odores que pense ser do estofado ou do carpete, fique atento porque isso indica que pode haver a existência de fungos, bactérias e impurezas no filtro, que deve ser substituído.

O passo a passo para manter sempre o ar condicionado do veículo em perfeitas condições se dá da seguinte forma:

Primeiro elimine a umidade da tubulação. Isso deve ser feito como carro parado, o motor em marcha e a calefação no máximo. O ar acondicionado deve estar desligado.

Saia do carro e deixe as portas e janelas fechadas durante 5 minutos. Acabar com a umidade, fará com que a tubulação do ar acondicionado não seja propícia para a reprodução de bactérias.

Depois de eliminada a umidade, aplique um produto para descontaminação, que eliminará fungos de bactérias e ácaros. Esses produtos podem ser adquiridos em lojas especializadas de acessórios para automóveis, ou até mesmo em supermercados.

Desligue a calefação e ligue o ar acondicionado no nível mais frio depois de ter aplicado o produto. Mantenha todas as portas e janelas fechadas, exceto a porta do passageiro.

Depois de ter saído do veículo, coloque o produto no solo do carro no lado do passageiro. Pressione-o durante meio minuto, tentando não inalar a substância que está sendo exalada. Para isso é aconselhável, inclusive, que seja usada uma máscara protetora.

Trinta segundos após, feche a porta do passageiro e deixe que o produto se expanda no interior do veículo. Durante este processo, o ar condicionado deverá permanecer ligado e você, fora do automóvel.

Deixe o produto aja durante 5 minutos e, a seguir, abra o carro e desligue o ar acondicionado. Finalizado esse processo e antes de voltar a usar, ventile bem o veículo, deixando portas e janelas abertas durante meia hora.

Com paciência, cuidado e em pouco tempo, o ar condicionado de seu veículo estará limpo e o seu interior perfumado e livre de fungos, bactérias e odores, a um custo bastante econômico. Mas, se preferir, o serviço pode ser executado por profissionais especializados. O importante é circular em um veículo que ofereça temperatura interna agradável e interior livre de impurezas.

Sem comentários

Escreva um comentário