OBSERVATÓRIO | Cruzeiro FM faz homenagem ao Dia do Motociclista
17357
post-template-default,single,single-post,postid-17357,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Cruzeiro FM faz homenagem ao Dia do Motociclista

Cruzeiro FM faz homenagem ao Dia do Motociclista

Rádio de Sorocaba (92,3 FM) lembra os direitos e deveres de todos os motociclistas

Comemorando o Dia Nacional do Motociclista (27 de julho), a rádio Cruzeiro FM de Sorocaba-SP recebeu na manhã desta 5ª, o gerente técnico do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Renato Campestrini para uma entrevista no Jornal da Cruzeiro 1ª Edição. O assunto abordou as questões que envolvem quem anda de motocicleta, seja a lazer e também a trabalho.

“Motociclista é aquele (a) que curte motocicleta, que a utiliza de acordo com a normas, o faz de forma adequada sempre pensando na preservação da sua segurança e dos demais”, explica Campestrini que alertou sobre o perigo do cerol (linha chilena) que continua assombrando todos os condutores de motocicleta país afora e também falou sobre os motociclistas que transitam nos corredores (entre os carros), ressaltou os cuidados sobre a roupa adequada para a proteção de todos que estão sobre duas rodas, entre outros tópicos.

Motociclista por paixão, Campestrini pilota há mais de 2 décadas e hoje afirma que é um absurdo o que se vê hoje sendo feito pelos que estão numa moto em muitas cidades. Falta manutenção nas motos, falta consciência do piloto com relação as regras do trânsito, falta cuidado por quem está nesse veículo. Ele deixa um recado para todos que andam de motocicleta: “Motociclismo é uma paixão, não precisa morrer por isso”, conclui Campestrini.

Ouça a entrevista completa nesse link: http://www.cruzeirofm.com.br/noticia/o-condutor-tem-que-ter-consciencia-de-que-tem-que-andar-na-linha-diz-especialista-em-transito/

Sem comentários

Escreva um comentário