OBSERVATÓRIO | Curitiba terá Observatório Municipal de Segurança Viária
1848
post-template-default,single,single-post,postid-1848,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Curitiba terá Observatório Municipal de Segurança Viária

Curitiba terá Observatório Municipal de Segurança Viária


Curitiba terá Observatório Municipal de Segurança Viária

Mauro Gil Mercer, vice-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, anunciou aos vereadores de Curitiba que a entidade abrirá uma representação na cidade para auxiliar o trabalho da Câmara Municipal. “O observatório é a única entidade que dá suporte, hoje em dia, aos debates da Câmara dos Deputados, em Brasília. Dentro do nosso plano de expansão, teremos um observatório em Curitiba, que será o primeiro fora do eixo Rio de Janeiro/São Paulo”, afirmou Mercer.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (18), durante a sessão plenária, por iniciativa da vereadora Carla Pimentel (PSC). A decisão de ser constituído em Curitiba um observatório municipal foi tomada, confirmou Mercer, no dia 20 de agosto, durante uma audiência pública realizada por Carla Pimentel e Jorge Bernardi (PDT) no Legislativo. “Cerca de 60 mil pessoas morrem por ano nesse país em acidentes de trânsito, é como se fosse uma epidemia”, alertou o vice-presidente do observatório.

Dentro da Semana Nacional do Trânsito, Mauro Gil Mercer participará nesta quinta-feira de um evento da prefeitura de Curitiba. Ele divulgará dados sobre o trânsito na cidade.

Na Câmara Municipal, o vice-presidente do observatório adiantou que só neste ano 23.753 indenizações foram pagas no Paraná com o DPVAT (sigla para Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, um “seguro do trânsito” pago em casos de morte, invalidez ou reembolso por despesas médicas). Em Curitiba, no mesmo período, foram 2.816 indenizações.

Durante a exposição, Carla Pimentel recolheu assinaturas para a criação na Câmara Municipal da “Frente Parlamentar do Trânsito Seguro”, que será submetida ao plenário na semana que vem.

Fonte: Bem Pará

Sem comentários

Escreva um comentário