OBSERVATÓRIO | Iniciativa Maio Amarelo: UBER passa a limitar horas excessivas de trabalho dos motoristas no país
24079
post-template-default,single,single-post,postid-24079,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,hide_inital_sticky,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Iniciativa Maio Amarelo: UBER passa a limitar horas excessivas de trabalho dos motoristas no país

Iniciativa Maio Amarelo: UBER passa a limitar horas excessivas de trabalho dos motoristas no país

Na última quarta-feira (04/03), a Uber anunciou que irá restringir o tempo que os motoristas poderão dirigir sem descanso, pelo aplicativo. A medida é parte de uma série de ações para a campanha do Maio Amarelo 2020, segundo a empresa afirma, para a conscientização e segurança no trânsito.

Esse novo recurso limitará os motoristas do aplicativo a uma jornada de 12 horas diárias. O motorista receberá notificações quando estiver perto do seu limite, e então, será desconectado automaticamente da plataforma, não podendo utilizá-la pelas seis horas seguintes.

Ao se tratar de uma jornada de trabalho regulamentada, o máximo permitido diariamente é de 8h ou 9h em alguns casos, chegando a 12h para aqueles em regime de escala 12×36. A grande questão é que o trabalho desempenhado dentro da plataforma não possui vínculo que o qualifique para esses regimes, e sendo assim, os motoristas fazem a quantidade que desejarem de horas até que alcancem uma remuneração-alvo.

Leia a matéria completa em: https://www.tudocelular.com/android/noticias/n153260/uber-ferramenta-limite-de-tempo-de-trabalho-motoristas-maio-amarelo.html

Foto: Imagem de freestocks-photos por Pixabay

1Comentário
  • Antônio Peixoto de Melo
    Postado às 23:09h, 10 março Responder

    Parabéns pela iniciativa do Uber ! Esta é uma ação que vai contribuir com a saúde dos profissionais e também com irá minimizar riscos de acidentes no trânsito.

Escreva um comentário