OBSERVATÓRIO | Momento Segurança no Trânsito orienta como estacionar com gentileza
7626
post-template-default,single,single-post,postid-7626,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Momento Segurança no Trânsito orienta como estacionar com gentileza

Momento Segurança no Trânsito orienta como estacionar com gentileza

As regras para parar ou estacionar um veículo os condutores sabem. Mas será que não é possível praticar atitudes mais gentis no momento de realizar estas manobras? A partir desta pergunta o quadro Momento Segurança no Trânsito desta semana orienta motoristas sobre comportamentos gentis e seguros ao estacionar ou parar seus veículos.

O programa ressalta que nunca se deve estacionar ou parar em faixas de pedestres, esquinas e ciclovias porque, além de ser proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), revela completa falta de cidadania e de oferecer risco para quem estiver à volta, uma vez que atrapalha a mobilidade na via e prejudica a visibilidade dos outros.

Outra orientação é nunca estacionar em vagas de idosos ou de portadores de deficiência. Do mesmo modo, jamais estacionar ou parar ao lado de hidrantes, registros de água ou sobre tampas de galerias subterrâneas. E, ainda, em frente a hospitais, escolas ou postos de bombeiros. Seguindo essas orientações o condutor estará realmente colaborando para a segurança no trânsito.

Produzido pelo Programa Observar, parceria entre o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e a Seguradora Líder-DPVAT, o Momento Segurança no Trânsito é distribuído gratuitamente a todos os interessados em difundir educação e conscientização voltadas à construção de um trânsito mais seguro e, consequentemente, com menos acidentes, mortes e feridos graves.

Criado com o objetivo de ampliar as parcerias do OBSERVATÓRIO e levar ainda mais a conscientização junto à população, os vídeos são gratuitos e quem quiser recebê-los para divulgação deve encaminhar solicitação para o email onsv@onsv.org.br.

Confira o vídeo:

Sem comentários

Escreva um comentário