OBSERVATÓRIO | Nas férias, condutores devem estar atentos aos ciclistas mirins nas ruas
17182
post-template-default,single,single-post,postid-17182,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Nas férias, condutores devem estar atentos aos ciclistas mirins nas ruas

Nas férias, condutores devem estar atentos aos ciclistas mirins nas ruas

Pais não devem permitir que pedalem sem equipamentos adequados para a segurança e em locais perigosos

As férias escolares chegaram novamente. Mesmo sendo inverno, as crianças se preparam para a diversão, como pedalar, por exemplo. Mas se a diversão deve imperar para os pequenos, para os pais as precauções podem evitar sustos ou acidentes dos seus filhos. Além deles, os motoristas devem estar sempre atentos também para evitar acidentes com crianças que, por ventura, estiverem nas ruas pedalando ou executando qualquer outro tipo de brincadeira.

Os primeiros cuidados com os ciclistas de qualquer idade estão relacionados aos equipamentos de segurança e o principal deles é o capacete, que pode reduzir lesões graves e até traumatismo craniano. A orientação para os pais é que sempre comprem o equipamento com o selo do INMETRO e verifiquem se o capacete está fixado sem folgas na cabeça da criança – entretanto, ele também não deve ficar muito apertado.

Muitas crianças também costumam usar chinelos na bicicleta, o que não é recomendado. O ideal são os calçados fechados que protegem os pés e não enroscam nos pedais. Os pais ainda devem estar atentos ao tamanho adequado da bicicleta ao tamanho da criança.

Outra medida importante é observar a manutenção da bicicleta, sobretudo dos freios para evitar imprevistos e acidentes.

E todo pai ou responsável deve levar muito a sério o fato que crianças devem ser acompanhadas por adultos em suas atividades e que o espaço adequado para os pequenos circularem de bike não são as ruas; mesmos as menos movimentadas. O ideal é levar as crianças para pedalar em parques e ciclovias, onde a segurança é mais garantida.

Ao respeitar esses cuidados, a bicicleta é sempre uma opção sustentável, segura, econômica e divertida. E tem mais: é uma atividade que garante o bem-estar físico de quem adota essa opção.

Escreva um comentário