OBSERVATÓRIO | OBSERVATÓRIO e DERs alertam motoristas de caminhões sobre faixas refletivas
17233
post-template-default,single,single-post,postid-17233,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

OBSERVATÓRIO e DERs alertam motoristas de caminhões sobre faixas refletivas

OBSERVATÓRIO e DERs alertam motoristas de caminhões sobre faixas refletivas

10 mil folhetos serão distribuídos nas rodovias brasileiras trazem dicas para evitar acidentes

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, em parceria com os DERs  (Departamento de Estradas de Rodagem) de todo o país, está orientando motoristas de caminhões sobre a importância da manutenção de faixas refletivas em perfeitas condições em seus veículos para, desse modo, contribuir para a redução do número de acidentes que, a cada ano, deixa um contingente assustador de mortos e de feridos graves nas vias e nas rodovias brasileiras.

Elaborado pela equipe técnica do OBSERVATÓRIO e produzido por uma empresa parceira, um folheto que alerta os motoristas sobre a importância das faixas refletivas começa a ser distribuído nas rodovias nos próximos dias. Foram confeccionados inicialmente para distribuição 10 mil folhetos.

Por meio de ilustrações, o material alerta para a necessidade de ser visto nas rodovias, lembrando que desrespeitar o uso da faixa é desrespeitar a vida. O folheto ressalta, ainda, que a visibilidade durante a noite é 95% menor que durante o dia e que, sem o uso da faixa é possível ver um caminhão a apenas 20 metros de distância, quando com a faixa é possível visualizá-lo a 200 metros.

O material explica, ainda, que colisões traseiras e laterais representam 58% dos acidentes com veículos pesados nas rodovias brasileiras e que eles, em maioria, acontecem durante as noites, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, além de distâncias para frenagem segura. Explica também o modo correto de utilização das faixas nos veículos, garantido, deste modo, maior segurança aos motoristas e ocupantes de veículos que transitam pelas vias e rodovias.

Sem comentários

Escreva um comentário