Loader
OBSERVATÓRIO ministra palestra na Gidion Transportes e Turismo em Joinville
23585
post-template-default,single,single-post,postid-23585,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

OBSERVATÓRIO ministra palestra na Gidion Transportes e Turismo em Joinville

OBSERVATÓRIO ministra palestra na Gidion Transportes e Turismo em Joinville

Na última quinta-feira (12/12), o observador certificado Paulo Botelho, do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, ministrou uma palestra sobre Segurança no Trânsito na empresa Gidion Transportes e Turismo em Joinville (SC).

A empresa ArcelorMittal é uma empresa que se preocupa com as questões da segurança viária e após a palestra desenvolvida para os seus colaboradores em outubro, pelo observador certificado Paulo, estendeu essa ação para a empresa Gidion Transportes e Turismo, que é uma empresa prestadora de serviços. Os temas abordados foram: décadas de ações e segurança no trânsito; dados estatísticos da atual situação do Brasil e a importância do comportamento seguro na direção.

Conforme explica o observador Paulo Botelho: “Foi um prazer enorme trocar ideia com esse pessoal, pude conversar um pouco com eles antes de iniciar a palestra e fiquei feliz em saber que eles frequentemente recebem treinamento. Nós precisamos trabalhar e mudar comportamentos para conseguir reduzir o número de acidentes no trânsito, pois 95% desses acidentes são causados por falha humana, para isso precisamos levar conhecimento e incentivar essa mudança. Isso precisa ser frequente até se tomar hábito, como foi com o cinto de segurança no final da década de 1990.”

132 Comments
  • Juan Ramón Soto Franco
    Posted at 15:14h, 04 fevereiro Responder

    Excelente trabalho a ser desenvolvido, entre outras atribuições e responsabilidades, pelos Observadores Certificados, representantes e divulgadores do Observatório Nacional de Segurança Viária. Parabéns!!

  • Claudio kalleder
    Posted at 17:48h, 10 fevereiro Responder

    Excelente oportunidade para incentivar mudanças de comportamento. Como Instrutor de Trânsito especializado em transportes profissionais, procuro fazer de minha aulas uma oportunidade para modificar comportamentos de quem já é habilitado mas não encontra oportunidades de receber uma palavra de incentivo para essas mudanças.

    Desenvolver palestras e apresentações é uma maneira que o Observador Certificado tem de contribuir com a melhoria do trânsito, na medida em que seja possível distribuir conhecimentos e incentivar novos comportamentos defensivos ao volante.

  • washington felippe pereira
    Posted at 20:38h, 11 fevereiro Responder

    É motivo de satisfação saber que empresas de segmentos importantes estão empenhadas em difundir a segurança no trânsito dentre os seus colaboradores. A motivação por um trabalho prevencionista deve sobrepor medidas que visem apenas o lucro e a obtenção de favores e privilégios. O investimento em cursos e palestras que vão de encontro ao bem estar dos colaboradores e a sua satisfação por um trabalho seguro tem sido um dos objetivos principais de grupos importantes e de renome internacional há muito tempo. Políticas prevencionistas e de caráter qualitativo devem se estender também às pequenas e médias empresas no sentido de trazer mais motivação e qualidade de vida aos seus colaboradores, peça fundamental para o sucesso de uma empresa.

  • Luciane Ribeiro dos Santos de Moura
    Posted at 09:54h, 12 fevereiro Responder

    Oxalá mais empresas entendessem a importância da formação continuada sobre trânsito. Para algumas, basta a CNH. O que precisamos reiterar é que a legislação sofre alterações, as vias são mudadas e o condutor precisa estar atualizado.

  • JOSE ALFREDO BRANDAO E SOUSA
    Posted at 11:24h, 12 fevereiro Responder

    Fico feliz em ver Empresas privadas se preocuparem com o trânsito e principalmente com a segurança de seus colaboradores. É importante saber, que as Empresas que não estiverem alinhadas com o meio ambiente, com a defesa da vida e da saúde, com bem estar e melhoria de vida de seus colaboradores, estão fadadas a sumirem do mercado. Os consumidores de hoje, ao pesquisarem um produto ou prestação de serviços, cadas vez mais estão antenados com a preocupação de contratar ou comprar de empresas socialmente responsáveis, que possuam selos de qualidade, que se comprometam com o bem estar humano. Cada vez mais gestores de grandes instituições se preocupam em agregar a seus produtos e serviços qualidades diferenciadas, que vão muito além do próprio ramo de negócio. Com a promulgação da Lei anti corrupção, está em alta o termo “compliance”, alinhado em fazer de acordo com a lei, em fazer o que é certo, ético e moral. Este termo se ajusta perfeitamente no trânsito, posto que estas empresas se utilizam das vias para transportarem seus produtos e serviços, através de modais de transporte, em veículos que carregam estampados em suas latarias a marca de suas empresas. Ninguém gostaria de ser fechado no trânsito por um veículo da empresa X da qual é consumidor. Mas muito além desta preocupação deverá estar bem claro o compromisso do empregador com a qualidade de vida de seu funcionário, com sua segurança e bem estar. Este novo conceito de empresa veio para ficar, não tem mais volta. No caso do projeto Laço Amarelo, é uma excelente forma da empresas agregarem a seu produtos e serviços este Selo de qualidade e de certificação, a fim de beneficiar seus funcionários, à própria imagem da empresa no mercado e seus acionistas e principalmente à sociedade. Ser uma empresa Laço Amarelo transmite credibilidade, confiança e responsabilidade social. Concluindo, palestras são, em minha opinião, uma das melhores maneiras de envolver toda uma equipe, pois é proferida a todos, no mesmo momento e num mesmo espaço, promovendo um ambiente de discussão e de troca de ideias, onde não há hierarquia a que se respeitar. Parabéns Paulo Botelho!

  • LEANDRO CUNHA DA SILVA
    Posted at 12:30h, 12 fevereiro Responder

    Todas as empresas ligadas ao trânsito e transporte, deveriam seguir este belo exemplo de se preocupar com a segurança através de seus colaboradores, com apoio de especialistas. Que bom que pelo menos para quem procura, existe o ONSV

    • Sandro Alves Xavier
      Posted at 14:26h, 12 agosto Responder

      Considero importe o interesse e a preocupação de empresas que tem suas atividades ligadas a trânsito é transporte capacitar é conscientizar seus colaboradores acerca do comportamento adequado no trânsito é o ONSV é uma instituição gabaritado para indicar seus observadores certificados para levar o conhecimento sobre dados estatísticos e conscientização para prática do trânsito Seguro.

  • Amilton Reis dos Santos
    Posted at 12:45h, 13 fevereiro Responder

    Faço minhas as palavras de Leandro Cunha da Silva: “Todas as empresas ligadas ao trânsito e transporte, deveriam seguir este belo exemplo de se preocupar com a segurança através de seus colaboradores, com apoio de especialistas. Que bom que pelo menos para quem procura, existe o ONSV”

  • Carlos Henrique Ferreira de Mello
    Posted at 11:40h, 14 fevereiro Responder

    Importante iniciativa da empresa em proporcionar momentos de educação de trânsito para seus colaboradores e do ONSV disponibilizar um de seus Observadores para a tarefa de conscientizar pessoas sobre a necessidade de um trânsito seguro e de mudança de comportamento. Que o exemplo da empresa sirva de inspiração para outras.

  • MARCELO WILIANS NEMESIO
    Posted at 06:03h, 15 fevereiro Responder

    Palestras são fundamentais, principalmente quando o publico alvo são condutores profissionais, onde podemos esta trazendo as atualizações na legislação vigente e tirar as duvidas dos nossos amigos de estrada. Não deixando de falar da conscientização da direção segura e o respeito por todos os atores que participam deste enorme teatro que é a vida no transito. parabéns ao observador.

  • FABIO MOUTINHO TURMA 3 Obsv. Certif.
    Posted at 09:26h, 17 fevereiro Responder

    Aqui em Taubaté, temos realizado várias palestras sobre segurança viária, especialmente, em SIPATs. Há empresas que literalmente param a produção para assistirem à palestra. É digo de nota, a Usiminas e a Leroy Merlin que se preocupam em muito com a segurança de seus colaboradores. Essa é uma guerra silenciosa que estamos no front, firmes e fortes, contra tudo e contra alguns, mas em prol de todos.

  • Sidnei Araujo
    Posted at 09:58h, 17 fevereiro Responder

    Parabéns, Paulo.
    Temos de difundir Educação para o trânsito de todas as formas, principalmente palestrando que é a maneira de estar em contato direto com pessoas que querem saber mais sobre o assunto.
    Só assim conscientizaremos toda sociedade em relação ao trânsito seguro, gentil e cordial.
    Abraços.

  • Valter Ferreira da silva
    Posted at 16:14h, 18 fevereiro Responder

    Penso que é a melhor forma de conscientizar os condutores sobre a segurança no trânsito, na empresa, local de trabalho, não há coisa melhor do que conscientização sobre a regras de circulação e conduta, prevista no CTB, por esta razão parabenizo o colegas que proferiu a conversa/palestra, contribuindo com os profissionais da referida empresa, quanto as regras e comportamento para um trânsito seguro e mais humano em prol de todos e incolumidade do pedestre. Conforme Artigo 29, § 2º do CTB.

  • Antônio Peixoto de Melo
    Posted at 23:39h, 19 fevereiro Responder

    Brilhante, Caro Observadores Certificado, Paulo!
    São de exemplos como o seu que nós precisamos fomentar neste País. O trânsito só mudará de verdade quando a sociedade se conscientizar do seu papel no meio a qual está inserida e entender que é parte integrante do sistema como um todo e também quando tivermos políticas públicas educacionais efetivas direcionadas para o ambiente trânsito.

  • Elmir Jorge Schneider
    Posted at 19:32h, 24 fevereiro Responder

    Ministrar cursos em empresas de transporte é sempre muito importante, pois são pessoas que conhecem a realidade do trânsito e isso facilita a transmissão de informações. Também este conhecimento que é ministrado para um público formado de condutores que trabalha na estrada, acaba permitindo uma mudança mais imediata nas ações aprendidas, pois após o curso já vão colocar logo em prática todo conhecimento adquirido. Diferentemente da educação para o trânsito que é desenvolvido no espaço escolar, que não é menos importante mas pode demorar mais para surtir efeito na prática do dia a dia.

  • JOSE EDIVO PEIXOTO FILHO
    Posted at 16:08h, 25 fevereiro Responder

    O papel desenvolvido pelos observadores certificados é deveras relevante. Imbuídos de conhecimento técnico e respaldados pelo ONSV o observador certificado trabalha de forma a melhorar a segurança viária em nosso país. As parcerias desenvolvidas com os diversos campos da iniciativa privada é de extrema relevância quando o assunto é conscientizar a população para assim garantir um trânsito mais seguro, Parabéns Observador!

  • Bruna de Oliveira Seiboth
    Posted at 10:45h, 26 fevereiro Responder

    Aquele que transmite conhecimento mais aprende do que ensina. É um privilégio poder trocar conhecimento e engajar uma causa tão importante que é a prevenção de acidentes de trânsito, fazendo com que as pessoas se conscientizem da relevância que é proporcionar e usufruir de um trânsito seguro. Parabenizo este Observador pelo ótimo trabalho!

  • ANTONIO CARLOS GOMES
    Posted at 11:39h, 26 fevereiro Responder

    TENHO TRABALHADO A ANOS COMO INSTRUTOR DE CURSOS ESPECIALIZADO TENDO OPORTUNIDADE DE TROCAR IDEIAS COM QUEM CONVIVE NO TRANSITO PESADO, É NOTÓRIO QUE TEMOS BONS E MAUS MOTORISTAS,MAS QUANDO TEMOS EMPRESAS COMO ESTA QUE ESTA REALMENTE PREOCUPADO COM SEUS COLABORADORES E SEUS FAMILIARES TEMOS A DIFERENÇA DO OUTRO LADO DESTA PONTE QUE E EDUCAÇÃO PARA O TRANSITO SEGURO.

  • Antônio Peixoto de Melo
    Posted at 12:14h, 26 fevereiro Responder

    Muito bom.

  • Mauro Silva - Recife/PE
    Posted at 00:33h, 01 março Responder

    Dentre os mais diversos papeis do Observador Certificado está em colaborar na produção e aperfeiçoamento de conteúdos e materiais técnicos do ONSV ser reconhecido pelo ONSV como profissional especializado na área de segurança viária, para execução de Palestras e é este um de meus objetivos.

  • Priscila Sauthier
    Posted at 22:55h, 01 março Responder

    Parabenizo as empresas que possuem essa iniciativa, pois as palestras realizadas em seus espaços alcançam um número maior de pessoas; contribuindo com a expansão de informações e melhor conscientização sobre regras e condutas do trânsito.

  • Samir Moussa
    Posted at 23:37h, 01 março Responder

    Muito bom esse trabalho que esta sendo desenvolvido pelo ONSV de formar observadores certificados, pois vai ser nesse trabalho que cada observador vai fazer que um dia iremos chegar no grande objetivo que é diminuir as morte, acidentes e salvar vidas no trânsito.

  • HELIO DIAS DE SOUZA
    Posted at 23:52h, 01 março Responder

    Parabéns Paulo!
    Como já foi dito essa é a forma mais eficaz, quando aplicada de forma elaborada, focando o público de preferência que se mostra mais arredio a cumprir normas, logicamente com um público heterogêneo. Desenvolvo esse trabalho desde os anos 90 e já vi muitos resultados positivos.

  • Diego da Silva Marques
    Posted at 17:53h, 02 março Responder

    Uma bela iniciativ do Observatório, gostaria de destacar a nossa experiência com o projeto Empresa Amiga da EPTC na cidade de Porto Alegre que de forma suscinta consiste em ministrar palestras em empresas com foco na segurança dos funcionários e da população em geral. Após enviamos um arquivo eletrônico onde acompanhamos e prestamos assessoria para que o empresário inicie o controle de autuações e o gerenciamento de frota com monitoramento de velocidade, acidentes e validade das CNHs. Esse projeto vem dando tão certo que em 2019 nós certificamos mais de 25 empresas na cidade que seguem de forma permanente acompanhando nosso trabalho e solicitando palestras nos locais.

  • Joaquim Alves do Carmo
    Posted at 22:18h, 02 março Responder

    Muito bom o trabalho do Observador, ações como essa devem ser incentivas pelos órgãos de trânsito, e os condutores precisam criar o hábito de fazer o certo.

  • Alex Pinheiro Sessim
    Posted at 10:41h, 04 março Responder

    A empresas que realizam treinamentos com frequência a seus colaboradores, na verdade estão diminuindo custo com infrações ou acidentes.
    Quando se promove um treinamento, o funcionário aprende “coisas” novas, tira suas dúvidas e troca experiencias com seus colegas e o palestrante. Isso é de suma importância para o desenvolvimento sustentável e financeiro de uma Organização.

  • João Batista da Silva Neto
    Posted at 15:36h, 04 março Responder

    Ótimo trabalho, tornando mais palpável aos profissionais a importância do comportamento seguro no trânsito não só pra si próprio, mas para todos ao redor. Parabéns!!

  • Jolserley Marcio Barbosa
    Posted at 17:09h, 04 março Responder

    Acho isso uma ótima solução para melhorarmos a qualificação de motoristas nas empresas, mais empresários do ramo de transportes deveria seguir esse exemplo e convidar pessoas qualificadas para poder ministrar cursos e palestras aos seus colaboradores, com certeza seria um grande passo para se diminuir acidentes, tendo em vista a grande frota do nosso transporte terrestre.

  • Jose Antonio de Almeida
    Posted at 19:16h, 04 março Responder

    Parabéns ao Paulo Botelho!!!!
    Ainda temos muitos motoristas ditos profissionais fazendo absurdos no trânsito, que outras empresas façam o mesmo que a Gidion Transportes e Turismo.

  • Edenilton Barros Ferreira
    Posted at 23:01h, 04 março Responder

    Acredito que palestras são de grande importância para quer se possam levar aos participantes de uma determinada área ou categoria informações e fatos alterados ou atualizá-los na execução daquela atividade pelos mesmos, no caso motoristas profissionais do volante.

    Os assuntos dever ser apresentados dentro de uma diádicas que todos possa compreender e refletir a cada palavra ali apresentada.

    Onde acontece trocas de informações e experiencias vividas nas vias, isso faz com que aja uma renovação de entusiasmo dando mais seguranças nas suas atitudes quando ao volante.

  • Antônio Peixoto de Melo
    Posted at 12:22h, 05 março Responder

    Parabéns a EMPRESA pela iniciativa. Isto sim, é uma demonstração de Amor a vida.

  • SOLANGE RIBEIRO DA SILVA
    Posted at 18:37h, 08 março Responder

    O processo de conscientização neste contexto está ocorrendo através dessa empresa está preocupada com a situação do transito. Através de palestras, conscientizando seus colaboradores sobre a importância do transporte e do turismo e o trânsito estão entrelaçados na sociedade.

  • Antônio Peixoto de Melo
    Posted at 19:28h, 08 março Responder

    Fico contente com iniciativa!! Parabéns!

  • ALINE CECCONI
    Posted at 16:01h, 10 março Responder

    É através da educação que conseguiremos melhorar o mundo. E no trânsito não foge disso. Precisamos carregar a sociedade com informações corretas para utilização do sistema viário, sendo que somente assim poderemos reduzir o número de vitimas desse próprio sistema. As empresas que trabalham esse tema com seus funcionários e colaboradores estão fortalecendo a difusão das informações e através da educação ajudando a melhorar esse processo.

  • GILSON DE JESUS CARDOSO
    Posted at 21:05h, 10 março Responder

    Parabéns ao OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e ao observador certificado Paulo Botelho, iniciativa como essa do ONVS de prestigiar seu Observador é importante, ao Paulo a oportunidade de mostrar a importância da educação e empatia no trânsito, por fim parabéns a empresa Gidion Transportes e Turismo em Joinville (SC), que outras empresas sigam o belo exemplo.

  • Geraldo Medeiros Filho
    Posted at 13:24h, 12 março Responder

    Tal iniciativa demonstra o comprometimento da empresa Gidion Transportes e Turismo com sua função social, ao tratar do tema segurança no trânsito em âmbito interno. É preciso levar essa conscientização para todos os agentes sociais, pois só através da conscientização poderemos construir um trânsito seguro.
    Não havendo consciência, vem a necessidade de coagir através das multas.

  • Samir Moussa
    Posted at 15:43h, 12 março Responder

    Temos que ter mais iniciativas como a empresa Gidion Transportes e Turismo e vai ser com o trabalho dos novos observadores certificados que iremos abrir novas oportunidades, pois tem muitas empresas com interesse em ajudar em projetos na segurança viária e mobilidade urbana. Estamos no caminho certo junto com o Observatório.

  • FLAVIA VEGH BISSOLI
    Posted at 14:04h, 13 março Responder

    Espetacular a iniciativa, tenho comigo uma frase para empresas privadas que geralmente contestam o tempo e o custo perdido com cursos e palestras voltas à área de trânsito ‘Se você acha o custo da educação alto, tente o da ignorância .”
    Precisamos de mais engajamento e colaboradores aptos para ser a voz do trânsito, inúmeras palestas ´podem ser ministradas sem custo financeiro algum a depeder das tratavitas, contudo, à partir do momento em que, uma única vida é poupada com os ensinamentos, já valeu a pena em todos os sentidos.

  • Paulo Adriano Ferreira Alves
    Posted at 15:42h, 16 março Responder

    Belíssima oportunidade, são profissionais de atitudes que fazem a diferença, parabéns a grandiosa oportunidade que o ONSV, vem oferecendo através dos Observadores Certificados aos profissionais motoristas, para a importantíssima empreitada do bem, para um transito mais seguro e humano.

  • Alexander Ferreira de Magalhães
    Posted at 15:45h, 16 março Responder

    Umas das finalidades sociais do ONSV é a execução de atividades de educação no trânsito, com fomento da ética, da paz, da cidadania, democracia e dos direitos humanos (bases da segurança viária e veicular).
    Os acidentes de trânsito, em sua maioria, possui como causa principal o fator humano. Assim, toda e qualquer iniciativa que venha a potencializar a mudança comportamental do usuário de trânsito para a obediência às regras e a prática de atos seguros, é extremamente louvável.
    O papel da educação em prol de um trânsito mais seguro e sua abrangência, não pode se limitar ao ambiente escolar ou aos Centros de Formações de Condutores (CFCs). Deve extrapolar tais limites e ocorrer também em diversos ambientes, tais como empresas, órgãos públicos e privados, associações e etc. A educação deve ser ampla com alcance ao maior número de pessoas, pois, ainda que não sejam todos condutores, são, de qualquer forma, usuários do trânsito que alteram o exercício de diversos papéis (ora de pedestres, ora de condutores, etc).
    Todos devem ser conscientizados de que temos direito a um trânsito seguro, porém, isso implica também na observância de regras e deveres a serem respeitados por qualquer usuário, sem distinção, em prol de uma segurança coletiva em nossas vias.
    Desse modo, iniciativas como essa do ONSV e da empresa Gidion Transportes e Turismo devem ser endossadas e reconhecidas. Ao Observatório por estar cumprindo o seu papel social de levar informações importantes, coerentes e reflexivas à sociedade. E à empresa em tela por estar levando a efeito uma ação de responsabilidade social, auxiliando na construção de um trânsito mais ético e seguro.

  • (FREDY) CARLOS FREDERICO TEJADA
    Posted at 20:03h, 17 março Responder

    Educar, educar, educar. Não importa a idade, classe social, atividade profissional e modal de transporte que utiliza. Parabéns ao ONSV por proporcionar à sociedade ferramentas com essa finalidade e consequentemente reduzir o número de acidentes.

  • Nádia Sudário
    Posted at 20:19h, 18 março Responder

    O envolvido de empresas e sociedade na busca pelo conhecimento é fator ímpar para o diferencial e impacto positivo na segurança viária, uma vez que até nos deslocamentos casa-trabalho podem ocorrer sinistros. Quando a mobilização e educação são ampliadas, os cuidados e resultados também são positivos.

  • kenedy Santos Pereira
    Posted at 22:50h, 18 março Responder

    Vejo vários pontos importantes tais como: Reconhecimento do Observatório como entidade de estudo em trânsito; capacidade técnica do palestrante, e isso gerá em nós uma responsabilidade, pois estamos estudando para sermos observadores certificados; e por último e não menos importante o tema segurança no trânsito .

  • JOSÉ VANILSON ABREU DA SILVA
    Posted at 09:37h, 19 março Responder

    Acredito que as mudanças de atitudes e comportamentos perante os condutores, começam assim. Um exemplo claro são os caminhoneiros que rodam o país dia e noite e as vezes não há tempo suficiente para participar de um treinamento e palestras, na prática são ótimos condutores, mais as vezes pecam na teoria por não ter acesso informação de qualidade, parabéns ao observatório por esse trabalho prestado.

  • Leandro de Oliveira Machado
    Posted at 09:38h, 19 março Responder

    Conhecimento é tudo, por isso acho extremamente importante as empresas oferecerem palestras, cursos de capacitação e treinamentos, o papel dos observadores certificados é fundamental para que outras empresas se conscientizem sobre a importância de palestras voltadas à segurança viária, e incluam na sua gestão essas capacitações e ofereçam a seu colaboradores.

  • Luciano Souto
    Posted at 13:19h, 23 março Responder

    Papel fundamental dos observadores certificados e profissionais do trânsito,que são multiplicadores do conhecimento que salva vidas.
    Precisamos aumentar cada vez mais a abrangência deste trabalho e que toda a sociedade enxergue a importância,nas empresas,escolas etc..pois o trânsito somos todos nós.

  • ROSITANIA PEREIRA DE FARIAS
    Posted at 17:29h, 24 março Responder

    A importância de dirigir com segurança e o papel que cada um de nós, é preciso mudar nossa atitude para salvar vidas. O Brasil, segundo dados da OMS, é o quarto país do mundo com maior número de fatalidades no trânsito. Já os prejuízos materiais chegam a bilhões por ano. As palestras representam uma iniciativa que orientam de forma preventiva o combate aos acidentes de trânsito. Se tornar um agente multiplicador de boas ações no trânsito é sem duvidas dever de todos , Hoje no maranhão se trabalha um projeto voltado para empresas, se chama DETRAN Volante em ambiente corporativo, tivemos um acréscimo de 300% em 4 anos, onde se trabalha todas as temáticas de acordo com a solicitação.

  • Elidiana Flávia Pereira Leão
    Posted at 08:37h, 25 março Responder

    Falar sobre segurança no trânsito com toda a sociedade é importante, mas ter a oportunidade de sensibilizar trabalhadores do setor de transporte sobre a necessidade da redução de acidentes no trânsito é maravilhoso. Embora já recebam treinamento, a capacitação vinda de um observador certificado pelo ONSV, com dados estatísticos da atual situação do Brasil e a importância do comportamento seguro na direção pode modificar sensivelmente a conduta desses profissionais. Que esse tipo de capacitação possa chegar a mais trabalhadores do setor.

  • Edirley Fernandes Cardoso
    Posted at 12:43h, 25 março Responder

    Ações com estas são fundamentais para difusão da causa. Logo a importãncia de buscarmos novos parceiros para que as medidas de prevenção continuem a todo vapor. Em suma, “missão dada é missão cumprida”.

  • Jackeline Silva dos Santos
    Posted at 13:31h, 25 março Responder

    As palestras são oportunidades em que o profissional tem para propagar conhecimento e conscientizar os condutores sobre a importância do comportamento seguro no trânsito. Temos que conseguir, através dos números e estatísticas, convencer a eles que só através do comportamento adequado poderemos diminuir os índices de vítimas de acidentes de trânsito e tornar esse espaço harmonioso e seguro.
    A EDUCAÇÃO é a chave que abre as portas da boa conduta!

  • EVANDRO SIEBRA DA SILVA
    Posted at 15:59h, 25 março Responder

    Ótimo ver um trabalho assim sendo realizado, como também saber que empresas se preocupam e realizam treinamentos voltados para a segurança viária. Uma palestra como essa é um importante modo de disseminar o conhecimento, utilizando dados confiáveis e seguros levantados pelo ONSV.

  • HIDERALDO RODRIGUES GOMES
    Posted at 17:33h, 25 março Responder

    Este é um trabalho que requer seja cada vez mais difundido; Quanto mais informações levarmos ao conhecimento do publico, melhores resultados na questão mobilidade urbana teremos e consequentemente o Transito que todos nós queremos.

  • Vitor Araujo
    Posted at 11:41h, 26 março Responder

    Cursos ou palestra sobre o trânsito procura qualificar os profissionais do transporte e fazer uma reciclagem sobre as normas de trânsito, os perigos no trânsito e os problemas no trânsito para que possam concientizar e melhorar.

  • Regiani Juciani Lacerda
    Posted at 12:33h, 26 março Responder

    Quando uma empresa tem uma gestão eficiente, que tem visão que seus colaboradores precisam de atenção de equipamentos e treinamentos específicos, o rendimento supera os gastos com o investimento.

  • Gilson Tude da Rocha
    Posted at 19:46h, 26 março Responder

    excelente parabéns ao sr. Observador certificado e ao observatório nacional de segurança viária este trabalho sobre as ações de segurança no trânsito, para que esse pessoal do setor de transporte,possa contribuir para redução de eventos danosos que dar prejuízos ao empresario ,e aos usuários desse transporte.

  • Elequicina Maria dos Santos
    Posted at 14:21h, 28 março Responder

    Interessante o comentário de Luciane Ribeiro, quando ela se reporta à necessidade da atualização dos condutores de veículos. E, esse processo de difusão da educação constitui um exemplo a ser seguido por outras empresas.

  • NORBERTO FIUZA DE CAMPOS
    Posted at 00:43h, 29 março Responder

    Podemos entender como uma das ações do Projeto Educa, dentro de uma de suas 03 linhas de atuação: educação básica, específica e continuada. No caso em comento, a Educação Continuada – desenvolvendo trabalhos de atualização e revisão permanente, promovendo uma relação de formação continuada, atualizada e adequada ao contexto atual. Desenvolvendo trabalhos para implementação de cursos, processos e procedimentos que estejam voltados aos conteúdos a serem trabalhados nas etapas de pós-habilitação. Desenvolvendo trabalhos voltados para realização e implementação de campanhas educativas e de movimentos em prol da educação e segurança no trânsito. Realizar ações permanentes, junto às instituições , buscando efetivá-las como instituições replicadoras da educação para o trânsito mais seguro, auxiliar na formação e atualização dos profissionais para realização deste processo, aprimorar e aprofundar esta formação para dar conta de um curriculum atualizado, assim como auxiliar na criação e implementação de sistemas de gestão de qualidade.

  • DANIELA FERNANDA CORGOZINHO
    Posted at 01:56h, 29 março Responder

    Empresas que valorizam seus colaboradores, investem em educação, em palestras a fim de melhora los a cada dia. Parabéns ao empresários e gestores que tem essa visão preventiva.

  • Tatiane D Oliveira Luiz
    Posted at 18:22h, 29 março Responder

    Parabéns ao observatório e ao observador, penso que todas as empresas do ramo, deveriam ter esta oportunidade para com seus colaboradores dado suporte e informações, É preciso passar para todos os usuários de vias a importância de um trânsito mais seguro e, que este inicia conosco, cada um fazendo a sua parte.

  • Edson Antonio Lamin
    Posted at 18:29h, 29 março Responder

    Parabenizo o ONSV pela disponibilidade e comprometimento para um trânsito mais seguro. Temos que levar a informação para quanto for e aonde for, pois ainda vemos muitos comportamentos de risco.

    E é gratificante essa troca de informação, trabalhei por anos ministrando palestras e treinamentos para funcionários e motoristas os quais transportavam funcionários, no Estado do Rio de Janeiro era responsável por cerca de 600 motoristas. E era uma situação que eu ministrava os cursos especializados pelo SEST SENAT e como funcionário da Tursan, tinha a responsabilidade de checar prazos de vencimentos de CNH e curso especializado de passageiros.
    Posso dizer que é muito bom, passar essa informação aos motoristas, da responsabilidade que é, pois são vidas que são transportadas e esperam a sua volta, o seu retorno para casa.

  • EDSON JAMES RASERA
    Posted at 22:49h, 29 março Responder

    Muito gratificante para nós que estamos trabalhando a questão trânsito, resultados como este. Necessário prosseguir com as palestras para tornar o assunto relacionado ao trânsito sempre vivo nos motoristas e nos gestores das empresas.

  • STALEN HUALANS MENEZES FELINTO
    Posted at 15:38h, 30 março Responder

    Muito boa a iniciativa, essas são ações extremamente necessárias para construção de condutas seguras pelos profissionais. A quem possa interessar essa atuação frente a profissionais, indico a leitura dos fundamentos teóricos das chamadas “clínicas do trabalho”, especialmente da “Ergologia” e “Psicodinâmica do Trabalho”, Esta última é uma das abordagens pioneiras na área e estuda basicamente os processos intersubjetivos dos trabalhadores, e como estes conseguem se manter potentes e atuantes no trabalho apesar dos seus constrangimentos e fatores de adoecimento. Tal abordagem é interessante, pois coloca o trabalhador na posição que lhe é devida no trabalho, de verdadeiro detentor de conhecimento sobre sua prática. É ao considerar que o trabalhador não é um mero executor da atividade, que a Psicodinâmica do Trabalho, o concebe como o real protagonista, responsável pela transformação do trabalhar. Dentre os principais conceitos teóricos encontramos: a organização do trabalho, prazer e sofrimento, inteligência e cooperação, estratégias coletivas e individuais de defesa (mecanismos psíquicos de defesa), dinâmica do reconhecimento e entre outras. A exemplo das seguintes pesquisas: “As estratégias defensivas dos motoristas de aplicativos” (Vaclavik, Concolatto & Oltramari, 2018), “Prazer s Sofrimento no Trabalho: estudo sobre os motoristas de um empresa de ônibus da cidade de Belo Horizonte” (Lima, Garcia & Tomaz, 2015), ” A gestão da atividade do motorista de ônibus: um olhar ergológico” (Pinto & Neves, 2009). 1)http://login.semead.com.br/21semead/anais/arquivos/1861.pdf; 2)http://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos15/4522241.pdf 3)http://www.revispsi.uerj.br/v9n2/artigos/pdf/v9n2a15.pdf

  • Ronaldo Ivan da Cruz Mesquita
    Posted at 14:15h, 31 março Responder

    Muito bom. É uma atividade relevante, pois as pessoas precisam assimilar as informações aplicadas nessas palestras. As atividades dessa natureza precisam acontecer de forma mais continuada e para que aconteçam é necessário o envolvimento de mais pessoas . Já existem muitas pessoas que colaboram com palestras aplicadas em empresas, escolas e instituições públicas, servidores das instituições ligadas ao trânsito, ONGS, voluntários. O Observatório veio fazer a diferença, pois além de formar multiplicadores, faz propostas sugerindo mudanças nas leis de trânsito. Realiza um ciclo completo. Essa diferença é importantíssima..

  • Ronald Vittal
    Posted at 14:18h, 31 março Responder

    A transmissão de conhecimento é de fundamental importância para um trânsito mais seguro para toda sociedade. Trocar conhecimento e engajar uma causa tão importante que é a prevenção de acidentes de trânsito, fazendo com que as pessoas se conscientizem da relevância que é proporcionar e usufruir de um trânsito seguro.

  • Delnandina MMMonteiro
    Posted at 19:34h, 31 março Responder

    Parabenizamos o Observador Paulo Botelho,
    o Observatório, empresa e funcionários que
    participaram da palestra. A transmissão do
    conhecimento, as experiências e a boa
    vontade dos envolvidos é fundamental
    para que os usuários das vias de trânsito
    façam mudança de comportamento.

  • André ferreira dos Santos
    Posted at 13:52h, 01 abril Responder

    Parabéns pela palestra e pelo trabalho desenvolvido pelo observador certificado, uma ótima oportunidade para divulgar o trabalho do observatório e também para criar uma cultura de mais percepção de risco na direção do veículo automotor, Todos juntos unindo esforços conseguiremos mudanças significativas no nosso trânsito e para que um dia se torne mais humano e seguro, para todos transitarem.

  • Marcia Cristina Araújo Pereira
    Posted at 14:55h, 02 abril Responder

    Parabéns para o observador certificado Paulo Botelho!! Somente pela educação conseguiremos mudar o comportamento no trânsito.

  • MORGANA GARIBALDI DIEFENTHAELER
    Posted at 23:19h, 02 abril Responder

    É importante que o Observatório se faça presente nas empresas através de mais eventos como este: além de aumentar a visibilidade da importância da instituição, contribui para a capacitação de trabalhadores diretamente relacionados com o trânsito, que possuem em suas mãos, literalmente, instrumentos para decidir o curso da vida do próximo. Parabéns ao observador!

  • Gizela Eliane Ferreira da Costa Roewer
    Posted at 00:56h, 03 abril Responder

    Parabéns pelo trabalho de suma importância. É essencial a colaboração do Observatório como parte neste processo de mudança de comportamento para um trânsito mais seguro.

  • MARGARETH GRAMACHO FADIGAS
    Posted at 12:22h, 03 abril Responder

    Educação. Mesmo que não surta efeitos imediatos nos índices, é a fundamental para conscientização e orientação quanto às atitudes seguras no trânsito. Muito relevante esse papel do ONSV, de educar através de seus observadores.

  • Romolo Tacchelli
    Posted at 17:18h, 04 abril Responder

    Excelente trabalho e inciativa do Observatório. Parabenizo ao observador Paulo Botelho pela dedicação e o exemplo à todos nós, de sermos observadores atuantes em todas as oportunidades apresentadas. Parabenizo também ao responsáveis pela movimentação na empresa Gidion, por buscarem agregar muito mais aos colaboradores em prol da segurança no trânsito.

  • Anderson Clayton da Silva Borges
    Posted at 00:29h, 05 abril Responder

    As palestras devem acontecer sempre; SEMANALMENTE , tantos nas empresas quanto nas escolas, pois é da educação que se transforma.

  • JUCIMARA MESSIAS FERNANDES LIMA
    Posted at 15:34h, 05 abril Responder

    Muitas vezes o foco principal quando pensamos em educação para o trânsito, é de que a lei deve ser cumprida implantando a educação para o trânsito nas escolas, mas é muito mais amplo, podemos analisar a respeito de todas as empresas de transporte do país, deveriam seguir o exemplo da Gidion Transportes e Turismo, o impacto nos colaboradores que estão no dia a dia nas ruas, fariam uma diferença gigante nos índices de acidentes, mas a realidade é que muitas vezes faltam recursos, principalmente financeiros, esses investimentos não podem na minha opinião ser exclusivos das empresas, é necessários projetos de políticas públicas para atender todas essas necessidades.

  • Nizandro Martins Ramos
    Posted at 19:55h, 05 abril Responder

    Essa parceria entre Observadores e empresas através de palestras é muito importante, primeiramente para levarmos o conhecimento aos condutores, quantos ali tiraram habilitação a mais de 20 anos e desconhecem a atualização da legislação?
    por outro lado estamos ali para tirar dúvidas e principalmente para ouvirmos reclamações dos condutores de mudanças na legislação, vias, engenharias afim de ajudar no dia a dia da categoria que muitas vezes tem um trabalho sobrecarregado. Como também conscientizar empregadores de cobranças de horários de formas absurdas para atender demandas de compradores não se importando com a segurança do trânsito. Por causa desses absurdos de horários que os caminhoneiros foram presenteados com a hora de descanso obrigatória.

  • Gisele Pereira
    Posted at 20:57h, 05 abril Responder

    Parabéns a empresa pela atitude e que tais formadores que participaram possam levar esse conhecimento para as suas famílias.
    Excelente oportunidade para incentivar mudanças de comportamento. O conhecimento gera cultura, a cultura gera hábito, a informação gera propagação e a propagação gera conscientização.
    Ações de extrema importância para melhorar a cultura dos profissionais e promover a conscientização e mudança de comportamento no trânsito.

  • Demétrius Silveira
    Posted at 15:13h, 06 abril Responder

    É de muita importância essa palestras para os condutores profissional sempre esta informado
    das atualizações do próprio CTB , muitos tem duvidadas de coisas simples que nos podemos
    tirar , esta de parabéns Observatório .

  • Daniel Furtado Alves
    Posted at 13:59h, 23 junho Responder

    Excelente iniciativa do Observatório Nacional de Segurança Viária!
    Devemos nos manter focado para que este tipo de ação passe a fazer parte de todas as empresas, seja na integração de seus funcionários ou até mesmo num programa anual de palestras de conscientização dos colaboradores.

  • Viviane Eduarda
    Posted at 22:53h, 23 junho Responder

    A melhor conduta na redução de acidentes é a educação e conscientização dos condutores, principalmente aos que tangem a condução profissional que é de constante circulação nas vias públicas e devem ser ainda mais cercadas de cuidados e informação. A postura do Observatório em realizar palestras de conscientização e aumento do conhecimento das informações ligadas ao trânsito trazem ainda mais fortalecimento do papel da ONSV.

  • João Francisco Leandro
    Posted at 21:14h, 24 junho Responder

    Palavras do nosso amigo Observador Certificado Paulo Botelho.
    Nós precisamos trabalhar e mudar comportamentos para conseguir reduzir o número de acidentes no trânsito, pois 95% desses acidentes são causados por falha humana, para isso precisamos levar conhecimento e incentivar essa mudança.

    Parabéns, é isso mesmo, temos motoristas que quando precisam fazer algum curso específico para entrar na área de transporte, nós instrutores ficamos até com certa dó, pois eles apenas sabem dirigir mas não tem a menor noção sobre o CTB, sobre como se portar diante de situações de perigo e que muitas das vezes estes risco acabam sendo gerados por falta de conhecimento.
    E com um trabalho assim como o feito pelo SR. Paulo, ainda que apenas 30% do que foi explicado seja absorvido pelos presentes, já é um ótimo sinal e com certeza estes iram se multiplicando.
    É deste tipo de trabalho que as empresas precisam dar atenção e valor.

  • ELISIO SOUZA MELO
    Posted at 11:52h, 27 junho Responder

    Muito pertinente a colocação do Sr. Paulo Botelho. É muito importante o comportamento humano para um trânsito seguro, é o famoso “Limite aceitável de risco” de Gerald Wilde onde na sua Teoria Homeostática ele postula que não se consegue, a princípio, influenciar as pessoas de aceitar correr riscos.

  • Lylian Tsai Strinta
    Posted at 00:07h, 29 junho Responder

    As Empresas que valorizam seus colaboradores promovendo treinamentos constante está investindo não somente nela como fazendo um bem para a sociedade. Parabéns Paulo Botelho pelos assuntos abordados, a percepção de risco é necessário para um trânsito seguro.

  • ROBERTO OLIVEIRA GARCIA
    Posted at 11:58h, 05 julho Responder

    Ações como essa fazem a diferença, precisamos trabalhar a educação de trânsito em todos os setores, levando informação e conscientização pra o maior número de pessoas possível. Infelizmente o desconhecimento pode levar a comportamentos nocivos no trânsito, embora o desrespeito as regras aconteçam em todas as camadas da sociedade.

  • Wanderlei Cesar Barneze
    Posted at 18:23h, 05 julho Responder

    Realmente é uma grande satisfação quando encontramos eco naquilo que estamos defendendo. Essas palestras são muito produtivas, uma vez que ao agregar novos conhecimentos ao já existente criamos, nas outras pessoas, uma motivação ainda maior em buscar o desempenho mais adequado em suas atividades.
    Nós não fomos formados ou educados dessa forma, então precisamos sim de tempos em tempos ir reforçando nas pessoas a área comportamental, a atitude de cada um.
    Sei também o quanto é danoso ministrar aulas para alguns que buscam em cumprir o que foi mandado e só.
    Essas ações que o Observatório também proporciona é de suma importância e é mais uma ferramenta na busca de diminuir as mortes e acidentes de trânsito.

  • Rosa Moraes
    Posted at 15:22h, 06 julho Responder

    Sempre ressaltar, Direito, Deveres e principalmente Responsabilidade.Buscando atitudes seguras, para um trânsito seguro e gentil.

  • Alberto Lopes Cruz
    Posted at 19:15h, 06 julho Responder

    Parabéns para a empresa Gidion Transporte que investe em seus funcionários e para Observatório.

  • Jose Carlos Lo. da Silva
    Posted at 17:10h, 07 julho Responder

    A palestra é um meio eficaz, visto que se tem um público alvo especifico e é possível passar um conteúdo de qualidade, colher depoimentos, fazer ajustes e apontamento em melhorias.

  • Gerson Jorge da Silva
    Posted at 22:07h, 08 julho Responder

    Gerson Jorge da Silva

    Parabéns ao Observador Paulo Botelho, principalmente por um dos temas ” importância do comportamento seguro na direção”, também faço palestras quando solicitados na corporação onde exerço minha atividade laboral, em empresas geralmente utilizo este tema, pois não adianta explicar o que já sabem, tais como; aquaplanagem, uso de cinto de segurança, entre outras infrações de trânsito.
    Vou mais a fundo, explico a eles a consequência daquele motorista profissional de folga que, toma a cerveja de final de semana em um churrasco com amigos e depois sai dirigindo veículo automotor e é flagrado, explico sobre a suspensão do direito de dirigir por doze meses, sete pontos no prontuário, multa acima de R$ 2.900 e o comprometimento de exercer sua profissão, ou seja, será possivelmente demitido.
    Mas este é o caminho, as palestras com dinâmicas atraem a atenção do público

  • Maria Inês Tondello Rodrigues
    Posted at 13:24h, 11 julho Responder

    Atitudes como essa, de algumas empresas, reforça que a conscientização está acontecendo. Fico feliz em perceber que empresas estão investindo em treinamento para seus colaboradores. Dessa forma é possível propagar falas como a do colega Paulo, é preciso mudar comportamento para alcançar a redução dos índices de mortes no trânsito. Quanto mais treinamentos forem proporcionadas, mais vidas serão salvas através da mudança de condutas no trânsito.

  • RENAN CARDOSO PAULINO
    Posted at 23:01h, 12 julho Responder

    Essas atitudes são importantes, pois reforça os conteúdos abordados na renovação dos cursos da Resolução 168 do Contran e também os treinamentos ministrados pela empresa.

  • VALDILSON AP. LOPES
    Posted at 15:07h, 16 julho Responder

    Excelente trabalho, parabéns!

  • Jean José Almeida Araújo
    Posted at 18:54h, 19 julho Responder

    Ações como essa da palestra fazem toda a diferença, dão visibilidade ao ONSV e conscientizam pedestres e condutores para uma trânsito mais seguro e nada como levar este conteúdo para as empresas para que seus colaboradores tornem-se multiplicadores de boas práticas em seu trabalho e em seu dia-a-dia.

  • JANSEN RICARDO
    Posted at 06:15h, 20 julho Responder

    A pratica constante de ações como esta deve ser incentivada em todos os níveis e em todos os segmentos por todo o país. Mesmo em empresa que os colaboradores sejam capacitados cotidianamente se faz necessário o dialogo da temática trânsito. A troca de informações, a atualização e o dialogo é gratificante para os envolvidos. Fazendo uso de uma linguagem simples e com dados reais, através de uma dinâmica voltada a entreter o cidadão em prol de uma verdadeira conscientização contra a industria da morte e sequelados em favor da vida. Desenvolver trabalho semelhante com multiplicadores que possam levar a mensagem a todos os lares, são os professores que desde engajados possibilitarão a semeadura da palavra.

  • Guto Giovani de Oliveira Castro
    Posted at 20:09h, 21 julho Responder

    Muito importante esse trabalho junto as operadores de transportes assim como as transportadoras. Há relatos de condutores de veículos que falam sobre as longas jornadas, os itinerários e o tempo para cumprir. Esses são ingredientes perigosos para causarem os acidentes no trânsito. Daí a importância de palestrar sobre segurança no trânsito não somente com os operadores de transporte, mas os gestores também das empresas que prestam serviço – mostrando a importância de construir um protocolo viário seguro para suas jornadas de trabalho.

  • MARCELO LUIZ ALVES
    Posted at 22:02h, 21 julho Responder

    Excelente trabalho! A conscientização e capacitação dos colaboradores é fundamental nas empresas de transportes, tento de passageiros, e ou de cargas, parabéns ao ONSV, observador certificado Paulo Botelho, e a empresa GIDION pela ação, a abordagem no treinamento foi muito oportuno para a melhoria na segurança do trânsito viário.

  • wlamir lopes da costa
    Posted at 11:14h, 23 julho Responder

    Sempre importante esse debate sobre segurança no trânsito, levando a outros profissionais dados e informações fundamentadas que os fazem refletir em como se relacionar de forma diferente no dia a dia. Parabéns aos envolvidos no trabalho.

  • Camila de Assis
    Posted at 20:06h, 25 julho Responder

    É animador constatar que empresas como a Gidion Transporte e Turismo estão preocupadas com as questões referentes a segurança viária. Também nos mostra que existem setores sedentos pelo serviço que o Observatório Nacional de Segurança Viária pode oferecer. Parabéns ao observador!

  • Fabio Bertrani Leme
    Posted at 23:31h, 26 julho Responder

    Fico feliz quando a iniciativa privada, principalmente aquelas que têm em seu ramo de atividade o trânsito e transporte, abre as portas para formação e qualificação de seus colaboradores. O trânsito é muito dinâmico, logo sempre a algo novo para aprender. Aqui no meu município temos relevantes trabalhos com empresas locais, principalmente do setor de transportes de passageiros.
    Quando bem feito esse tipo de trabalho, a mudança de comportamento de motoristas percebida tanto por autoridades de trânsito como pela população, e também reflete na redução do numero de infrações e acidentes de trânsito.

  • Carlos Pereira Terto Junior
    Posted at 11:04h, 29 julho Responder

    As palestras em empresas são de extrema importância para a disseminação das regras de trânsito, da direção defensiva e ainda, trás o benefício de que rememora as regras de trânsito naquelas pessoas que via de regra a muitos anos não leem absolutamente nada sobre o trânsito. As palestras rememoram os condutores quanto a necessidade de atenção as regras de trânsito, somos ainda o defensor destas palestras em escolas e faculdades como forma de deixar sempre atualizados os condutores e pedestres quanto as normas de trânsito.

  • Fernando Márcio Fernandes
    Posted at 22:17h, 30 julho Responder

    É muito bom quando a empresa dá essa oportunidade para os colaboradores, já tive a oportunidade de participar de algumas como palestrante. As pessoas aprendem sobre dirigir naquele processo para a obtenção da habilitação, e depois, nunca mais se debruçam sobre o assunto. Muitos não se interessam, outros por falta de oportunidades. Nossas leis de trânsito passam por mudanças constantemente e o assunto, é as vezes, traumático ou chato para muitos. Quando se começa a falar de um tema que tem relação com o cotidiano das pessoas, que é a direção, todos se envolvem e são encontros muito gratificantes e de muita aprendizagem inclusive, para que está a frente. Normalmente os resultados para a empresa são surpreendentes, o colaborador se sente abraçado. Com certeza o Observatório tem muito a fazer.

  • Arison Benevenuto Sales de Oliveira
    Posted at 00:25h, 31 julho Responder

    Esse tipo de atitude faz toda a diferença. Mostrarmos a real situação torna mais consistente a tomada de decisão inibindo assim ações consideradas inseguras no sistema de trânsito. Além de obter novos conhecimentos através da busca de melhoria contínua, os profissionais envolvidos no trânsito devem transmitir os conhecimentos adquiridos e disseminar uma cultura mais consciente nessa temática.

  • Maria de Fátima Siqueira Dantas
    Posted at 16:07h, 31 julho Responder

    Parabenizo o Observador Certificado Paulo Botelho por tamanha iniciativa em palestrar sobre segurança no trânsito.
    As empresas foram profícuas em investir em treinamento para os seus colaboradores, pois, só através do conhecimento todos só tem a ganhar e se destacar como profissional qualificado no mercado de trabalho.

  • Sonia Cristina Gonçalves
    Posted at 01:42h, 04 agosto Responder

    Maravilhoso trabalho desenvolvido pelo Observatório Nacional de Segurança Viária através de seus Observadores Certificados! É um trabalho de formiguinha que deve ser dedicado e incansável a fim de difundir a conscientização para um trânsito seguro entre os colaboradores de empresas de transporte viário. Que outras empresas possam seguir esse exemplo!

  • LUCIELE SANTOS VACCHI PASSOS
    Posted at 15:39h, 04 agosto Responder

    Excelente explanação, pois o trânsito só mudará de verdade quando a sociedade se conscientizar do seu papel no meio a qual está inserida e entender que é parte integrante do sistema como um todo, também quando tivermos políticas públicas educacionais efetivas direcionadas para o ambiente trânsito.
    Não deixando de falar da conscientização da direção segura e o respeito por todos os atores que participam deste enorme teatro que é a vida no trânsito.

  • Daniele Aparecida da Silva Cruz
    Posted at 15:18h, 05 agosto Responder

    Muito importante a ação, quanto mais informações e insistência no tema, vamos conseguir conscientizar as pessoas. A segurança no trânsito deveria ser inserida em todos os treinamentos de todos segmentos de empresas privadas e órgãos públicos.

  • Adenilton Alves Bezerra
    Posted at 22:22h, 06 agosto Responder

    È isso mesmo nobre colega Paulo Botelho, o conhecimento não ocupa espaço, parabéns ao seu comprometimento com as ações do ONSV.

  • Lúcia Helena Cassiano Michelon
    Posted at 08:09h, 07 agosto Responder

    Parabéns Paulo. Os empresários de todos os setores podem e devem promover momentos de capacitação e reflexão com suas equipes. Certamente todos ganham!

  • EDIRA POLIDO DO
    Posted at 15:36h, 07 agosto Responder

    Interessante o depoimento do Observador Certificado Paulo Botelho, a respeito de que a educação para o trânsito deve ser continuada até que se torne um hábito.

  • Manoel Soares Pinheiro Junior
    Posted at 22:12h, 07 agosto Responder

    PERFEITO, ESSAS AÇÕES DEVEM SEMPRE ESTAR EM NOSSAS LINHAS DE TRABALHO, EU SEMPRE FAÇO EM MEU ESTADO ESSAS PALESTRAS, AS EMPRESAS, SEMPRE ENVIAM OFICIOS PARA MINISTRAR PALESTRAS PRINCIPALMENTE PARA FALAR DO COMPORTAMENTO SEGURO NO TRÂNSITO, E SEMPRE PROCURO SABER QUAIS SÃO OS MAIORES PROBLEMAS QUE ELAS ENFRENTAM, ASSIM POSSO LEVAR PALESTRAS DIFERENCIADAS,
    O ONSV ESTÁ DE PARABÉNS POR SE COMPROMETER COM TODOS OS SEGMENTOS QUE VIVENCIAM O TRÂNSITO

  • Élida de Souza Cândido
    Posted at 18:17h, 09 agosto Responder

    A empresa que preza pelo treinamento e capacitação de seus colaboradores deve ser parabenizada, principalmente quando está voltado para a segurança no transito, uma vez que o ir e vir do colaborador também é responsabilidade da empresa. Quando se trata de um setor de turismo e transporte, a segurança deve ser priorizada sempre, visando o bem estar de cada um. A palestra ministrada pelo ONSV contribui para que os funcionários façam boas escolhas.

  • João Alexandre Mendes
    Posted at 19:11h, 09 agosto Responder

    Excelente iniciativa do colega Paulo. Esperamos que as demais empresas adotem um calendário de ações, possibilitando a qualificação de seus colaboradores e gestores, assim como, uma mudança de postura em busca da conscientização no trânsito. Novamente, parabéns ao Observatório e aos Observadores.

  • EMILSON JOSÉ DE SOUSA
    Posted at 21:55h, 10 agosto Responder

    As ações de treinamentos deveria se tornar um praxe nas empresas que tem como mão de obra motoristas,campanhas deveriam ser feitas buscando incentivar os empresários a esta iniciativa, e ao motorista a consciência que o treinamento o ajudaria cada vez mais a se aperfeiçoar na profissão e no seu dia a dia como condutor de se veiculo de particular. A palestra do observador paulo botelho é muito feliz quando faz a abordagem do tema.

  • Sandro Alves Xavier
    Posted at 14:27h, 12 agosto Responder

    Considero importe o interesse e a preocupação de empresas que tem suas atividades ligadas a trânsito é transporte capacitar é conscientizar seus colaboradores acerca do comportamento adequado no trânsito é o ONSV é uma instituição gabaritado para indicar seus observadores certificados para levar o conhecimento sobre dados estatísticos e conscientização para prática do trânsito Seguro.

  • JOSIRLEY DA SILVA
    Posted at 19:26h, 12 agosto Responder

    Louvável a iniciativa da empresa em incluir palestras sobre o cenário do transito nacional bem como uma dirigibilidade segura, Seria importante que a grande maioria das empresas deste segmento disponibilizasse aos seus colaboradores palestras de forma constante .

  • Juliana Guimaraes
    Posted at 19:25h, 13 agosto Responder

    Parabéns pela iniciativa de estar sempre ampliando a divulgação de um transito consciente e seguro.

  • Albervan Barreto
    Posted at 12:46h, 14 agosto Responder

    Segurança no trânsito é um processo de ensino aprendizagem permanente, parabéns ao colega pelo trabalho desenvolvido. Nossos votos é de que mais empresas promovam tal debate e troca de experiencias na busca por mais segurança no trânsito.

  • EDERSON DE OLIVEIRA LIMA
    Posted at 10:16h, 15 agosto Responder

    Bom dia, tá ai uma ideia! Poderia se criar uma lei, onde cada empresa que possua motoristas em seu quadro funcional, independente do seguimento, seja responsável pelo treinamento, capacitação e fiscalização de seus condutores. Por exemplo, uma empresa de motoboys iria manter seus motociclistas alinhados com a legislação, e por sua vez os funcionários iriam passar a trafegar corretamente porque sua boa conduta estaria ligado diretamente à garantia do seu emprego. Não sei se é um exagero, mas seria uma maneira de dividir responsabilidades.

  • Anderson Boás Viana
    Posted at 18:55h, 15 agosto Responder

    Nós como observadores, temos também essa missão, firmar parcerias de ações educativas junto às empresas locais. Parabenizo o ONSV e o observador certificado Paulo Botelho pela Palestra do artigo, sobre décadas de ações e segurança no trânsito; dados estatísticos da atual situação do Brasil e a importância do comportamento seguro na direção. Normalmente nessas palestras nas empresas é possível fazer reflexões práticas sobre o papel social da empresa e as práticas dos funcionários, a importância do cumprimento às leis de trânsito e as atitudes simples que todo condutor precisa ter, principalmente, os profissionais que trabalham no trânsito. Atitudes erradas podem gerar grandes transtornos e até tragédias, por isso, todo cidadão precisa ser alertado. São ações de caráter educativo e preventivo, devendo ser permanente e contínuo por todo o ano.

  • ANDRÉ SILVA RESENDE
    Posted at 05:42h, 16 agosto Responder

    ALGUMAS EMPRESAS PRIVADAS SE PREOCUPAM COM O TREINAMENTO DE SEUS FUNCIONÁRIOS NO TOCANTE AO TRÂNSITO , E COBRAM ADMINISTRATIVAMENTE DELES CASO O TREINAMENTO NÃO ESTEJA REFLETINDO NO DIA A DIA, COISA QUE NÃO OBSERVAMOS NOS ÓRGÃOS PÚBLICO QUE ALGUNS TEM LEIS QUE PUNEM EM TESE COM ATE 50% DOS VENCIMENTOS DO FUNCIONÁRIO QUE LEVAR MULTA DE TRÂNSITO, MAS ISSO FICA SÓ NO PAPEL DIFERENTE DE UMA EMPRESA PRIVADA QUE PREZE,

  • LILIAN
    Posted at 17:43h, 16 agosto Responder

    Excelente oportunidade para incentivar mudanças de comportamento no trânsito visando mais segurança. É importante a prevenção e conscientização dos motoristas.

  • Cynthia Ferreira
    Posted at 23:40h, 16 agosto Responder

    Parabéns ao Observatório e toda a equipe de observadores certificados que sempre estão um passo a frente em prol da vida e gestão de treinamento completa, fornecendo informação precisa para melhorar a qualidade do trânsito através da educação e conscientização. Um grande papel social desenvolvido pelo Observatório que presta serviço de excelência à todos os setores da sociedade, empresas e entidades parceiras.

  • Amanda Conceição
    Posted at 09:49h, 17 agosto Responder

    Parabéns ao Observatório e toda a equipe de observadores certificados.

  • Thiago Soares Manco Duenhas
    Posted at 17:43h, 17 agosto Responder

    Atitudes como a destacada pela empresa Gidion Transportes, que promovem de cursos de reciclagem para seus colaborares merecem um importante destaque perante a sociedade, pois visam a redução de acidentes em veículos de transporte coletivo. Contribuindo para a redução de acidentes e valorizando um trânsito mais seguro.

  • Vera Lúcia Costa Ferreira
    Posted at 20:34h, 17 agosto Responder

    A FORMAÇÃO DOS CONDUTORES PROFISSIONAIS É FUNDAMENTAL PARA REFORÇAR AS ATITUDES DE PREVENÇÃO E REDUÇÃO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO. TREINAMENTO É IMPORTANTE PARA DESENVOLVER OS PROFISSIONAIS.

  • VERONICA LEMOS
    Posted at 21:53h, 17 agosto Responder

    Ótima atuação do Observatório, por meio dos seus observadores certificados, oportunizando o aperfeiçoamento e crescimento aos colaboradores das empresas.

  • CINTHIA GABRIELLE TOLENTINO DE ALMEIDA
    Posted at 21:56h, 17 agosto Responder

    Excelente iniciativa da empresa e da ONSV em possibilitar que o conhecimento acerca das questões relacionadas à segurança viária sejam transmitidas a seus funcionários que se tornam agentes multiplicadores de conhecimento. Por mais empresas que tenham essa responsabilidade com a causa e por consequência com o próximo.

  • Lucas Cunha Daniel
    Posted at 22:04h, 17 agosto Responder

    Um passo importante para nos entendermos melhor no trânsito são palestras como essa. Os motoristas de transportadoras tem um conhecimento gigantesco das nossas rodovias por viverem disso. Conversar com eles é de total importância.
    Que ótimo que esse tipo de empresa abraça a causa e os mantém sempre em atualização e gerando palestras sobre o trânsito.
    São ações assim que evoluem para melhor nossos transportes e ajudam na capacitação de motoristas mais conhecedores sobre o trânsito.

  • Cintia Garcia
    Posted at 22:46h, 17 agosto Responder

    Parabéns ao Observador e ao Observatório que se comprete sempre com a causa e se wnvolve com empresas que também estao enganjadas em preservar vidas e discutir sempre que necessário a mudança para preservar vidas.

  • Carlita Moraes Bastos
    Posted at 10:52h, 19 agosto Responder

    Penso que a empresa brasileira, é solo fértil para a educação no trânsito, prevenção de acidentes e mudança comportamental do cidadão. Sabemos que a conscientização sobre a prevenção de acidente de trabalho, realizada em muitas empresas brasileiras, é bastante significativo e serve inclusive para a vida familiar dessas pessoas. Vejo esta ação, como multiplicadora e de grande importância na prevenção de acidentes viários.

  • Danilo Costa
    Posted at 13:41h, 19 agosto Responder

    O processo de difusão do conhecimento com imersão acredito ser excelente. Dessa forma se consegue entreter as pessoas no processo de aprendizado com melhor fixação dos temas propostos. Por outro lado as empresas possuem, pela Constituição Federal, a necessidade de fazer o seu papel social perante a sociedade, e essa atitude adotada por algumas empresas corroboram com isso. Responsabilidade Social.

  • José Eduardo Cardoso de Faria Monteiro
    Posted at 15:17h, 19 agosto Responder

    O treinamento constante é uma arma poderosa contra o comportamento errado no trânsito. Mostrar que podemos ser melhores nas nossas atitudes no trânsito, despertando sempre o espírito de segurança de cada um é fundamental.

  • Thiane Macêdo
    Posted at 15:43h, 19 agosto Responder

    Que outras empresas estejam engajadas também no cuidado com o trânsito. O Observatório junto com seus Observadores prestante sempre atenção e serviços a sociedade em geral em busca de um trânsito seguro.

  • ALEXANDRE GONÇALVES DE MATOS
    Posted at 02:44h, 20 agosto Responder

    O conhecimento é o caminho para a segurança na área do trânsito, transmitir e compartilhar esse conhecimento é uma das ferramentas mais poderosas na preservação de vidas, parabéns ao Observatório pela sua contribuição.

Post A Comment