OBSERVATÓRIO | Observatório participa de “Encontro” com Fátima Bernardes, nesta quarta, dia 17
2728
post-template-default,single,single-post,postid-2728,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Observatório participa de “Encontro” com Fátima Bernardes, nesta quarta, dia 17

Observatório participa de “Encontro” com Fátima Bernardes, nesta quarta, dia 17

Diretor da entidade vai falar sobre a mortalidade no trânsito de jovens e repercutir dados da OPAS

O diretor-técnico do ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária), Paulo Guimarães, participará nesta quarta, dia 17 de junho, do Programa “Encontro”, com Fátima Bernardes, na Rede Globo. O programa vai ao ar, às 10h50.

Guimarães foi convidado para repercutir com a apresentadora os dados da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) que alertam para o crescimento do número de vítimas do trânsito, sobretudo jovens. Entre os jovens, a violência no trânsito já é a segunda causa de morte, ficando atrás apenas de homicídios, de acordo com a OPAS. No Brasil, a faixa etária de 18 a 24 anos representou 17% do total das vítimas fatais em 2013, que chegou a 42.291 pessoas.

O cenário é tão preocupante que países do Mercosul assinaram na quinta-feira (11/06) acordo para conter e reduzir as mortes por acidentes de trânsito, especialmente entre os jovens.

De acordo com dados da OPAS,  Brasil apresenta taxa de 22,5 mortes por 100 mil habitantes, sendo o segundo mais violento no ranking da Organização nas Américas. O primeiro lugar fica com a Venezuela, que tem uma taxa de mortalidade de 37,2. Em terceiro vem o Uruguai, com 21,5, seguindo do Paraguai, com 21,4 mortes.

Guimarães destaca que “o jovem precisa perceber os riscos que o trânsito traz para todos. Usar o cinto, não falar ao celular, respeitar a sinalização,  precisam ser incorporadas aos hábitos como atos para o bem de toda sociedade.”

Sem comentários

Escreva um comentário