OBSERVATÓRIO | Observatório participa do 3º Seminário Frotas e Fretes Verdes
1451
post-template-default,single,single-post,postid-1451,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Observatório participa do 3º Seminário Frotas e Fretes Verdes

Observatório participa do 3º Seminário Frotas e Fretes Verdes


Observatório participa do 3º Seminário Frotas e Fretes Verdes

O Observatório Nacional de Segurança Viária paletra hoje (27/11/2014) no III Seminário Frotas e Fretes Verdes. O Subsecretário de Transportes do Estado Rio de Janeiro, Delmo Pinho abriu o evento nessa manhã, no Rio de Janeiro.

Em consonância com a Política Nacional de Mudanças Climáticas – PNMC (Lei 12.187 de 29/12/2009), que incentiva a economia de baixo carbono, e com a Política Energética Nacional (Lei 12.490, de 16/09/de 2011), o objetivo do Seminário Frotas & Fretes Verdes 2014 é propor um transporte cada vez mais sustentável.

O diretor presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária estará palestrando no dia 27, no painel “Tendências da sustentabilidade nas frotas”, juntamente com Sergio Moreira, diretor Institucional e Sustentabilidade do Ecofrotas, Lauro Marins, gerente de Supply Chain do Carbon Disclosure Project, Rejane Arinos Vasco, diretora de Projetos e Inovação da Patrus e Cileneu Nunes, presidente da Zatix. A mediação dessa mesa debatedora estará a cargo de José Lima de Andrade Neto, presidente da Petrobras.

Após uma segunda edição em 2013, que contou com a participação de lideranças nacionais e internacionais do setor, o evento parte para a sua terceira edição em 2014, afirmando-se como um ambiente muito importante para a discussão de inovações tecnológicas, necessidade de reformas estruturais e desenvolvimento de novas políticas públicas e empresariais para o setor de transportes nacional.

O F&FV 2014 irá estudar ações focadas na redução do consumo e das carências do transporte rodoviário brasileiro, discutindo, dentre outros temas: o uso adequado de modais; a coordenação de transportes, para propiciar a obtenção de fretes de retorno; a melhoria da aerodinâmica dos veículos; o incentivo ao uso de pneus com menor resistência de rolamento; o emprego de novos materiais que reduzem o peso dos veículos; o monitoramento do desempenho dos veículos e o treinamento de motoristas.

O Observatório é apoiador institucional desse evento.

Saiba mais aqui.

Sem comentários

Escreva um comentário