OBSERVATÓRIO | ONSV alerta sobre como proceder em casos de fumaça na pista
6813
post-template-default,single,single-post,postid-6813,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

ONSV alerta sobre como proceder em casos de fumaça na pista

ONSV alerta sobre como proceder em casos de fumaça na pista

Queimadas no estado de São Paulo cresceram 141% nos primeiros sete meses deste ano e fumaça representa risco à segurança de motoristas nas vias e rodovias

O inverno com pouca chuva registrado neste ano tem favorecido o aumento das queimadas no estado de São Paulo que, segundo dados do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), cresceram 141% nos primeiros sete meses de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015. O estado registrou no total, 1.702 queimadas. E o volume de chuvas em julho registrou média de apenas 10 milímetros, frente aos 35 milímetros de média histórica.

Se representam risco para agricultores, moradores das imediações onde ocorrem e agravam o efeito estufa, as queimadas são altamente perigosas para quem trafega pelas vias e rodovias. Um dos riscos que trazem é a fumaça, que pode, muitas vezes, comprometer a visibilidade na pista, principalmente, se ocorrer durante a noite.

Para orientar os condutores de veículos que enfrentam esta situação, o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) ressalta alguns comportamentos indispensáveis ao motorista consciente para que não corra riscos, nem os ofereça aos que com ele dividem as vias.

. Se visualizar situação de fumaça, contate a concessionária da rodovia ou o Corpo de Bombeiros (193). Procure informá-los onde existe a fumaça ou qual local mais próximo. Se for utilizar o telefone celular para a comunicação, lembre-se:  pare o carro em local seguro quando for fazer a ligação; jamais use o celular enquanto dirige, já que isso pode aumentar em até 400% as chances de acidente.

. A fumaça reduz a visibilidade; portanto, redobre a atenção visual e mental. Reduza a velocidade devagar e acione o farol baixo e, se houver em seu veículo, a luz de neblina.

. Mantenha  distância de segurança em relação ao veículo que trafega à sua frente e nunca ligue o pisca-alerta com o carro em movimento.

. Se constatar a impossibilidade de prosseguir em seu trajeto com segurança por conta da fumaça, encontre lugar seguro para parar e só continue sua rota quando as condições na pista estiverem melhores.

. Lembre-se: nunca pare na pista de rolamento e utilize o acostamento apenas em casos de emergência. Evite parar em cursas ou em áreas de difícil visualização.

1Comentário

Escreva um comentário