OBSERVATÓRIO | Prepare seu veículo para as exigências do Outono
8824
post-template-default,single,single-post,postid-8824,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Prepare seu veículo para as exigências do Outono

Prepare seu veículo para as exigências do Outono

Em alguns pontos a nova estação já favorece o surgimento de neblina; pratique a direção defensiva e deixe seu veículo em ordem

Às 7h29 deste dia 20 de março, o Outono chega ao Brasil. Com isso, as temperaturas se tornam amenas, o tempo fica mais seco e o frio vai se aproximando. As chuvas torrenciais deixam de cair, eliminando assim as temidas enchentes e alagamentos que causam prejuízos e riscos aos motoristas e aos veículos.

Apesar disso, em alguns pontos das cidades, em especial em serras e áreas precipitadas, a ocorrência de neblina já se torna mais comum. Sob as novas condições climáticas, condutores conscientes devem colocar em prática a direção defensiva; preparar seu veículo para a nova estação do ano, já que ela também traz exigências peculiares.

Os cuidados, alerta o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, devem se iniciar com a verificação do sistema de freios, um dos dispositivos fundamentais para a segurança. Esteja atento porque o desgaste com o passar do tempo pode trazer danos. Quando desgastado, o freio alerta emitindo um barulho quando é pressionado, avisando que o momento é de troca das pastilhas.

Durante os meses de Verão, com as chuvas intensas, os limpadores de para-brisa foram bastante exigidos. E com o tempo mais seco do Outono, as lâminas do limpador podem ressecar.  As duas condições podem prejudicar o condutor do veículo em momentos de neblina ou mesmo das chuvas. Portanto, é aconselhável substituir as lâminas para não ter de enfrentar problemas de visibilidade nas vias.

O tempo de vida da sua bateria pode ser reduzido pelo calor do Verão. Sendo assim, é aconselhável trocá-la no Outono para evitar falhas.

 

Sem comentários

Escreva um comentário