Loader
Valorização da Lei Seca e sua importância na redução de acidentes
23821
post-template-default,single,single-post,postid-23821,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

Valorização da Lei Seca e sua importância na redução de acidentes

Valorização da Lei Seca e sua importância na redução de acidentes

Vamos imaginar a cena: você sai de uma festa tarde da noite dirigindo seu carro depois de passar horas muito felizes na companhia de amigos ou familiares e logo à frente vê de longe uma blitz. A operação está exatamente no seu caminho e você não terá como chegar ao destino, sem passar por ela. Porém você sabe que, nas últimas horas, o que mais fez foi ingerir bebidas alcoólicas.

Num primeiro momento, o que lhe vem à cabeça é a multa, mas você já parou para pensar que as consequências do ato de beber e dirigir podem ser muito maiores do que uma quantia em dinheiro?

Para preservar a segurança de todos que transitam pelas cidades e evitar mortes em decorrência de acidentes, em 2012 foi aprovada a Lei Seca. Graças a ela, o comportamento de milhares de motoristas e motociclistas no Brasil vem mudando e a cena descrita acima é cada vez mais rara. Hoje, com a tolerância zero para o consumo de álcool para quem conduz um veículo, é cada vez menor o número de condutores bêbados flagrados. Em locais onde a fiscalização é escassa, isso ainda é comum de acontecer.

Ao longo desses últimos anos é impossível calcular a contribuição da Lei Seca para a segurança viária no Brasil. Também não conseguimos dizer quantas vidas foram salvas devido à realização das blitzes pelas ruas e estradas. O que sabemos é que muitos condutores mudaram seus hábitos de beber, conscientes dos riscos e certamente você conhece uma pessoa ou mais que hoje não dirige se bebeu álcool.

Todo condutor, depois da obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), tem consciência de que, não é seguro dirigir ou pilotar – aliás, nem caminhar ou pedalar -, caso tenha ingerido álcool. Portanto, quando há um flagrante de desrespeito à lei é necessária a punição, pois, as consequências desse ato são gravíssimas e, muitas das vezes, irreversíveis.

Muitos amigos ou familiares repetiram a cena do início do texto no último final de ano, durante as festas de confraternizações ou mesmo no Natal ou réveillon. E nesse mês, tem carnaval e essa situação poderá se repetir para muitos condutores. O que fazer então?

O Programa Laço Amarelo lembra nesse mês, da importância da Lei Seca pois, enquanto um motorista insistir em beber e dirigir, ninguém está protegido.

E, durante a festa de carnaval, escolha se divertir em segurança. Se for beber, deixe o carro em casa. No trânsito, o sentido é a vida!

Imagem de Steve Buissinne por Pixabay 

No Comments

Post A Comment