Loader
COM QUE ROUPA EU VOU
25042
post-template-default,single,single-post,postid-25042,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

COM QUE ROUPA EU VOU

COM QUE ROUPA EU VOU

Intimamente todos, sem qualquer exceção, se questionam, sobre a roupa adequada a ser utilizada na condução de uma motocicleta. Neste artigo falarei sobre a roupa adequada para quem pilota uma moto e também quais são os equipamentos destinados a proteção a fim de diminuir os riscos.

Dentre os equipamentos de segurança do motociclista temos os capacetes, jaquetas e calças com protetores, botas como solado antiderrapante, luvas, além de capas de chuva. O capacete é o equipamento de maior importância e deve obedecer às regulamentações legais, ter fixação adequada (engates, cintas e botões) e sem folgas, isto porque em eventual acidente a obediência a estas regras pode salvar a sua vida.

As viseiras são de grande importância na segurança do motociclista, portanto devem ser resistentes e transparentes para proporcionar mais visibilidade e proteção contra agentes externos, e tem por finalidade proteger os olhos e a face, assim como os óculos, que devem permitir utilização simultânea com lentes de grau e ser apropriados para condução de motocicletas. Durante a condução da motocicleta, um corpo estranho (areia, pedra, vidro etc.) pode ser lançado em direção ao motociclista que, em reação automática ao incomodo, poderá retirar mão do guidão, ou mesmo perder atenção e equilíbrio, na tentativa de se livrar daquele corpo estranho.

As vestimentas adequadas são aquelas elaboradas para a maior segurança do motociclista e a garupa, confeccionadas com tecidos resistentes, cores vivas e faixas reflexivas, preferencialmente nas costas e braços, proteção reforçada nos cotovelos, ombros, costelas, coluna e tórax, joelhos e, muitos deles contem isolamento térmico para maior conforto nos dias frios.

Nesse sentido a utilização de bermudas deixa o piloto vulnerável a queimaduras durante a pilotagem (aquecimento do motor da moto) e também a lesões por pedras e objetos; regatas, camisetas ou roupas muito finas também causam o mesmo efeito, tornando o motociclista desatento ou submetido aos efeitos da surpresa que podem causar, em milésimos de segundos, um acidente de grandes proporções, até mesmo em razão da insuficiência de proteção.

O colete de segurança é de uso obrigatório para transporte de cargas em motocicletas e motonetas e deve contribuir para a sinalização do usuário tanto de dia como noite por meio de elementos retro reflexivos e fluorescentes combinados.

Luvas de proteção são importantes para proporcionar conforto térmico e proteção e são indispensáveis aos motociclistas que adotam a pilotagem segura. Além de proteger a mão no caso de acidentes (sabemos que a mão é a primeira a tocar o solo em uma queda), evita o ressecamento da pele pelo vento e queimaduras provocadas pelo sol.

O motociclista deve utilizar calçados que protejam os pés e que tenham sola de borracha ou material similar de modo a impedir que o motociclista perca o controle da moto, mesmo em pisos escorregadios. Chinelos e calçados com cadarço devem ter alguns cuidados porque podem escorregar, soltar tiras ou enroscar no pedal do câmbio, comprometendo a segurança do motociclista.

O tempo muda e não manda recado, por isso, as capas de chuvas são necessárias para evitar molhar as roupas. Roupa molhada e vento podem diminuir a temperatura do corpo e causar sérios danos à saúde.

Alguns acessórios devem ser evitados ou pelo menos, merecem cuidado especial, tais como cachecol, lenços, cordões com chaves ou crachás, que esteja preso ao pescoço uma vez que em eventual acidente pode provocar o enforcamento do motociclista. Assim como bolsas a tira colo, mochilas, e outros objetos, não devem ser pendurados sob o corpo para não provocar desequilíbrio, distração e perda do controle da motocicleta.

Por este motivo, para responder à pergunta “Com que roupa eu vou” levamos a vocês esta reflexão que, escolher a roupa mais segura e adequada pode não ser a opção mais bonita, elegante ou mesmo, a que esteja na moda, mas certamente é aquela que tornará sua viagem mais segura e prazerosa.

Lylian Tsai,

Núcleo de Motociclismo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária

 

20 Comments
  • Grasielle Paes Silva Bugalho
    Posted at 19:40h, 08 julho Responder

    Excelente matéria. Alertar os amigos motociclistas sempre é fundamental. Fui vítima de um acidente de moto onde infelizmente estava sem as luvas de proteção e perdi a falange distal de um dedo da mão, lesão que poderia ter sido evitada com estes cuidados.
    Parabéns pelo alerta e vamos divulgar ?✌
    Live Your Legend

  • Vânia Ramos
    Posted at 19:50h, 08 julho Responder

    Muito boa a matéria, excelentes dicas.

  • Lucas Strinta
    Posted at 19:56h, 08 julho Responder

    Excelente matéria! Ainda vejo muito motociclista pelas ruas da cidade sem as vestimentas adequadas pra pilotagem. Alguns usam bermuda e chinelo, sem qualquer preocupação com a própria segurança. É preciso mais conscientização!

  • Myrna Angélica Guarento Favarato
    Posted at 20:47h, 08 julho Responder

    Matéria excelente. Sofri um acidente em 2015, graças ao uso das luvas de proteção sofri fraturas porém mantive a função dos dois dedos afetados. Segurança sempre!!

  • Carlos Alberto Naccer
    Posted at 20:52h, 08 julho Responder

    Parabéns pelo artigo! Obrigado pelas dicas! Eu já andava equipado, mas agora vou adotar outras ideias sugeridas.

  • Eliana Braga
    Posted at 21:02h, 08 julho Responder

    Ótimo artigo se seguirmos todas descrição seremos vitoriosos por contemplar a vida com muitos passeios, viagens com nossas motos
    Eliana Braga

  • Andrea Tavares
    Posted at 21:03h, 08 julho Responder

    Orientações super importantes!!! A segurança sempre deve prevalecer!!!

  • ANTONIO CARLOS CARDONIA
    Posted at 21:03h, 08 julho Responder

    Boa noite!
    Parabéns pela matéria, muito elucidativa.
    Obrigado , preciso melhorar a minha segurança com algumas coisas que foram ditas aqui.

  • Andréa F Parrillo
    Posted at 21:03h, 08 julho Responder

    Muito bom.. Necessário conscientizar a todos o quão importante é usar equipamentos de segurança. Não há flexibilidade se quisermos proteção enquanto estivermos pilotando. Acidentes acontecem e os danos serão menores se prestarmos atenção e seguirmos todos os pontos da matéria.

  • Jose Carlos Fernandes dos Santos
    Posted at 21:07h, 08 julho Responder

    Parabéns tudo haver o que foi dito !!
    E a história que vou só até a padaria não preciso desses equipamentos é mentira a qualquer momento vc pode precisar !!

  • Carlos Alberto Naccer
    Posted at 21:13h, 08 julho Responder

    Uma vez, eu estava com a esposa e levamos uma queda…. As luvas de couro reforçadas garantiram minha integridade, pois é sempre as mãos que usamos primeiro! Minha esposa, além de estar com luvas similares às minhas, calçava, por cima delas, protetores de pulsos, rígidos.. Daqueles usados pelos isqueitistas. Foi perfeita a proteção, pois ela caiu, com todo o peso, sobre as mãos. Felizmente, nada sofreu!

  • Hélio Rubens Nobre
    Posted at 21:17h, 08 julho Responder

    Matéria pertinente, muito bem abordada e se aplica a qualquer motociclista. Chamo a atenção p/ o momento atual onde, as demandas por entregas aumentaram, trazendo maior oportunidades p/ os Profissionais desta área, mas aumentando substancialmente os riscos, função da “correria” p/ cumprir a tarefa e buscar a nova entrega! A proteção adequada e a direção defensiva, garantem a volta p/ casa em segurança!

  • Marilene de Fátima Hagler
    Posted at 21:23h, 08 julho Responder

    Artigo muito bem escrito e sem dúvida, o capacete é o equipamento de maior importância,como foi mencionado.
    Estava na garupa da ultra do meu marido,passamos numa depressão e mesmo em baixa velocidade,fui arremeçada ele continuou seguindo. Não perdeu controle da moto e nao imaginava o que se passava atrás,voltei batendo a perna,peito e por fim o capacete na cabeça dele,costas, até cair no banco.Além do susto e dores musculares não tive nenhum problema e claro meu capacete era todo fechado. Muito Obrigada pelas orientações de vital importância.

  • Silvana Perroni Alba
    Posted at 21:24h, 08 julho Responder

    É isso aí ?? Aprovado !
    Tenho roupa certa para andar de moto, me cuido pq já tomei uns tombos ?
    Não devemos vacilar
    A única coisa que eu peco é a luva, não abro mão da de dedinho de fora, acho as melhores para mim ? tem proteção em tudo menos nos dedos ? mas com chuva uso a luva normal, mais não gosto

  • Luiz Strinta
    Posted at 22:34h, 08 julho Responder

    Excelente matéria! Os assuntos abordados são de grande valia para uma pilotagem mais segura. Meus parabéns à Lylian e ao Observatório pelo trabalho realizado. Muito importante para todos!

  • Giulia Canova Bortolucci
    Posted at 23:01h, 08 julho Responder

    Tema muito importante, e a abordagem, excelente! Meus parabéns!!

  • Valléria Mello
    Posted at 23:11h, 08 julho Responder

    Excelente matéria!! A informação e a melhor maneira de se previnir acidentes!

  • Sandra Beccaro
    Posted at 23:26h, 08 julho Responder

    Que bacana !!! Parabéns pela matéria ?? muitas vezes nos sentimos seguras e Confiantes pela experientes na pilotagem, mas isto não basta! Precisamos ser concientes da obrigatoriedade dos itens de segurança, sempre!

  • Vanessa Fadel
    Posted at 17:03h, 11 julho Responder

    Perfeito!
    Muitas vezes nos sentimos tentadas em usar roupas não adequadas! Usar, é um erro!!! Sempre devemos estar atentas para evitar acidentes!!! Mas nunca sabemos quando e como ele pode acometer. Por isso que estar devidamente vestida e equipada é o que pode salvar a vida ou evitar maiores problemas!
    Parabéns pela matéria!

  • Glaucia Oliveira
    Posted at 12:45h, 13 julho Responder

    Excelente matéria! Segurança acima de tudo!

Post A Comment