Entrevista

USO DE CELULAR AO VOLANTE É UMA DAS PRINCIPAIS CAUSAS DE INFRAÇÕES NO PARANÁ

Estudo realizado entre UFPR e OBSERVATÓRIO destaca mais de oito usos por hora entre os condutores paranaenses

Escrito por Portal ONSV

29 SET 2023 - 14H43

O programa Paraná em Pauta, da TV Paraná Turismo, afiliada à TV Brasil, da última segunda-feira (25), destacou em reportagem que o uso do celular ao volante é uma das principais infrações entre os condutores paranaenses. O professor do Departamento de Transportes da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e membro do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, reforçou esse comportamento recorrente entre os condutores com base em um estudo realizado entre as entidades.

Uma pesquisa da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego mostra que a combinação entre celular e direção é a terceira maior causa de mortes no trânsito no país, com 150 vítimas todos os dias.

O uso do celular ao volante no estado do Paraná está entre as 10 infrações mais comuns, de acordo com o Detran-PR (Departamento Estadual de Trânsito do Paraná). Somente em 2022, foram mais de 110 mil registros de ocorrências, cerca de 300 motoristas flagrados por dia utilizando o celular ao volante. Curitiba, Londrina e Paranaguá lideram o ranking da imprudência.

O estudo do Departamento de Transportes da UFPR em parceria com o OBSERVATÓRIO monitorou 32 condutores durante mais de 8 mil quilômetros em Curitiba e região metropolitana com o objetivo para verificar a frequência e os tipos de uso do celular ao volante.

“Nesse estudo nós identificamos que o uso do celular é de fato um comportamento recorrente na direção. Entre os condutores pesquisados, nós pudemos identificar mais de oito usos por hora, do telefone celular entre os nossos condutores. Nós identificamos que a grande parte dos condutores ou reduzem a velocidade para utilizar o celular, ou esperam uma situação de velocidade mais reduzida para utilizar. Tanto é que a frequência de uso, por exemplo, na região central de Curitiba, onde a gente tem mais semáforos, onde tem velocidade reduzida, ela é maior. Esses usos são mais concentrados na área central. Só que nós não verificamos essa redução de velocidade, por exemplo, para quando o condutor está enviando mensagens de voz ou ligando do celular. O que demonstra isso? Que os condutores não estão percebendo esse risco”, explicou Tiago Bastos.

Assista à matéria completa (a partir de 0:55): 

CBN Mobilidade repercute dados sobre sinistros de trânsito envolvendo o uso do celular ao volante

O programa CBN Mobilidade destacou no quinto episódio da série Caminho Seguro, que o uso do celular ao volante é o responsável pela 3ª maior causa de mortes no trânsito do Brasil. O professor do Departamento de Transportes da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e membro do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, foi ouvido pela produção do programa para explicar as possíveis consequências causadas por esse tipo de imprudência.

“Na rodovia, isso acaba sendo um grande fator de risco por conta da velocidade, então pode levar a uma perda de controle, não perceber algum veículo. Na área urbana, ainda que as velocidades sejam mais baixas, considerando usuários vulneráveis, uma colisão de um automóvel com um pedestre, ciclista ou motociclista a 50 km/h pode resultar em ferimentos graves ou mesmo na morte”, argumentou Tiago Bastos.

Ouça o episódio completo: https://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/420347/celular-ao-volante-e-3-maior-causa-de-mortes-no-tr.htm


Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Entrevista

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.