Live

Webinar: Modelo Preditivo de Óbitos no Trânsito Brasileiro

Estudo inédito busca prever óbitos no trânsito brasileiro

Escrito por Portal ONSV

26 ABR 2024 - 15H25

Foi realizado ontem (25), o webinar “Modelo Preditivo de Óbitos no Trânsito Brasileiro”, promovido pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, com o objetivo de apresentar e discutir o relatório técnico desenvolvido e publicado pela instituição. Considerando o atual cenário da mortalidade no país, esse relatório apresenta métodos com a finalidade de elaborar um modelo de aprendizado de máquina para estimar a quantidade de mortes no trânsito em âmbito nacional.

O evento contou com a participação de João Saraiva, graduando em engenharia ambiental pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp, estagiário de análise de dados e integrante do grupo de pesquisa cadastrado no CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) do OBSERVATÓRIO. Rodrigo Aguiar, gerente de Segurança Viária do Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco – DER/PE, professor do curso de Engenharia Civil da Universidade Tiradentes – Unit. Estudante de doutorado em Sistemas de Transportes na Universidade de Coimbra em Portugal. É Observador Certificado, integrante do Núcleo de infraestrutura e do grupo de pesquisa CNPQ do OBSERVATÓRIO. A mediação do evento foi de Pedro Borges, head de Mobilidade Segura da instituição.

Conforme João Saraiva destacou em sua fala inicial, o objetivo do relatório é modelar a abordagem e orientar dados da relação da segurança viária para o reconhecimento de padrões e previsão de óbitos no trânsito brasileiro. Segundo ele informou, diversos países possuem essa demanda de modelos estatísticos complexos para analisar os óbitos no trânsito de maneira sequencial e temporal.

Sobre os resultados, Saraiva pontuou pela análise exploratória de dados, que no período anterior à Primeira Década de Ações pela Segurança Viária, havia uma tendência de alta de óbitos no trânsito, então, com as ações realizadas durante a Primeira Década, constatou-se uma diminuição, até meados de 2019, quando houve novamente registros de alta de mortes no trânsito.

Durante a sua apresentação João Saraiva também fez uma comparação entre modelos de métricas de erro tendo como parâmetro o ano de 2023, por meio de uma tabela com os modelos de previsão.

“Aqui estão todas as previsões e os intervalos de confiança para 2023, e vemos aqui que o mais plausível pela sua proximidade aos sinistros, por exemplo, de 2022, seria o linear anual mesmo, que teve uma previsão de 34.631 sinistros de trânsito”, pontuou João Saraiva. Vale lembrar que em 2022, o Brasil registrou 33.894 óbitos no trânsito.

Durante sua fala, o gerente de Segurança Viária do DER de Pernambuco, Rodrigo Aguiar, parabenizou o relatório técnico pela importância na coleta de dados para as pesquisas realizadas e que serão realizadas no país. “Hoje, para você começar qualquer estudo estatístico e de machine learning, o principal é você fazer essa coleta de dados. É como dizem, hoje, os dados são o novo petróleo e o trabalho do João é muito importante.”

Rodrigo Aguiar lembrou que o Brasil não possui um modelo específico para predição de sinistros de trânsito como outros países possuem, mas que na literatura acadêmica existem muitos estudos relacionados a esse campo de pesquisa.

“Nós temos trabalhos de mestrado e de doutorado aqui no Brasil que já fizeram esses estudos, inclusive o meu, que é um estudo desses modelos. Tem estudos que foram feitos em Fortaleza, em São Paulo, em Santa Catarina. Nós temos estudos com modelos preditivos. Então assim, o manual de Segurança Viária de São Paulo, o atual modelo que temos aqui no Brasil, ele tem um capítulo que fala sobre esse Highway Safety Manual, em que ele mostra a abordagem e como se fazem os cálculos, mas acho que falta ainda, não sei se podemos dar esse start inicial com algum órgão para ter a possibilidade de implantar isso aqui.”

Assista ao webinar completo:


CCRSPVias_reforca_acoes_de_conscientizacao_durante_maio_amarelo
Matérias

CCR SPVias reforça ações de conscientização sobre trânsito seguro neste Maio Amarelo

Como parte da programação da CCR Rodovias neste Maio Amarelo – mês dedicado à conscientização sobre a importância da redução dos sinistros de trânsito, a CCR SPVias, responsável pela administração das principais rodovias do Sudoeste Paulista, realizará ao longo deste mês, diversas ações com o objetivo de sensibilizar os públicos que utilizam as rodovias, como motoristas, motociclistas, pedestres, caminhoneiros, sobre a importância da adoção do comportamento seguro.

Observador_certificado_apresenta_maio_amarelo_na_rede_minas_tv
Observadores Certificados

Observador Certificado apresenta o Maio Amarelo na Rede Minas TV

O programa Brasil das Gerais, da Rede Minas TV – rede de TV pública sediada em Belo Horizonte, Minas Gerais, apresentou aos seus telespectadores a campanha do Movimento Maio Amarelo, que desde 2014 busca conscientizar a população de mais de 30 países sobre as mortes no trânsito. O Observador Certificado Ronaro Ferreira representou o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária na edição da quinta-feira (09), falando sobre o tema e os principais fatores para o aumento dos sinistros de trânsito.

Grande_Sao_Paulo_registra_serie_de_sinistros_de_transito_com_vitimas
Matérias

Grande São Paulo registra série de sinistros de trânsito com vítimas fatais

A CBN São Paulo alertou na última segunda-feira (13), para a série de sinistros de trânsito com vítimas fatais registrados na Grande São Paulo, desde sexta-feira (10). Para explicar sobre como reduzir as mortes e conscientizar as pessoas, a reportagem consultou o head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Live

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.