Matérias

Em debate, a contribuição do Parlamento para ampliar a segurança no Trânsito

Escrito por Portal ONSV

17 NOV 2015 - 10H30

Evento, em andamento, servirá como preparatório da  2ª Conferência Global de Segurança Viária, nos dias 18 e 19 de novembro.

Acontece, neste momento, dentro do Fórum “O papel da sociedade civil na busca da Segurança no trânsito”, em Brasília, que reúne Organizações Não-Governamentais (ONGs) para levantar propostas da sociedade civil para ampliar a segurança viária, o debate com parlamentares.

Participam do painel “Como o Parlamento pode avançar na melhoria do trânsito brasileiro com o apoio das ONGs”, os deputados Arlindo Chinaglia, Christiane Yared e Hugo Leal, na mesa coordenada pelo diretor-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho.

A proposta deste painel é reunir contribuições dos deputados para a implementação efetiva das leis atuais de trânsito e também apontar novas propostas para ampliar a segurança, por meio de novos projetos de lei (PLs).

O Fórum, nesta terça, dia 17, acontece como uma reunião preparatória para a 2ª Conferência Global de Alto Nível em Segurança no Trânsito: Tempo de Resultados, que será realizada também em Brasília, nos dias 18 e 19 de novembro (quarta e quinta), reunindo delegações do mundo inteiro para avaliar os avanços da Década de Segurança Viária, proposta pela Organização das Nações Unidas (2011-2020), para que os países reduzissem em 50% a violência no trânsito em seus territórios.

O evento está sendo organizado pelo ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária), com apoio da ABROT (Aliança Brasileira de Organizações da Sociedade Civil pela Vida no Trânsito) e Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília.

A programação desse Fórum se estenderá por todo o dia, com mais cinco painéis sobre: Fiscalização, Infraestrutura, Segurança veicular, Saúde e Educação. A situação brasileira será o foco do evento.

Além destes painéis, os participantes poderão acompanhar a palestra “Eficiência e Sustentabilidade em ONGs”, com o dr. Danilo Tiisel, graduado em Direito pela USP (Universidade de São Paulo), com  MBA em Gestão da Sustentabilidade e cursos de Pós-graduação em Direito do Terceiro Setor e Gestão do Terceiro Setor, além de responsável pela área institucional do OBSERVATÓRIO.

Ele é também membro da Comissão de Direito do Terceiro Setor da OAB/SP e do Comitê de Terceiro Setor do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa – IBGC. Na OAB, foi autor da cartilha sobre Captação de Recursos e Incentivos Fiscais, desenvolvida pela Comissão de Direito do Terceiro Setor da OAB/SP.

[gallery size="medium" ids="4542,4541,4540,4539,4538,4537,4536,4535,4534,4533,4532,4531,4530,4529,4528,4526,4559,4560,4561"]

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.