Matérias

Frente Parlamentar e Observatório Nacional lançam pacto legislativo para a segurança no trânsito

Escrito por Portal ONSV

30 SET 2015 - 17H18

No intuito de promover ações diretamente em cada Estado do país, o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) a pedido do Deputado Hugo Leal (PROS/RJ) e da deputada Christiane Yared (PTN/PR), respectivamente presidente e vice-presidente da FPTS (Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro), lançou nesta 5ª (24.09), durante a Semana Nacional de Trânsito, o Pacto Legislativo junto aos deputados que compõe a FPTS.

A proposta é oferecer aos deputados informações e conhecimentos sobre segurança viária de forma personalizada, por Estado, em diversas áreas de trânsito e transportes como: estatísticas de acidentes (feridos e mortes), condições das rodovias, custos dos acidentes, estudos, pesquisas, assim como materiais de comunicação (artigos, releases, post, vídeos) para que os mesmos possam utiliza-las em suas análises legislativas, e também subsidiar ações em seus respectivos Estados. O evento aconteceu na sede da ANTT, em Brasília.

“Nossa intenção é tornar permanente a discussão sobre a segurança no trânsito no fórum legislativo e em todos os Estados do país. Para isso, iremos dar informações e conteúdos aos deputados para que possam utiliza-las na elaboração de leis, e também debater as questões do trânsito em seus respectivos Estados, promovendo ações para um trânsito mais seguro”, explica José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária.

Na oportunidade do lançamento do Pacto, Ramalho pode mostrar aos parlamentares algumas frentes de trabalho desenvolvidas pelo Observatório e também deu exemplos de como, cada um em seu respectivo Estado, pode ajudar a melhorar o atual cenário do trânsito no Brasil. “Conhecer o que acontece no meu Estado é fundamental para que eu possa ajudar as autoridades Estaduais a melhorar essa situação. Por isso, as ferramentas que o Observatório irá disponibilizar para nós serão fundamentais para esse trabalho”, disse o deputado Silas Freire (PR/PI), ao final do evento.

Para Christiane Yared (PTN/PR), vice-presidente da FPTS, a expertise do Observatório irá proporcionar um “olhar” diferenciado a todos os deputados que queiram levantar essa bandeira e se sensibilizem com atuais 42 mil mortos no trânsito em nosso país (último dado do SUS de 2013). “Precisamos que, pelo menos um deputado de cada Estado tenha o trânsito como sua bandeira, para que todos juntos ganhem força em discussões para melhorar todos os aspectos, desde fiscalização, como atendimento em hospitais e também, mais rigor nas punições depois de tantos crimes cometidos”, desabafa a deputada federal. “Estou bastante otimista quanto a esse trabalho. Acredito que, dentro de algum tempo, vamos colher bons frutos dessa parceria entre o Observatório e a Frente Parlamentar”, afirma Yared.

Já para o Capitão Augusto (PR/SP), “essa é uma bandeira que todos devem levantar. O nosso trânsito precisa urgente de mais atenção por parte das autoridades em todos os níveis. Não mudaremos esse quadro de mortalidade, se não unirmos forças e também chegarmos até a população. É preciso dedicação, conhecimento e trabalho. O Observatório vai nos dar exatamente o que precisamos: conhecimento. Com toda essa gama de informações, poderemos ajudar as autoridades e também a sociedade a criar uma cultura de segurança viária”, afirma.

Já o presidente da FPTS, deputado Hugo Leal (PROS/RJ) todas as iniciativas são bem-vindas. “Esse apoio do Observatório é fundamental para que consigamos diminuir o número de mortos no trânsito, alcançar a meta proposta pela ONU, por meio da Década de Ação para Segurança no Trânsito e dessa forma desonerar Previdência Social, a Saúde enfim, a sociedade como um todo. Levar dados para cada parlamentar conhecer realmente a realidade de seu Estado é transformar o trânsito em política pública e ações de Governos. Somos parte do problema, mas também somos parte da solução. Se cada um fizer sua parte, reduziremos o elevado número de mortes e feridos”, conclui Hugo Leal.

Os membros do Pacto Legislativo da FPTS, terão reuniões trimestrais com a apresentação dos atuais dados por cada Estado, conforme disponibilização das fontes que hoje abastecem o banco de dados do Observatório. Nas próximas semanas a agenda de reuniões dos membros do Pacto Legislativo será divulgada.

[gallery size="medium" link="none" ids="4170,4171,4173,4174,4175,4176,4177,4178"]

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.