Matérias

Novos conceitos para o trânsito

Escrito por Portal ONSV

31 AGO 2015 - 20H07

Novos conceitos para o trânsito

O tema e slogan da Semana Municipal de Trânsito, instituídos pelo DENATRAN - Departamento Nacional de Trânsito, “Sou a mudança no trânsito”, inspiraram o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) a lançar uma campanha nas redes sociais, com foco em comportamentos seguros para reduzir a acidentalidade no trânsito.

Durante todo o mês de setembro, todas as quartas e sextas-feiras, o público poderá acompanhar mensagens da campanha, que levará conscientização para todos os atores do trânsito: pedestres, ciclistas, motociclistas, condutores em geral e até passageiros, no caso, crianças transportadas. As peças são veiculadas no facebook e no twitter do ONSV.

A proposta é convencer a todos que no trânsito, toda mudança passa, em primeiro lugar, pelo compromisso pessoal de cada um em agir com responsabilidade e gentileza para garantir a segurança de todos.

A intenção do OBSERVATÓRIO é também destacar a necessidade de uma convivência baseada na “urbanidade” e no “aticismo”.

As duas palavras não parecem muito acessíveis, mas são fundamentais como primeiro passo para transformar o trânsito e têm sinônimos em outros conceitos que conhecemos bem como a gentileza, a civilidade, a cortesia e a educação. Os novos conceitos são uma forma de chamar a atenção do público, saindo dos chavões, muitas vezes, já desgastados e que acabam sendo ignorados por já terem se tornados clichês.

“Não existem dúvidas que, no trânsito, precisamos conviver e agir com uma certa polidez para quebrar esse clima de guerra e disputa, muito comum entre motoristas, motociclistas, pedestres, ciclistas e passageiros”, defende a jornalista Daniela Gurgel, gestora de Comunicação do OBSERVATÓRIO.

Ela conceitua que “aticismo” vem de como o povo da Grécia Antiga vivia, com polidez e sensibilidade. Já Urbanidade, vem do pertencimento à cidade. “Portanto, pertencemos e precisamos estar integrados à cidade da melhor forma”, destaca.

Segundo Daniela, ser urbano no trânsito implica em dividir o espaço com o outro. E a divisão do espaço exige uma convivência harmoniosa e respeitosa nas vias.

A Campanha “Sou a mudança no trânsito” do OBSERVATÓRIO  aborda os seguintes temas -

- uso do cinto de segurança

- respeito ao ciclista

- respeito à sinalização (incluindo a faixa de pedestre e placas)

- excesso de velocidade

- uso do celular ao volante

- uso do álcool na direção

- uso da cadeirinha para o transporte de crianças

- uso do capacete pelos motociclistas

A partir de agora, então, acompanhe nossas mensagens no facebook e twitter e já antecipe as comemorações da Semana Nacional de Trânsito, muita conscientização.

Cerca_de_62_pessoas_envilvidas_em_sinistros_de_transito_no_rio_de_janeiro_em_2023
Observadores Certificados

Cerca de 62 pessoas envolvidas em sinistros de trânsito por dia no Rio de Janeiro em 2023

O telejornal Bom Dia Alerj da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), de hoje (21), apresentou uma reportagem sobre violência no trânsito nos grandes centros urbanos e destacou uma pesquisa que classifica o estado do Rio de Janeiro entre os três com os motoristas mais rudes do Brasil. O especialista em Gestão e Direito de Trânsito e Observador Certificado, Maicon de Paula, foi consultado e defendeu a Educação para o Trânsito como instrumento para diminuir a violência no trânsito.

Regiao_do_grande_abc_registra_mes_de_maio_mais_letal_desde_2015
Observadores Certificados

Região do Grande ABC registra o mês de maio mais letal no trânsito desde 2015

A edição de ontem (20), do Diário do Grande ABC, em São Paulo, destacou que apesar do mês de maio ser marcado como uma época de conscientização para a segurança no trânsito, a Região do Grande ABC registrou o mais letal no trânsito desde 2015. O Observador Certificado Regis Frigeri foi consultado pela reportagem para falar sobre a eficácia das campanhas anuais de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo diante do aumento de sinistros de trânsito.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.