Matérias

Observatório divulga Relatório do Maio Amarelo – 2015

Escrito por Portal ONSV

29 JUL 2015 - 10H22

Entidade é berço da mobilização mundial e apoiadora do Movimento

É com orgulho que ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) disponibiliza o Relatório de Ações do Maio Amarelo-2015, que acaba de ser lançado. Um documento que retrata as ações em âmbito nacional e internacional e mostra os avanços alcançados na edição 2015, graças a participação de toda a sociedade.

O OBSERVATÓRIO destaca que o Relatório também pode ser acessado no site do Maio Amarelo, no endereço www.maioamarelo.com; mas que não poderia deixar de publicar o registro em seu site dada a importância da mobilização mundial, que coloca o Movimento como um dos mais importantes em prol da segurança viária em todo o planeta.

Juntos, numa única mobilização pelo trânsito e pela vida

O Maio Amarelo teve seus 30 dias de intensa mobilização nos cinco continentes do planeta, milhares de ações realizadas, milhões de pessoas mobilizadas e impactadas com o alerta para um trânsito mais seguro, combateu os riscos da acidentalidade e conscientizou para salvar vidas em mais de 20 países.

Boa parte desse trabalho multissetorial, uniu todos os segmentos públicos e privados, poderes e sociedade organizada ou simples cidadãos e foi registrado por seus próprios promotores e organizadores de cada ação e atividades voltadas para a construção de um trânsito mais seguro. Foram inúmeras passeatas, caminhadas, blitze, palestras, cultos ecumênicos; mensagens educativas nas estradas, nas TV, rádios, nas redes e mídias sociais, no cinema, nas escolas e universidades, nos monumentos que fizeram alusão ao Movimento mundial em favor da preservação da vida nas vias.

O amarelo contagiou o globo, alertando populações inteira, dos grotões aos grandes centros e metrópoles.

As redes sociais (facebook e twitter) e o site do Movimento publicaram essas atividades, além de toda a divulgação na imprensa. Esses foram canais importantes para a interação de todos os apoiadores e para o compartilhamento das experiências. Muito mais que essa visibilidade, o registro permanente e mais palpável do Maio Amarelo, aquele que garantirá a memória da história construída neste ano por todos os apoiadores, acaba de ser lançado: o Relatório de Ações – 2015.

O 2º Relatório de Ações do Maio Amarelo é prova documental dos avanços que marcaram nossa mobilização. Ele é a prestação de contas para aqueles que se envolveram e acreditaram nesse trabalho – que fizeram o Movimento. O Relatório busca retratar o reconhecimento do trabalho de muitas mãos, mentes e corações, pela segurança no trânsito.

Dentro dos limites que são impostos para uma publicação, tentamos mostrar, ao máximo, as atividades. É claro que gostaríamos de colocar, infinitamente, mais experiências, que chegaram nas mãos da Coordenação do Movimento, mas não existiriam páginas suficientes para que pudessem garantir esse vasto registro.

Em resumo, destacamos como a mobilização contagiou a todos no planeta, como o amarelo coloriu o Brasil de Norte a Sul. Apresentamos os números que comprovam a força do Maio Amarelo, a audiência em todos os canais de comunicação.

Tentamos ressaltar também como o Movimento tomou as rodovias de todo o Brasil, graças ao apoio da ABCR (Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias); a adesão das faculdades ao Maio Amarelo com o trabalho empolgante das Ligas de Traumas de diversos cursos de Medicina; o apoio das faculdades de Engenharia, Publicidade, Comunicação, entre outras.

Outra parceria estratégica que merece referência foi a da classe médica e dos profissionais de saúde à Mobilização – fato que tem grande relevância pela vivência e proximidade dos profissionais com as vítimas do trânsito.

O Maio Amarelo provou que é possível ocupar todos os espaços em favor do trânsito: as ruas, as empresas públicas e privadas, associações e demais organizações.

Neste Relatório, também destacam-se apoios individuais, o trabalho de gente que fez a diferença na mobilização; de personalidades com ampla força social, de autoridades, gente de destaque na música, na TV, no futebol, nas pistas; e até chefes de estado, como no Brasil, tivemos total apoio da Presidência da República ao Movimento.

O documento ainda garante espaço ao trabalho de cada Estado brasileiro na mobilização e também avalia as conquistas deste ano. Entre elas, a principal é que em cada ação, o Maio Amarelo não para de avançar e nestas páginas provamos que os primeiros passos de um longo caminho já foram trilhados. O vídeo da repercussão já está no site e pode ser assistido no link: https://www.youtube.com/watch?t=10&v=F0OHWBPcf0M

Em 2016, o Movimento reitera os laços de apoio e parceria com cada envolvido, pois o trabalho deverá ser ainda maior para superarmos as conquistas até aqui.

Essa história escrita por todos pode ser revisitada agora. Uma boa leitura a todos

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.