Matérias

Placa Mercosul: AutoEsporte comenta possíveis alterações e ouve OBSERVATÓRIO, que faz comparação com a dos Estados Unidos

Escrito por Portal ONSV

02 MAR 2021 - 09H27

Com a possibilidade de retorno do lacre e da identificação da cidade e estado para a Placa Mercosul, o programa AutoEsporte - da Rede Globo -, do último domingo (28), explicou as possíveis alterações e ouviu o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, que fez um comparativo com a placa dos Estados Unidos, onde o dono do carro também é dono da placa.

Desde o início de uso da Placa Mercosul no Brasil, em 2018, alguns elementos de segurança foram retirados, como: o lacre, o brasão do município e a bandeira do estado, entretanto, acrescentou-se o QR Code (Quick Response – em livre tradução, Código de resposta rápida), um tipo de código de barras mais avançado que não pode ser alterado, ou seja, o código é associado ao alfanumérico da placa, e mesmo que seja possível copiar a placa, o QR Code não será copiado.

Os efeitos difrativos que permitiam a identificação da validade da placa a distância e a redução de clonagens também foram retirados. Com essa mudança, o cidadão poderá voltar a pagar quando houver troca de município.

O diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, José Aurelio Ramalho, fez uma comparação com a placa dos Estados Unidos. “Nos Estados Unidos, a placa pertence ao cidadão, ou seja, se ele tiver um carro ou 100 carros na vida, a placa segue com ele e com isso, o risco de você clonar, fazer uma cópia dessa placa, é mais difícil”, disse.

Ramalho enfatizou a facilidade na cobrança de impostos e tarifas diretamente com o proprietário e não com o veículo, como acontece no Brasil. “Então, muitas vezes, você vende o veículo e as taxas, os atrasos de IPVA ou documentação seguem com o veículo, causando até um problema para um futuro proprietário. Um ponto a destacar é que com a retirada de elementos de segurança, que iriam auxiliar a dificuldade de clonagem dessas placas, foram tiradas após a sua aprovação no modelo original e com isso, certamente a clonagem, as cópias dessas placas ficam muito mais fáceis. Então, a vulnerabilidade, aumenta”, encerra.

Assista a reportagem completa em: https://globoplay.globo.com/v/9308250/

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.