Matérias

Veja o que você precisa saber sobre transporte de bagagens!

Escrito por Portal ONSV

19 FEV 2016 - 09H01

O transporte correto das bagagens contribui numa direção mais econômica e com muito mais segurança

Se você vai viajar é preciso muita atenção com as bagagens. A acomodação de malas e bolsas no veículo exige responsabilidade para a garantia da segurança e proteção de todos os passageiros e de quem você cruza pelas estradas. Mas o cuidado também deve ser tomado no dia a dia, pois muita gente deixa tudo solto pelo carro, colocando-se em risco.

De acordo com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, a principal recomendação é nunca transportar bolsas no colo, nem soltas no carro. O lugar de malas e bagagens é no porta-malas ou no chão/piso do veículo. O mesmo vale para sacolas de mercado, mochilas de crianças entre outros pertences como laptops etc.

Um cuidado super importante também é buscar manter bolsas e mochilas sempre fechadas, porque se estiverem no chão, algum item pode escapar e atrapalhar o uso dos pedais.

Existem ainda outras recomendações que devem ser consideradas por todos os motoristas no transporte de bagagens. Os primeiros cuidados são quanto ao peso que o veículo irá transportar. Não adianta querer carregar o mundo, pois cada carro tem uma capacidade definida no Manual de Instrução. O motorista deve respeitar o limite definido.

Se o motorista não sabe qual é esse limite deve buscar informações no Manual de Instruções do carro. Muita gente até tenta alegar que não tem o manual, que comprou o carro sem ele; mas essa não é uma desculpa que pode ser aceita, pois, hoje, os manuais estão todos disponíveis na internet.

O OBSERVATÓRIO alerta ainda que a distribuição desse peso é muito importante. É preciso distribuir a bagagem com uniformidade pelo carro para se garantir a estabilidade. Segundo a entidade de segurança viária, essa medida contribui para economizar combustível e para evitar o desgaste de peças do carro. Além de uma direção mais econômica, o motorista reduz riscos como acidentes, já que se o carro apresentar instabilidade pelo excesso de peso ou má distribuição da bagagem, podem ocorrer acidentes em situações de curvas, chuvas ou até mesmo numa descida de serra.

Cargas externas

Se o motorista for transportar cargas fora do carro como, por exemplo, bicicletas, pranchas entre outros, tudo deve estar bem amarrado e com dispositivos corretos.

O OBSERVATÓRIO destaca que esses objetos não podem exceder a largura do veículo e nem se projetar à frente do veículo. Já se ele ultrapassar a traseira – o que é permitido – ele precisa ser sinalizado, com uma sinalização vermelha e branca pra alertar os demais motoristas. Na traseira, o objeto pode projetar-se ao máximo cerca de 1,5 metros além do carro, sendo sinalizado. E fique atento, pois se o transporte for à noite, é preciso uma sinalização luminosa para alertar os demais motoristas e evitar colisões.

A checagem se a carga está bem amarrada é obrigatória e, ao longo da viagem, nas paradas verifique se tudo continua bem afixado.

Segundo a entidade, é bom lembrar que o peso da bagagem interna deve ser somado à externa e não pode ultrapassar a capacidade do carro, como destacamos acima.

Outros cuidados!

Sempre que for transportar objetos externos, cuidado para não encobrir a placa e lanternas do veículo, que precisam estar visíveis.

Também, analise se os objetos não vão prejudicar a sua visão e atrapalhar a condução. Eles ainda não devem gerar poeira ou barulho; e se houver necessidade de adotar redes para ampliar o cuidado com a fixação não hesite em fazê-lo.

Situações especiais - motos

Agora no verão é muito importante um alerta. Em muitas praias é comum ver motociclistas transportando pranchas. Essa é uma atitude arriscada e irregular; pois é muito difícil se estabilizar carregando esse tipo de equipamento e esse comportamento pode causar causar sérios acidentes.

E, por fim, no carro ou na moto, guarde o seu celular e tente mantê-lo fora do alcance, assim evitará distrações.

Observador_certificado_alerta_para_aumento_de_mortes_em_todo_estado_de_sao_paulo (2)
Observadores Certificados

Observador Certificado alerta para aumento de mortes no trânsito em todo o estado de São Paulo

O Observador Certificado André Ferreira falou ontem (25), ao Assis City, portal de notícias do interior de São Paulo, sobre o aumento de mortes no trânsito em todo o estado de São Paulo, sinistros que registram ainda motociclistas como maioria das vítimas.

Artigo_OC_Alvaro_Santos_Proseg_Parana
Artigos

PROSEG PARANÁ - Programa de Segurança Viária das Rodovias Estaduais do Estado do Paraná

O relatório global da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre segurança no trânsito 2023 detalha a escala das mortes no trânsito global e o progresso no avanço de leis, estratégias e ações para reduzi-las em todo o mundo. O relatório mostra que o número de mortes no trânsito caiu ligeiramente para 1,19 milhão por ano, e que os esforços para melhorar a segurança nas estradas estão tendo impacto. No entanto, o preço pago pela mobilidade continua muito alto, e uma ação urgente é necessária se a meta de reduzir pela metade as mortes e ferimentos no trânsito até 2030 for alcançada.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.