Observadores Certificados

Caminhoneiros questionam aplicação de multas devido às restrições de horário de circulação na Marginal Tietê em dias de obras

Observadora Certificada alerta sobre erros comuns ao recorrer de autuações no Programa Trucão Pé na Estrada

Escrito por Portal ONSV

16 FEV 2024 - 15H55 (Atualizada em 16 FEV 2024 - 21H56)

O programa Trucão Pé na Estrada, transmitido pelo SBT no último domingo (11), destacou os desafios enfrentados pelos caminhoneiros que precisam trafegar pela Marginal Tietê - na cidade de São Paulo - para evitar autuações devido às restrições de horários de circulação até mesmo em dias de obras na pista. A reportagem conversou com a consultora em gestão de frotas e projetos de mobilidade urbana e Observadora Certificada, Mércia Gomes, que alertou para os cuidados e explicou sobre como recorrer de uma autuação de trânsito.

Para os veículos de cargas que são obrigados a obedecer às restrições de horário, não importando o final da placa, os motoristas falaram ao programa sobre os desafios de atravessar a Marginal sem entrar no horário de restrição e também tiraram dúvidas frequentes como, por exemplo, se é possível justificar o descumprimento da norma em trechos em que são realizadas obras e causam atrasos no trânsito?

Mércia Gomes explicou que é possível recorrer da autuação recebida em casos como esse, mas não significa que a infração seja cancelada se a defesa se apoiar apenas na questão da obra na via.

“Porque não tem erro, não tem irregularidade na legislação, quando você vai recorrer, você recorre de uma irregularidade no auto de infração ou de uma informação que seja comprobatória dentro da lei que anule o auto de infração. Não existe no CTB [Código de Trânsito Brasileiro] ou no decreto municipal, que nessa via de restrição quando houver obras, será estendido o prazo. O prazo permanece independente de qualquer obra”, ressaltou.

A Observadora Certificada também orientou que o motorista e o frotista se mantenham informados a respeito de obras e restrições para programar a coleta ou entrega nos horários permitidos. Na oportunidade pontuou alguns motivos pelos quais as pessoas não conseguem obter sucesso com o recurso.

“O que acontece é que as pessoas não sabem recorrer. Não sabem apresentar um recurso e a maioria endereça para o órgão errado. Além disso, o condutor faz a primeira defesa e tem outra instância para discutir, ele pode chegar até o Cetran [Conselho Estadual de Trânsito], mas ele não chega. Então ele recebe o primeiro indeferimento e fala ‘nem adiantou eu recorrer’. Vai lá, paga a multa e esquece. Ele está perdendo outro prazo que é para subir esse recurso para ser reapreciado. Infelizmente existe uma ausência de conhecimento sobre para qual órgão que será encaminhado, sobre a documentação, tem pessoas que fazem o recurso e não assinam, não juntam os documentos que são obrigatórios e esse recurso não vai ser apreciado”, argumentou.

Assista à reportagem completa: 


Campinas_registra_maior_numero_de_mortes_no_transito_em_abril
Observadores Certificados

Campinas/SP registrou o maior número de mortes no trânsito no mês de abril

A CBN Campinas (99,1 FM), informou na última sexta-feira (17), que a cidade de Campinas, no interior de São Paulo, registrou aumento de 42% no número de vítimas fatais em sinistros de trânsito nos quatro primeiros meses de 2024, no comparativo com o mesmo período do ano anterior. O instrutor, educador de trânsito e Observador Certificado, Luiz Lima foi consultado pela reportagem para falar sobre esses dados.

Maio_Amarelo_psicologia_do_transito_comportamento_seguro
Observadores Certificados

Maio Amarelo, Psicologia do Trânsito e comportamento seguro

Na última segunda-feira (13), a Psicóloga do Trânsito e Observadora Certificada, Fernanda Prado, participou do programa Auto Papo, apresentado por Ney Rodrigues, na Rádio Bella FM (98,7), localizada no município de Cláudio, em Minas Gerais. O programa teve como tema o Movimento Maio Amarelo, abordando a sua origem, a quem se destina, a sua aplicabilidade e a importância do tema escolhido este ano, “Paz no Trânsito começa por Você”. Na oportunidade, também foi apresentado o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e falou-se sobre a Psicologia do Trânsito.

Live_Maio_Amarelo_programa_educa_pocos_de_caldas_mg
Observadores Certificados

Professores de escolas integrantes do Programa Educa em Poços de Caldas/MG promovem live sobre o Maio Amarelo

Foi realizada no início do mês de maio, a live “Maio Amarelo: paz no trânsito começa por você”, promovida pelo Centro de Referência do Professor – Cerpro, de Poços de Caldas, Minas Gerais, e transmitida pelo YouTube. O evento contou com a participação da Pedagoga, Observadora Certificada e integrante da equipe de coordenação do Programa Educa, Stefania Alvise; da Supervisora Pedagógica da SME (Secretaria Municipal de Educação), Débora Rita da Silva; e da Agente de Trânsito, Rebecca Job.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Observadores Certificados

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.