Observadores Certificados

SISTEMA ANCHIETA-IMIGRANTES/SP TEM O ANO MAIS LETAL DE TODA A SÉRIE HISTÓRICA

Contagem foi iniciada em 2015 pelo Detran-SP; de janeiro a outubro deste ano já registra 43 mortes

Escrito por Portal ONSV

01 DEZ 2023 - 17H00 (Atualizada em 08 DEZ 2023 - 11H30)

A matéria do Diário do Grande ABC da última segunda-feira (27), alertou que, segundo dados do Infosiga, sistema de monitoramento do governo estadual gerenciado pelo Detran-SP (Departamento de Trânsito de São Paulo), o número de mortes no trânsito nas rodovias do SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes) de concessão da Ecovias, no Grande ABC - estado de São Paulo -, é o maior da série histórica, divulgada desde 2015. O Observador Certificado Régis Frigeri avaliou boas práticas que promovem a segurança do trânsito nas rodovias a pedido da reportagem.

Segundo o levantamento, no período de 1º de janeiro a 31 de outubro de 2023 foram registrados 45 óbitos na SP-150, Via Anchieta, e SP-160, Rodovia dos Imigrantes, sendo oito a mais do que em 2017 (ano até então com maior número de mortes no período), quando houve 37 óbitos. O SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes) é a principal ligação entre a região metropolitana de São Paulo e o Porto de Santos, o Polo Petroquímico de Cubatão, as indústrias do ABCD e a Baixada Santista.

Ainda conforme apresentou a reportagem, este também será o ano mais letal das vias, visto que o número registrado, 45, já é maior que o de todos os anos completos desde 2015. Em 2017 e 2018, as rodovias registraram 44 óbitos, um a menos do que a marca alcançada neste ano até outubro. Na última semana, o Diário do Grande ABC percorreu as rodovias e constatou diversos problemas de estrutura e organização.

Regis Frigeri, Observador Certificado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, avalia que, para um trânsito seguro nas rodovias como condutor, é necessário ter total atenção à velocidade do veículo, uma vez que nas rodovias é maior, além de alertar sobre a distância segura entre veículos, sobretudo com neblina.

“Na rodovia, além do condutor, a concessionária ou órgão público é responsável por um trânsito seguro, através das manutenções preventivas e corretivas das vias e nas sinalizações verticais e horizontais, elas são responsáveis para que todos os condutores tenham informações sobre a condição da rodovia”, afirma Frigeri, que complementa. “Em relação aos pedestres circulando ou atravessando as rodovias, devem sempre usar roupas claras ou fluorescentes para favorecer a visualização do ponto de vista do condutor do veículo”, explicou.

Leia a matéria completa: https://www.dgabc.com.br/Noticia/4077744/sai-tem-ano-mais-letal-de-toda-serie-historica

Foto: Claudinei Plaza/DGABC/Divulgação.

Brasil_registra_uma_multa_a_cada_12_segundos_pelo_nao_uso_do_cinto_de_seguranca
Observadores Certificados

Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança

O jornal Band Cidade, da TV Bandeirantes Bahia, destacou no último sábado (06), que o Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança. Apesar do item ser obrigatório muitos condutores e passageiros ainda não o utilizam. Os Observadores Certificados Guilherme Nogueira e Urislan Carvalho falaram sobre a eficácia do cinto de segurança, que reduz em até 50% o risco de morte em caso de uma ocorrência de trânsito.

Faixa_Azul_projeto_de_lei_pretende_implementar_sinalizacao_de_seguranca_em_sao_jose_dos_campos
Matérias

Faixa Azul: Projeto de Lei pretende implantar sinalização de segurança para motociclistas em São José dos Campos/SP

A TV Câmara de São José dos Campos, destacou na última quinta-feira (04), a aprovação de um Projeto de Lei que visa implementar a Faixa Azul para motociclistas na cidade, localizada no interior de São Paulo. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, falou à reportagem sobre a importância dessa iniciativa.

Observadora_Certificada_fala_sobre_educacao_para_o_transito
Observadores Certificados

Observadora Certificada fala sobre Educação para o trânsito e dá dicas de como implementar em sala de aula, na TV Poços/MG

A Pedagoga, Educadora de Trânsito e Observadora Certificada, Stefania Alvise, foi a convidada do programa Conexão, da TV Poços – emissora local da cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais -, na última quinta-feira (27), para falar sobre a importância da Educação para o trânsito nas escolas e como implementar a didática em sala de aula.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Observadores Certificados

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.