OBSERVATÓRIO | Cuidados podem prolongar vida útil da bateria de seu veículo
7578
post-template-default,single,single-post,postid-7578,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Cuidados podem prolongar vida útil da bateria de seu veículo

Cuidados podem prolongar vida útil da bateria de seu veículo

 OBSERVATÓRIO dá dicas para garantia de maior durabilidade ao equipamento.

Seu veículo depende muito dela. Afinal, a bateria é uma fonte acumulativa de energia que tem como função armazená-la sob a forma química, que será transformada em energia elétrica quando o veículo solicitar. Serve para dar a partida no veículo, garantir a iluminação (tanto a interna quanto a externa) e para manter os sistemas elétricos e eletrônicos ativos quando o veículo estiver desligado.

Assim, é fundamental para o bom funcionamento de um veículo e, por conta disto, importante também para a segurança do condutor, de seus passageiros e de outros condutores com os quais divide as vias e rodovias. É da bateria, como se vê, que dependem os faróis, indispensáveis para que o veículo seja visto por pedestres e outros motoristas; as setas, importantes para sinalizar as intenções de manobras dos condutores, entre outros.

Em tempos de legislação que determina trafegar por rodovias durante o dia com os faróis acesos para garantia de maior segurança, o bom funcionamento da bateria ganha ainda mais importância. E não se esquecer de desligá-los quando chegar ao ponto de parada é um dos caminhos para garantia de sua durabilidade que, em média, fica entre 2 e 3 anos, mas a vida útil depende de alguns cuidados, como orienta o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária o seguir:

  • Antes de dar a partida, certifique-se que está tudo desligado.  A partida é um dos momentos em que a bateria é mais exigida. Se rádio, luzes, faróis e ar condicionado, por exemplo, estiverem ligados, a bateria estará sobrecarregada e sua vida útil, comprometida.
  • Se o veículo não for usado com frequência, é importante que o motor seja ligado pelo menos uma vez por semana e deixe o motor funcionando por pelo menos 5 minutos. A duração da bateria depende deste procedimento no caso de o veículo ficar sem utilização por longo período, já que veículos parados também consomem energia.
  • Verifique sempre se os terminais da bateria de seu veículo estão sujos ou corroídos. Para limpá-los basta usar uma esponja de aço e água. Mas não se esqueça: pra realização deste procedimento o veículo deve estar desligado.
  • Possuir um auxiliar de partida é sempre uma boa ideia, mesmo com todos os cuidados que garantem durabilidade maior do equipamento. Isso porque pode ocorrer de a bateria ‘arriar’ e, nesse caso, a tarefa de fazê-lo funcionar novamente é facilitada. O auxiliar é um aparelho responsável pela recarga da bateria sem necessidade da ‘chupeta’ ou de uma bateria extra. Com o auxiliar é possível ligar os polos da bateria e fazê-lo funcionar novamente.
  • Se for instalar acessórios eletrônicos no seu veículo, como rádio, alarme, rastreadores, entre outros, verifique a capacidade máxima da bateria.
Sem comentários

Escreva um comentário