OBSERVATÓRIO | Maio Amarelo nas pistas de Interlagos, neste fim de semana
4732
post-template-default,single,single-post,postid-4732,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Maio Amarelo nas pistas de Interlagos, neste fim de semana

Maio Amarelo nas pistas de Interlagos, neste fim de semana

Piloto Rodrigo Baptista corre estampando o laço do Movimento na Copa de Marcas

O Maio Amarelo terá espaço nas provas finais da temporada da Copa Petrobras de Marcas, que define os seus campeões em Interlagos, a partir deste sábado, dia 13; e no domingo, dia 14 de dezembro, em São Paulo.

Rodrigo Baptista vai levar o Movimento para o autódromo, estampando a marca (o laço amarelo), que simboliza a mobilização internacional para salvar vidas no trânsito, em seu Toyotta e também no seu macacão.

Essa não é a primeira vez que Baptista, o piloto mais jovem nesta categoria, apoia o Maio Amarelo. Em 2015, ele correu a etapa de Curitiba de Marcas também dando a mesma visibilidade ao Movimento.
Na ocasião, ele tinha apenas seis meses de carteira de habilitação e afirmou que gostaria de ser um propagador de comportamentos mais responsáveis nas ruas e estradas.

Para o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, ver Baptista abraçar novamente o Maio Amarelo, revela o seu engajamento com a causa: reduzir as mortes e acidentes no trânsito.

Segundo o diretor-presidente da entidade, José Aurelio Ramalho, mensagens e comportamentos como o de Baptista são referências importantes no convencimento do público que mais morre nas vias em todo o mundo: jovens na faixa etária dos 15 aos 29 anos, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde).

Mais sobre o piloto:

Baptista fez sua primeira temporada completa no automobilismo e venceu uma das provas em Goiânia (GO) neste ano, mas em 2014 também já levou a marca da mobilização em prol da segurança viária e para salvar vida no trânsito para as pistas.
O piloto chega nesta última etapa em Interlagos na décima posição, logo à frente de seu ídolo Rubens Barrichello, que está em sua primeira temporada na categoria.

Mesmo sem chance de brigar pelo título, já que figura na 10ª posição em 2015, ele promete uma boa prova para a torcida. “Como não tenho chance de brigar pelo título, não vou precisar ficar fazendo contas ou me preservando. Como sei que o nosso Corolla tem um acerto muito bom para São Paulo, vou partir pra cima para tentar mais pódios e quem sabe minha segunda vitória”.

Baptista venceu a décima etapa na frente de pilotos com a experiência de Rubens Barrichello, Vitor Meira e Nonô Figueiredo, após ultrapassagens arrojadas, mas seguras no autódromo de Goiânia, depois de largar do quinto posto. “Eu não esperava estrear no automobilismo e já ganhar de cara, ainda mais numa categoria que não permite treinos e com tanto cara bom e experiente”, comentou.

Confira o Campeonato de Pilotos após sete rodadas duplas:
1) Vitor Meira – 190 pontos
2) Gustavo Martins – 163
3) Nonô Figueiredo – 162
4) Vicente Orige – 161
5) Thiago Marques – 148
6) Guilherme Salas – 139
7) Gabriel Casagrande – 136
8) Cesar Bonilha – 133
9) Daniel Kaefer – 127
10) Rodrigo Baptista – 105
11) Rubens Barrichello – 94
12) Felipe Tozzo – 82
13) Fábio Carbone – 78
14) Beto Cavaleiro – 49
15) Willian Starostik – 40

Sem comentários

Escreva um comentário