OBSERVATÓRIO | Momento Segurança no Trânsito explica como executar manobras seguras
7559
post-template-default,single,single-post,postid-7559,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Momento Segurança no Trânsito explica como executar manobras seguras

Momento Segurança no Trânsito explica como executar manobras seguras

Como efetuar manobras seguras no trânsito é o tema desta semana do quadro Momento Segurança no Trânsito. O programa lembra que, se no trânsito é necessário estar sempre atento, no momento de realizar uma manobra a atenção deve ser redobrada para evitar acidentes. Explica ainda o que é uma manobra (o movimento executado para alterar a posição de um veículo na via) e ressalta que executar uma manobra com segurança requer o cuidado de verificar se é possível que ela seja realizada sem que ofereça riscos.

Entre outros exemplos, o programa destaca que no caso de um retorno – que é a inversão total do sentido em que se está dirigindo –, ele nunca deve ser feito em locais onde é proibido por sinalização; em curvas e trechos inclinados, em pontes, viadutos, canteiros e ciclovias. Também não pode atrapalhar o fluxo de veículos na via.

Em outra orientação, lembra que no caso de manobra em marcha a ré a atenção deve ser dada aos pedestres e, em especial, às crianças, cuja visualização pode ser prejudicada pelos pontos cegos do veículo.

Produzido pelo Programa Observar, parceria entre o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e a Seguradora Líder-DPVAT, o Momento Segurança no Trânsito é distribuído gratuitamente a todos os interessados em difundir educação e conscientização voltadas à construção de um trânsito mais seguro e, consequentemente, com menos acidentes, mortes e feridos graves.

Criado com o objetivo de ampliar as parcerias do OBSERVATÓRIO e levar ainda mais a conscientização junto à população, os vídeos são gratuitos e quem quiser recebê-los para divulgação deve encaminhar solicitação para o email onsv@onsv.org.br.

Confira o vídeo:

Sem comentários

Escreva um comentário