OBSERVATÓRIO | OBSERVATÓRIO apoia campanha da Aliança Global de ONGs para a Segurança no Trânsito
20007
post-template-default,single,single-post,postid-20007,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

OBSERVATÓRIO apoia campanha da Aliança Global de ONGs para a Segurança no Trânsito

OBSERVATÓRIO apoia campanha da Aliança Global de ONGs para a Segurança no Trânsito

Proposta é marcar a passagem do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, lembrado no terceiro domingo de novembro

 

Instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas, o terceiro domingo de novembro marca o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito. Este ano, a data será lembrada em 18 de novembro. O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança no Trânsito apoia a campanha da Aliança Global de ONGs para a Segurança no Trânsito e divulga pelas publicitárias e um vídeo usando #RoadsHaveStories #WDoR2018 e a frase World Day of Remembrance 2018

Mais do que um dia no calendário, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito é um momento para uma análise aprofundada do que leva tantas e tantas pessoas a se tornarem vítimas do trânsito em todo o mundo. Todos somos vítimas dos acidentes de trânsito, seja diretamente ou indiretamente. Mas os veículos são realmente os responsáveis por tão tristes notícias?

De acordo com a ONU, os acidentes de trânsito matam 1,25 milhão de pessoas por ano em todo o mundo. O número de feridos varia entre 30 e 50 milhões de pessoas. Brasil, China e Índia respondem por 40% das mortes globais de acidentes devido ao tamanho da população e à taxa de motorização.

Conforme o portal oficial sobre o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito (http://worlddayofremembrance.org) , as seis maiores causas de mortes no trânsito são o excesso de velocidade, o consumo de bebidas alcoólicas, a falta de cinto de segurança, a falta de equipamento de segurança para as crianças cadeirinha e o assento de elevação), a falta do capacete aos usuários de motocicleta e o uso do celular.

Em 2016, de acordo com os últimos dados disponibilizados pelo Sistema Datasus, foram computadas mais de 37 mil mortes por acidentes de trânsito no Brasil e milhares de sequelados, que têm suas vidas mudadas para sempre.  Isso significa mais de meio milhão de vítimas de acidentes de trânsito todos os anos, número suficiente para lotar mais de 5 estádios do Maracanã, um dos maiores estádios de futebol do mundo. A cada minuto, pelo menos uma pessoa fica inválida e a cada 12 minutos uma pessoa morre por acidentes de trânsito no nosso país. Acidentes dessa natureza são a principal causa de morte entre jovens (de 15 a 29 anos), particularmente entre homens.

Na tentativa de refrear o alto índice de acidentes, a ONU lançou a Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito (de 2011 a 2020) e governos de todo o mundo se comprometeram a tomar novas medidas de prevenção, com o objetivo de reduzi-los em até 50%. E você, o que tem feito para tornar o trânsito mais seguro para todos?

 

 

2 Comentários
  • Adriano Vieira da Silva
    Postado às 11:17h, 23 novembro Responder

    Bom dia….
    Gostaira de receber este video.

  • robson domingues de carvalho
    Postado às 21:15h, 09 dezembro Responder

    boa noite.
    sou gestor de segurança de uma empresa de logistica de gás natural que contrata transportadoras e estou interessado em campanhas de prevenção de acidentes e também de estatisticas diferenciadas sobre o tema.
    podem me dizer se possuem tal informação?
    obrigado, parabens pelo trabalho e um abraço

Escreva um comentário