OBSERVATÓRIO | ONSV alerta romeiros sobre cuidados com a segurança até Basílica de Aparecida
7471
post-template-default,single,single-post,postid-7471,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

ONSV alerta romeiros sobre cuidados com a segurança até Basílica de Aparecida

ONSV alerta romeiros sobre cuidados com a segurança até Basílica de Aparecida

Nunca caminhar pelo acostamento; verificar as condições do ônibus em que vai viajar e a manutenção do automóvel ou van são medidas necessárias para a segurança de romeiros

Para professar a fé em Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, ou até mesmo em agradecimento às graças alcançadas, é comum número expressivo de romeiros se deslocarem a pé, em procissões, até a Basílica Nacional, no município de Aparecida-SP no dia dedicado à santa (12 de outubro). Neste ano, entre o dia 1º de setembro e 2 de outubro, mais de 680 pessoas já caminharam pelo acostamento da via Dutra, no trecho entre São Paulo e Aparecida.

Pelo fato de em 2016 a data que celebra a santa ocorrer em numa quarta-feira, a expectativa é que tanto o movimento de romeiros que seguirão a pé quanto o de fiéis que usarão ônibus, automóveis e outros modais, até chegar ao santuário se concentre no final de semana anterior (dias 8 e 9) e no posterior (dias 15 e 16).

Seja por meio de qualquer modal se escolha para visitar a Basílica, a segurança deve estar entre as prioridades dos romeiros. No caso de se deslocarem caminhando, alguns cuidados devem ser tomados. E eles são ressaltados pelas concessionárias das rodovias que conduzem até Aparecida, por meio de campanhas de alerta. O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária – ONSV reforça as orientações uma vez que romeiro também é pedestre, condutor ou passageiro de veículos.

Para os que decidirem a caminhada, as orientações para a proteção da vida e da segurança são:

. Utilize a Rota da Luz SP,  um traçado formado por estradas secundárias, somando 201 km que passam por nove municípios, saindo de Mogi das Cruzes.  A rota é um caminho mais seguro para os romeiros com destino ao Santuário Nacional de Aparecida. Mais informações podem ser obtidas pelo site http://www.rotadaluzsp.com.br/

. Caminhe no sentido contrário ao do tráfego, em fila indiana, o mais distante possível da pista e do acostamento.

. Só caminhe durante o dia. Evite caminhar à noite ou na madrugada.

. Use roupas claras e coloridas. Se possível, use faixas refletivas. Aumente ao máximo a sua visibilidade para os motoristas.

. Descanse fora da rodovia. Se houver veículo de apoio, estacioná-lo em local seguro, nunca no acostamento.

. Mantenha sua atenção. Rodovia é espaço para veículos, não para pedestres.

. Se chover, interrompa sua caminhada. Os riscos são maiores com pista molhada

No ano passado, de acordo com a CCR Nova Dutra, cinco atropelamentos de romeiros, com uma das ocorrências provocando uma morte, foram registrados na Rodovia Presidente Dutra durante o período de peregrinação sentido Aparecida. Também no ano passado, no período entre 18 de setembro e 13 de outubro, as equipes do SOS Usuário da concessionária realizaram atendimento a 26 ocorrências entre grupos de romeiros com destino à Basílica.

Foram ocorrências relacionadas ao mal súbito (desidratação, torção no pé e falta de condicionamento físico). Houve, também, o registro de um acidente envolvendo um carro de apoio. Todas as ocorrências aconteceram entre o km 231, saída de São Paulo, e o km 71, em Aparecida, no Vale do Paraíba.

No caso de a viagem até a Basílica ocorrer de carro, ele deve passar antes por revisão que verifique o funcionamento de faróis, pneus, nível do óleo, da água do radiador, freios, discos e pastilhas, nível do combustível. Prefira sair de casa em horário em que costumeiramente não há congestionamento. Procure manter distância segura do veículo à frente, faça ultrapassagens somente quando elas forem necessárias e, ainda assim, fique atento para que seja uma ultrapassagem segura. E nunca se esqueça de que passageiros do banco de trás também precisam usar o cinto de segurança.

Se a viagem for de ônibus, verifique se ele está em condições de conduzir seus passageiros, se não é um veículo clandestino de transporte, se possui os itens de segurança. Como passageiro, você tem também obrigações a cumprir de modo que todos cheguem à Aparecida para professarem a fé e voltem também em segurança.

1Comentário

Escreva um comentário