Loader
Percepção de risco: equipamentos de proteção!
25857
post-template-default,single,single-post,postid-25857,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

Percepção de risco: equipamentos de proteção!

Percepção de risco: equipamentos de proteção!

Transitar requer cuidado e atenção. Mas, além disso, temos também diversos equipamentos que foram criados única e exclusivamente para nos proteger. Porém, eles só têm eficácia se forem utilizados de forma correta. Você sabe quais são?

Assim como a legislação de trânsito foi feita para ordenar e proteger quem transita, os equipamentos foram concebidos a partir da percepção do risco que aquele veículo poderia causar durante o manuseio.

As indústrias fabricantes de veículos automotores ou mesmo de bicicletas, trabalham incessantemente para propiciar mais segurança para quem está dentro e fora desses veículos ou pedalando. A preocupação com os equipamentos de segurança é crescente e pública.

Porém, se o equipamento não for usado corretamente, de nada adiantará. É assim como o cinto de segurança que dede 1957 salva milhões de vidas mundo afora. É assim com o capacete para os motociclistas, com as três formas de cadeirinhas para bebês e crianças, enfim, todos os equipamentos de proteção tem uma utilização correta, caso isso não seja cumprido à risca, de nada adianta tanto trabalho da engenharia, da indústria, dos pesquisadores e estudiosos do tema.

Por isso, antes de dirigir, pedalar, trafegar de motocicleta, conheça quais são os equipamentos que lhe protegem. Aprenda a usá-los e não abra mão dessa segurança.

Mas, além disso, é preciso também partilhar do conhecimento. Ensine as crianças do quão importante é fazer o correto pelas ruas e rodovias. Respeitar o outro, respeitar a legislação, respeitar a si mesmo. Manter seu carro ou moto em dia quanto as revisões também fazem parte da sua segurança. Cuidar da segurança de quem vai com você, também é sua obrigação. Mas, ao invés da obrigação, faça isso por amor.

E, por último, é fundamental que você oriente a todos que estão ao seu redor, sobre os cuidados no trânsito. Afinal, quanto mais respeitoso e cordial forem as relações nos espaços públicos, mais segurança teremos em todos os lugares. Conheça o risco, proteja a vida. Programa Laço Amarelo.

No Comments

Post A Comment