Loader
Rodovias em boas condições, mas sem sinalização adequada e sem fiscalização, levam a acidentes mais graves, diz estudo do OBSERVATÓRIO
19058
post-template-default,single,single-post,postid-19058,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

Rodovias em boas condições, mas sem sinalização adequada e sem fiscalização, levam a acidentes mais graves, diz estudo do OBSERVATÓRIO

Rodovias em boas condições, mas sem sinalização adequada e sem fiscalização, levam a acidentes mais graves, diz estudo do OBSERVATÓRIO

Análise foi divulgada pela imprensa nacional e reforça importância de medidas em favor de um trânsito mais seguro

Quanto melhor é a condição de infraestrutura das rodovias federais brasileiras, maior é a gravidade dos acidentes de trânsito. É o que aponta o estudo feito pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária que levou em consideração a pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte), intitulada “Acidentes Rodoviários e Infraestrutura”. O comparativo feito pelo OBSERVATÓRIO foi pauta de reportagens veiculadas pela imprensa nacional, conforme destacado nos links abaixo.

Segundo o OBSERVATÓRIO, quanto melhores as condições do pavimento, maior a gravidade dos acidentes, já que melhores pavimentos induzem a velocidade mais elevadas, as quais, por sua vez, são fatores determinantes para a gravidade dos acidentes. Dessa forma, reforça-se a importância da presença de dispositivos de fiscalização de velocidade e a inclusão de novos procedimentos para tal tarefa, como, por exemplo, a regulamentação da fiscalização por trecho (em que a velocidade é estabelecida com base no tempo gasto entre dois pontos de controle). Dessa forma, a melhoria das condições do pavimento deve vir acompanhadas de medidas de controle da velocidade.

Para o OBSERVATÓRIO os dados apresentados podem auxiliar na busca de medidas que podem ser adotadas em favor de um trânsito mais seguro nas rodovias federais. Ainda que haja a necessidade de pesquisas complementares para reforçar as hipóteses levantadas, algumas considerações importantes no âmbito das intervenções no sistema viário podem ser listadas:

  • Medidas de melhoria das condições do pavimento, que beneficiam a fluidez das vias, DEVEM ser acompanhadas de melhorias na sinalização, pois o estímulo ao aumento da velocidade deve ser compensado por meio de uma melhor comunicação entre a via e o condutor;
  • Medidas de melhoria das condições do pavimento, DEVEM ser acompanhadas de um rígido controle do cumprimento da velocidade regulamentar – fiscalização eletrônica e necessidades de homologação e implantação de tecnologias mais abrangentes (como a fiscalização por trecho, por exemplo);
  • Dispositivos de contenção viária adequados (barreiras de concreto e defensas metálicas) criam condições para que a rodovia “PERDOE” os erros dos condutores, reduzindo a gravidade dos acidentes com perda de controle nos casos em que o ambiente da lateral da via representa um risco (presença de objetos rígidos e elevadas declividades, por exemplo).

 

Assista as reportagens:

https://noticias.r7.com/jornal-da-record/series/serie-jr-ferias-perigo-no-caminho-05072018

https://globoplay.globo.com/v/6873025/programa/

Conheça aqui o estudo do OBSERVATÓRIO: Análise dos índices de frequência e gravidade dos acidentes

No Comments

Post A Comment