fbpx
Loader
6ª Semana Global de Segurança no Trânsito da ONU 2021, acontece entre os dias 17 e 23 de maio
27302
post-template-default,single,single-post,postid-27302,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

6ª Semana Global de Segurança no Trânsito da ONU 2021, acontece entre os dias 17 e 23 de maio

6ª Semana Global de Segurança no Trânsito da ONU 2021, acontece entre os dias 17 e 23 de maio

Celebrado entre os dias 17 e 23 de maio, a 6ª Semana Global de Segurança no Trânsito da ONU (Organização das Nações Unidas), tem como tema este ano “Ruas pela Vida” (Streets for Life), em defesa de limite de velocidade de 30 km/h (#Love30) como norma em vias com alto tráfego de veículos e pessoas.

As Semanas de Segurança no Trânsito da ONU são promovidas desde 2007, segundo planejamento da OMS (Organização Mundial da Saúde) e a Colaboração das Nações Unidas pela Segurança no Trânsito, com objetivo de aumentar a conscientização global sobre a prevenção de lesões e mortes no trânsito.

O evento é um momento para reunir esforços em nível nacional e local e garantir o cumprimento de velocidades baixas e vias urbanas, destacando o vínculo entre os limites de 30km/h e o cumprimento de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, incluindo saúde, educação, infraestrutura, cidades sustentáveis, ação climática e parcerias.

A semana deste ano aproveita a oportunidade para lançar oficialmente a Década de Ação para a Segurança no Trânsito 2021-2030, e seu Plano Global, que se alinhará à Declaração de Estocolmo, enfatizando a importância de uma abordagem holística da segurança no trânsito e pede melhorias contínuas no projeto de vias e veículos; aprimoramento das leis e da aplicação da lei sobre riscos comportamentais, como excesso de velocidade e álcool e direção; e fornecimento de atendimento de emergência oportuno para os feridos.

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária integrou a comitiva brasileira que esteve presente em Estocolmo e pôde levar alguns dos programas e projetos que desenvolve no Brasil, junto ao poder público e iniciativa privada. Durante uma semana, empresas, governos e organizações sociais debateram diversos temas e o resultado dessa Conferência foi a Declaração de Estocolmo, que aponta o caminho que todo o mundo deve trilhar para reduzir em 50% o total de mortes no trânsito até 2030 e buscar zero acidentes em 2050.

Participe também: https://www.unroadsafetyweek.org/es/home

No Comments

Post A Comment