Artigos

Instituto Mobih faz vídeo interativo para divulgar o Maio Amarelo

Escrito por Portal ONSV

31 MAI 2019 - 13H08

Entusiasta de uma mobilidade humana mais inteligente e segura, e sempre buscando a inovação em suas ações de conscientização, o Instituto Mobih lançou em maio a primeira campanha com vídeo interativo do Brasil. Com o objetivo de provocar a reflexão na sociedade, a ação de Maio Amarelo chamou a atenção para os altos índices de mortes e feridos no trânsito.

Com o mote “O trânsito não é um jogo. Uma escolha errada vale a sua vida!”, a campanha interativa aborda as principais causas de acidentes no país, tendo como objetivo estimular a reflexão de que ações praticadas corriqueiramente no trânsito - sejam pela pressa, distração ou imprudência - têm consequências graves. “Embriaguez ao volante é a segunda maior causa de mortes no trânsito brasileiro, que mata, em média, 47 mil pessoas por ano. Enquanto o uso de celular é a terceira maior causa. Cerca de 94% dos acidentes nas vias são causados por imprudência e distração – provocados, principalmente, pelo uso de smartphones, revela Cristiano Caporici, diretor de Comunicação e Marketing do Instituto Mobih.

A campanha faz parte das atividades que serão desenvolvidas durante o mês o Maio Amarelo, campanha global que busca chamar a atenção de todos para os riscos do trânsito. “Essa é a primeira campanha do Brasil que conta com um vídeo interativo, seguindo uma tendência de sucesso no mundo, popularizada com a Netflix, no seriado Black Mirror. Aqui, para driblar os altos custos que estariam envolvidos em um projeto desta dimensão, usamos muita criatividade e comprometimento do time de marketing. Como resultado, além de desenvolvermos uma campanha inédita, a fizemos com investimento zero”.  

O formato inovador e a linguagem dinâmica têm como objetivo atrair a atenção do público jovem. Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável pela morte de jovens, na faixa de 15 a 29 anos.

Em complemento à ação pontual de Maio Amarelo, o vídeo está disponível em uma landing page que, ao longo de 2019, divulgará depoimentos de especialistas e dados estatísticos de trânsito. “Nossa intenção é gerar engajamento e mudanças reais de comportamento, afinal, temos um cenário alarmante: a cada 12 minutos, uma pessoa morre no trânsito. Para mudar isso, precisamos utilizar tecnologias que conversem com a população, principalmente com os mais jovens”, completa Caporici. 

Assista o vídeo: https://video.helloeko.com/v/A98EnG/embed?autoplay=false&publisherID=t2FYUy

Sistema_anchieta_imigrantes_tem_o_ano_mais_letal_de_toda_a_serie_historica
Observadores Certificados

SISTEMA ANCHIETA-IMIGRANTES/SP TEM O ANO MAIS LETAL DE TODA A SÉRIE HISTÓRICA

A matéria do Diário do Grande ABC da última segunda-feira (27), alertou que, segundo dados do Infosiga, sistema de monitoramento do governo estadual gerenciado pelo Detran-SP (Departamento de Trânsito de São Paulo), o número de mortes no trânsito nas rodovias do SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes) de concessão da Ecovias, no Grande ABC - estado de São Paulo -, é o maior da série histórica, divulgada desde 2015. O Observador Certificado Régis Frigeri avaliou boas práticas que promovem a segurança do trânsito nas rodovias a pedido da reportagem.

Observador_Certificado_paestra_santa_summit
Observadores Certificados

OBSERVADOR CERTIFICADO É UM DOS PALESTRANTES DO SANTA SUMMIT

O doutor em Mobilidade Urbana, professor da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria) e Observador Certificado, Carlos Félix, foi um dos palestrantes durante o Santa Summit. Realizado entre os dias 24 e 25 de novembro, o evento abordou diversas temáticas com base em cinco pilares: Educação, Inovação, Empreendedorismo, Negócios e Sustentabilidade, em Santa Maria, Rio Grande do Sul.

Modelos_preditivos_para_sinistros_de_transito
Observadores Certificados

MODELOS PREDITIVOS PARA SINISTROS DE TRÂNSITO

A segurança viária é uma prioridade incontestável em todo o mundo, uma vez que sinistros de trânsito não apenas resultam em perdas significativas de vidas humanas, mas também têm impactos econômicos e sociais substanciais. Em busca de estratégias mais eficazes de prevenção e intervenção, os modelos preditivos de sinistros de trânsito emergem como ferramentas cruciais na compreensão dos fatores subjacentes à ocorrência desses eventos e na antecipação de riscos potenciais. Esses modelos abrangem desde abordagens estatísticas tradicionais, oferecendo insights valiosos para planejadores urbanos, engenheiros de tráfego e autoridades de segurança viária.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto