Artigos

Mudança de paradigma: de acidente a sinistro no trânsito

Escrito por Portal ONSV

26 FEV 2024 - 15H22

Ao longo dos anos, o uso do termo “acidente” para descrever incidentes no tráfego tem sido questionado por especialistas e organizações dedicadas à segurança viária. A definição de “acidente” implica em um evento casual, fortuito ou imprevisto, enquanto muitos dos incidentes no trânsito poderiam ser evitados com medidas adequadas de prevenção.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou a norma NBR 10697/2020, substituindo o termo “acidente” por “sinistro” em todos os contextos relacionados ao trânsito. Essa mudança tem o objetivo de trazer uma nomenclatura mais apropriada e precisa para qualificar eventos no tráfego, promovendo uma conscientização sobre a responsabilidade dos envolvidos.

A definição de sinistro de trânsito, conforme estabelecido pela norma, abrange todos os eventos que resultam em danos materiais, lesões a pessoas ou animais, e possíveis prejuízos ao trânsito, à via ou ao meio ambiente. Essa definição mais abrangente e precisa, busca enfatizar a importância da prevenção e da responsabilidade individual no trânsito.

A substituição do termo “acidente” por “sinistro” não é apenas uma questão semântica, mas sim uma mudança de paradigma na forma como encaramos os incidentes no trânsito. Ao adotarmos uma linguagem mais precisa e consciente, podemos contribuir significativamente para a redução dos índices de sinistralidade e para a promoção de um trânsito mais seguro para todos.

Alguns jornais centenários do país, como o jornal “O Estado de S. Paulo” já vem usando o termo em alguns artigos. Técnicos por todo país, ao serem abordados pela imprensa também têm usado o termo “sinistro” para se referirem aos acidentes. Com isso, o termo vem sendo difundido e corrigimos esse equívoco histórico ao relatar uma imprudência, imperícia ou negligência no trânsito, causando um sinistro.




Artigo publicado originalmente em: https://oalvoradense.com.br/mudanca-de-paradigma-de-acidente-a-sinistro-no-transito/

Atraso_licitacao_transporte_publico_recife_pe
Observadores Certificados

Atraso na licitação do transporte público do Recife/PE gera transtorno aos usuários

A Rádio Jornal Pernambuco informou que os usuários do transporte público da região metropolitana do Recife, em Pernambuco, terão que esperar mais para que a licitação das linhas de ônibus seja concluída. A previsão do governo pernambucano é que esse processo seja finalizado somente em 2026. Na última sexta-feira (12), o mestre em Inovação e Desenvolvimento para o Trânsito e Observador Certificado, Emanoel Silva, falou à Rádio Jornal sobre a importância dessa licitação e o impacto da qualidade do transporte público na vida das pessoas.

Carta_aberta_pela_participacao_democratica_nas_politicas_de_mobilidade_do_distrito_federal
Observadores Certificados

Carta aberta pela participação democrática nas Políticas de Mobilidade no Distrito Federal

Integrantes da Rede Urbanidade participaram, na última terça-feira (09), da cerimônia de lançamento dos trabalhos de revisão do PDTU (Plano Diretor de Transporte Urbano) do Distrito Federal. Durante o evento, distribuíram a carta aberta enviada ao governador Ibaneis Rocha, assinada por dez entidades, com sugestões para a participação democrática nas políticas de mobilidade do DF. A cerimônia foi realizada no Salão Nobre do Palácio do Buriti.

Artigo_a_paz_no_transito_comeca_por_voce
Observadores Certificados

A Paz no Trânsito Começa por Você: Um Compromisso Coletivo pela Vida

Em um mundo cada vez mais conectado, onde as distâncias parecem diminuir através da velocidade, um desafio persiste em ameaçar a integridade e a vida de milhares de pessoas: a (in)segurança no trânsito.

Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.