Artigos

SP_Urban Digital Festival apoia o Maio Amarelo, pelo segundo ano consecutivo

Escrito por Portal ONSV

02 MAI 2018 - 17H29

Pelo segundo ano consecutivo, o festival de new media se junta à iniciativa que chama a atenção para a segurança no trânsito.

No dia 03 (quinta-feira), começa mais uma edição “cápsula” do SP_Urban Digital Festival junto ao Maio Amarelo, uma iniciativa do Observatório Nacional de Segurança Viária. A mostra de arte digital “Maio Amarelo” visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo e reforça o direito de transitar pela cidade de forma segura.

Este ano, os pontos da cidade que serão preenchidos por arte digital serão a Av. Paulista (na Galeria de Arte Digital instalada na fachada do Centro Cultural Fiesp) e o Largo da Batata.

Sob o tema mobilidade urbana, a curadoria do SP_Urban selecionou obras digitais que proporcionam reflexão sobre os propósitos do Maio Amarelo – e que foram criadas especialmente para falar sobre o trânsito.

Estas criações e seus criadores são: “Transite!” (Coletivo Coletores), “Transtópico” (Letícia RMS) e “Color Frequency 0.68” (Ligia Alonso). As obras digitais visuais serão exibidas na Galeria de Arte Digital do Centro Cultural Fiesp, gigante plataforma de LED a céu aberto instalada no número 1.313 da Avenida Paulista.

Já no Largo da Batata, a programação começa em 17 de maio e será anunciada em breve.

A Arte Digital é uma linguagem atual, intuitiva, que estimula o engajamento do público massivo com questões de relevância social de maneira lúdica e divertida, além de promover a ocupação dos espaços públicos.

Serviço:

Onde: Galeria de Arte Digital do Centro Cultural Fiesp

Av. Paulista 1.313 – em frente à estação Trianon-Masp do metrô

Dias: 03 a 25 de maio

Horário: das 19h às 06h

Obras Visuais:

“Transite!” (Coletivo Coletores)

“Transtópico” (Letícia RMS)

“Color Frequency 0,68” (Ligia Alonso)

Evento no facebook:

https://www.facebook.com/events/795648210636573/

Sobre as obras digitais e seus criadores:

Transite! 

Coletivo Coletores (Brasil)

2017

""

“Transite!” Créditos Bia Ferrer

Do verbo transitar e/ou um neologismo que mixa o prefixo trans (ir/para além) e site (sítio/local). A obra é o resultado de uma exploração iconográfica de imagens sobre fluxos e deslocamentos. Ela mapeia e recompõe, sob o prisma da arte digital, uma variedade de ícones que configuram o trânsito nas grandes metrópoles como: carros, motos, veículos de tração animal e também elementos que apresentam meios de transporte imaginados pelas utopias e distopias a partir do advento das tecnologias. Por meio de uma estética 8bit convida o público a repensar não apenas os meios de transporte, mas também a decodificar cada imagem apresentada.

Coletivo Coletores foi formado em 2008 pelos artistas Toni William Crosss e Flávio (SERES) Camargo com a proposta de trabalhar a cidade como meio e suporte para suas ações. Ele se utilizam de conceitos como arte e jogo, graffiti e pixo digital, design social e arte interativa. É um coletivo pioneiro em realizar ações com arte digital em comunidades periféricas. Já realizaram projetos em variados espaços institucionais como: FONLAD em Coimbra Portugal, Universidad Piloto de Colombia, 10 Dimensões UFRN em Natal, entre outros.

Transtópico

Letícia RMS (Brasil)

2017

""

“Transtopico” créditos: Bia Ferrer

O vídeo explora a questão da mobilidade urbana sob a perspectiva das mulheres. Apesar delas representarem 55% dos usuários do transporte coletivo, possuem pouca ou nenhuma representatividade no processo de planejamento da cidade. Através de uma abordagem lúdica, a obra discorre sobre um sistema de transporte coletivo utópico, onde questões de gênero e a perspectiva das mulheres são consideradas nos processos de planejamento, garantindo assim a construção de cidades equitativas e seguras; e impedindo – pelo menos no mundo fictício – que o medo da violência e do assédio afaste as mulheres do transporte público e impeça seu direto de ir e vir.

Leticia RMS é designer e ilustradora. Trabalha com a experimentação de técnicas manuais de ilustração, letterings e colagens mescladas com técnicas de manipulação e animação digital na criação de cenários utópicos e surreais. Sua temática aborda conceitos como o uso e o planejamento da cidade sob a perspectiva feminina e busca convidar as pessoas a serem os atores centrais do planejamento urbano, possibilitando – no campo do imaginário – a construção da cidade ideal para cada um.

Color Frequency 0.68

Ligia Alonso (Brasil)

2017

""

“Color Frequency 0.68” créditos: Bia Ferrer

Nesta obra, a vibração da cidade é emanada através de formas e cores que se misturam e se revelam num fluxo contraditório entre caos e ordem. Pelos seus caminhos percorrem informações, sensações e prazeres, numa estética futurista e geométrica.

Ligia Alonso é uma VJ paulistana. Suas projeções e peças de arte digital está presente nas festas mais legais de São Paulo, sempre acompanhando o som.

Projeto aprovado pelo Ministério da Cultura – Lei Roaunet.

Patrocínio: Cervejaria Ambev

Apoios: Observatório Nacional de Segurança viária e 99

Parceria: Holy Cow Criações

Produção e curadoria: Verve Cultural

Realização: Governo Federal – Ministério da Cultura

SP_URBAN DIGITAL FESTIVAL

""

Créditos: Bia Ferrer

Desde sua primeira edição em 2012, o SP_Urban visa expandir o conceito de arte ao estabelecer canais de tecnologia digital como partes integrantes da cidade. Sempre gratuito, preza pela ocupação dos espaços públicos de forma inusitada e fomenta a reflexão sobre o ambiente urbano.

O festival é pioneiro na difusão na arte digital no Brasil e incluiu São Paulo ao mapa mundial das cidades que integram media facade ao seu tecido urbano. Em 2013, foi o responsável por projetar a capital paulista na rota do Connecting Cities.

O SP_Urban foi criado pela produtora Verve Cultural e funde arquitetura, arte e novas mídias. A Galeria de Arte Digital do Centro Cultural Fiesp (fachada LED que veste o edifício) foi criada pela Verve Cultural especialmente para as primeiras edições do SP_Urban.

facebook.com/SPUrbanDigitalFestival/

youtube.com/user/SPUrban

Serie_transitando_qual_a_sua_contribuicao_para_um_transito_seguro
Matérias

Série Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?

O telejornal Meio-Dia Paraná, da RPC, afiliada à TV Globo, realizou na última semana uma série com cinco reportagens sobre comportamento no trânsito. “Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?”, contou com a participação do professor do Departamento de Transportes da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e membro do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, explicando questões relacionadas ao comportamento das pessoas e influências diretas no trânsito.

Observatorio_participa_segunda_edicao_esg_energia_negocios_ibp
Matérias

OBSERVATÓRIO participa da 2ª Edição do ESG Energia e Negócios do IBP

Com o objetivo de colaborar para que a sociedade avance em direção a um futuro energético de baixo carbono, o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) realiza a 2ª edição do “ESG Energia e Negócios” nos dias 27 e 28 de maio, em Copacabana, no Rio de Janeiro. O presidente do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, participou da abertura do evento, falando dos atuais números do trânsito no Brasil, dos avanços do Movimento Maio Amarelo e do Programa Laço Amarelo. Além disso, Ramalho também entregou a placa de Mantenedor Social ao IBP durante o encontro que reúne cerca de 500 pessoas.

Observadora_Certificada_ministra_palestra_durante_seminario_programa_vida_no_transito
Observadores Certificados

Observadora Certifica ministra palestra durante Seminário do Programa Vida no Trânsito

A Observadora Certificada e representante do Maio Amarelo em Goiás, Elizabeth Gandara, ministrou uma palestra sobre o Movimento Maio Amarelo no dia 15 de maio, durante o Seminário do Programa Vida no Trânsito, realizado no auditório do Paço Municipal do município de Senador Canedo, no estado de Goiás.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.