Artigos

Transporte de passageiros – Segurança

Escrito por Portal ONSV

10 ABR 2017 - 11H39

 Renato Campestrini

Dias atrás, ao assistir ao noticiário de uma retransmissora do interior do Estado de São Paulo, a matéria apontava que uma empresa que presta os serviços de transporte coletivo intermunicipal para determinada cidade estava com veículos sem condições de realizar o transporte em virtude da falta de cartões de vistoria e de atender normas de segurança.

Posteriormente, outra matéria mostrou novamente veículos da empresa em questão sendo submetidos à vistoria e um que bateu em um poste após perder uma roda do eixo dianteiro. Apesar do susto para trinta e quatro passageiros, felizmente ninguém ficou ferido.

Saindo do interior para a capital, no último dia 6 de abril, o noticiário nos mostra um veículo do transporte coletivo que supostamente perdeu o controle em um declive, acertou sete veículos e dois postes antes de parar, deixando, ao final, nove feridos.

A esses casos, podemos juntar vários outros, dentre os quais aquele na rodovia a caminho do litoral de São Paulo, que ceifou vidas de jovens que retornavam para suas casas após aulas na faculdade.

Em comum a todos esses casos, o envolvimento de veículos que em tese deveriam ser seguros, uma vez que transportam inúmeras vidas para o trabalho, para o estudo e também para o lazer.

Quando um acidente ocorre com tais veículos e vítimas são registradas, a repercussão do assunto é grande na Imprensa, na população; mas, no entanto, com ações preventivas muitos dos registros poderiam ser evitados.

Fiscalizar nas vias das cidades e nas rodovias o estado de conservação de tais veículos é essencial para evitar acidentes, pois manutenção deficiente, ou a falta dela, são fatores de risco que podem resultar em acidentes.

Em reportagens na televisão, jornais, por mais de uma vez a ausência do cinto de segurança para veículos em que eles são obrigatórios foram mostrados, assim como pneus sem possibilidade de transitar, ou seja, situações que não deveriam existir.

Para os passageiros, eventual abordagem pode até representar perda de tempo nos deslocamentos corriqueiros do dia a dia. Entretanto, esse período da abordagem pode ser o necessário para a preservação da vida.

O certo é que após um acidente com envolvimento de veículos do transporte coletivo, as dúvidas e questionamento sempre aparecem:

Porque não fiscalizaram antes?

A velocidade era compatível?

O tacógrafo registrou os dados?

A manutenção foi realizada com a necessária atenção?

O condutor estava em boas condições físicas e de saúde para realizar a atividade?

Seja no veículo particular, seja no transporte coletivo, cuidar da manutenção do veículo, da saúde do condutor e possuir a percepção do risco, são requisitos fundamentais para evitar acidentes. E a fiscalização cumpre papel importante nesse processo.

Chega de desperdiçar vidas, de ampliar a legião de sequelados do trânsito; mudar o panorama atual é algo que está ao nosso alcance, afinal de contas, nossa escolha, minha escolha faz a diferença.

Renato Campestrini é especialista em legislação de trânsito e gerente-técnico do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Observador_certificado_nomeado_secretario_municipal_mobilidade_urbana_paco_lumiar_ma
Observadores Certificados

Observador Certificado é nomeado secretário Municipal de Mobilidade Urbana do município de Paço do Lumiar/MA

A edição de 03 de junho, do Diário Oficial de Paço Lumiar, no Maranhão, publicou o decreto a nomeação do Observador Certificado Fábio Fernandes Alves para o cargo de secretário municipal de Mobilidade Urbana do município. Essa nomeação auxiliará na implementação e desenvolvimento de ações de segurança viária e mobilidade em Paço Lumiar, Região Metropolitana de São Luís.

Observador_Certificado_ministra_palestra_em_workshop_do_ministerio_publico_minas_gerais
Observadores Certificados

Observador Certificado ministra palestra em workshop realizado pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), uma Entidade Laço Amarelo, por meio de sua Diretoria de Gestão de Frota (DGET), realizou no final do mês de maio o Seminário “Transportando Vidas no Maio Amarelo”. O evento que ocorreu no Salão Vermelho do MPMG, em Belo Horizonte, contou com a participação do Observador Certificado e representante do Movimento Maio Amarelo em Minas Gerais, Alexander Magalhães.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.