Matérias

Artigo sobre o movimento Maio Amarelo é publicado em jornal científico

Escrito por Portal ONSV

02 JUN 2020 - 09H07

A edição de janeiro-abril do Panaman Journal of Trauma (Jornal de Trauma do Panamá - em livre tradução), publicada no dia 15 de maio, traz o artigo intitulado: Yellow May: Worldwide Road Safety Injury Prevention Program (Maio Amarelo: Programa Mundial de Prevenção de Lesões de Segurança Rodoviária – livre tradução), em que apresenta o movimento Maio Amarelo e suas ações, desde a sua criação em 2014, aqui no Brasil, além do alcance de suas campanhas e o engajamento de diversos países pelo mundo.

De autoria de Alcir Escocia Dorigatti, da Divisão de Traumatologia, no Departamento de Cirurgia, da Universidade de Campinas, Campinas (SP), entre as fontes, conta com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária para o fornecimento de informações e dados, o artigo adverte para o alto número de vidas perdidas no trânsito. Segundo o mesmo, perdem-se três mil vidas por dia nas estradas e nas ruas, essa é a nona maior causa de morte no mundo.

Outro detalhe é que as colisões de trânsito são a principal causa de morte na faixa etária dos 15 aos 29 anos; a terceira na faixa etária dos 30 aos 44 anos; e a quarta na faixa etária dos 5 aos 14 anos. Essas colisões representam atualmente um custo de 518 bilhões de dólares por ano ou entre 1% e 3% do produto interno bruto de cada país.

Sobre o Maio Amarelo

Nos 6 primeiros anos de Maio Amarelo, o movimento conseguiu provar a reprodutibilidade do projeto. Ou seja, hoje, no Brasil, ele é desenvolvido anualmente em todo o país. E o movimento também conta com o apoio de 28 países, como: Argentina, Áustria, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Marrocos, México, Portugal e Uruguai, entre muitos outros. É necessário salientar que cada país é livre de criar o seu próprio material, de acordo com as suas necessidades epidemiológicas.

Somente em 2019, os meios de comunicação social espontâneos atingiram um valor total de 169 mil dólares. Em 2018, o movimento contava com mais de cinco mil ações de campanha em 28 países, enquanto em 2019, foram mais de 3.000 ações. Em conjunto com todas as mídias/meios de comunicação (impressa, rádio, TV e internet), foi possível alcançar mais de 120 milhões de pessoas.

O Panamerican Journal of Trauma é o jornal oficial da Sociedade Panamericana de Trauma. A revista tem como objetivo facilitar o intercâmbio de ideias e informações relevantes para melhorar os cuidados clínicos, a educação e a investigação científica em traumatismos, cuidados críticos e cirurgia de emergência. Além de, proporcionar oportunidades que alimentem e promovam os jovens investigadores e fomentar a produção científica das Américas.

O artigo pode ser lido aqui (em inglês): https://www.pajtcces.com/doi/PAJT/pdf/10.5005/jp-journals-10030-1265

Atraso_licitacao_transporte_publico_recife_pe
Observadores Certificados

Atraso na licitação do transporte público do Recife/PE gera transtorno aos usuários

A Rádio Jornal Pernambuco informou que os usuários do transporte público da região metropolitana do Recife, em Pernambuco, terão que esperar mais para que a licitação das linhas de ônibus seja concluída. A previsão do governo pernambucano é que esse processo seja finalizado somente em 2026. Na última sexta-feira (12), o mestre em Inovação e Desenvolvimento para o Trânsito e Observador Certificado, Emanoel Silva, falou à Rádio Jornal sobre a importância dessa licitação e o impacto da qualidade do transporte público na vida das pessoas.

Carta_aberta_pela_participacao_democratica_nas_politicas_de_mobilidade_do_distrito_federal
Observadores Certificados

Carta aberta pela participação democrática nas Políticas de Mobilidade no Distrito Federal

Integrantes da Rede Urbanidade participaram, na última terça-feira (09), da cerimônia de lançamento dos trabalhos de revisão do PDTU (Plano Diretor de Transporte Urbano) do Distrito Federal. Durante o evento, distribuíram a carta aberta enviada ao governador Ibaneis Rocha, assinada por dez entidades, com sugestões para a participação democrática nas políticas de mobilidade do DF. A cerimônia foi realizada no Salão Nobre do Palácio do Buriti.

Observatório realiza encontro com a Liga de Trauma da Unicamp em prol do Maio Amarelo Internacional
Matérias

Observatório realiza encontro com a Liga de Trauma da Unicamp em prol do Maio Amarelo Internacional

Na última quinta-feira (11), o presidente do Conselho Deliberativo do Observatório e criador do Maio Amarelo, José Aurélio Ramalho, e a Public Affair, Daniela Gurgel, estiveram com o Dr. Gustavo Fraga, grande parceiro do Observatório e responsável pela Liga de Traumas da Unicamp, em Campinas.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.