Matérias

BRASIL NÃO REDUZ O NÚMERO DE VÍTIMAS NO TRÂNSITO NEM DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

Escrito por Portal ONSV

13 OUT 2022 - 16H56

Observador Certificado ressalta necessidade de políticas públicas para reduzir ocorrências de trânsito

Conforme levantamento da reportagem do Jornal do Commercio e da Rádio Jornal de Pernambuco, nem mesmo a pandemia de covid-19 foi suficiente para reduzir o número de vítimas no trânsito brasileiro. Para comentar sobre os dados apresentados pela matéria, o repórter Max Augusto conversou com o Observador Certificado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Emanuel Plácido.

Segundo dados do Ministério da Saúde em 2021, em média 642 pessoas foram internadas por dia na rede pública de saúde com lesões causadas por sinistros de trânsito. O número é um recorde. Para se ter uma ideia, dez anos atrás, esse total era 34%. Em 2011, a média diária era de 480 internações. Em 2020 também não foi diferente, mostrando que as medidas de distanciamento social exigidas pela pandemia não conseguiram impedir aumento da violência no trânsito.

Quando o recorte é feito a partir dos dados da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o país registrou em 2020, 188 mil internações de pessoas envolvidas nesse tipo de sinistro. Já em 2021, o número aumentou 24%, indo para 234 mil.

Segundo o especialista em segurança no trânsito e Observador Certificado, Emanuel Plácido, o aumento nos índices está diretamente ligado ao fator humano. “A falta de conscientização dos condutores, dos pedestres, das pessoas que utilizam as nossas vias públicas é uma das principais causas desses eventos. Precisamos de políticas públicas voltadas ao ser humano, políticas que façam com que o impacto numa ocorrência desses eventos não cause lesões graves ou mesmo leve a morte”, argumentou.

Ouça a matéria completa:

[audio mp3="https://www.onsv.org.br/wp-content/uploads/2022/10/Radio_jornal_Pernambuco_OC_Emanoel_Placido_transito_brasileiro_covid_19.mp3"][/audio]

Brasil_registra_uma_multa_a_cada_12_segundos_pelo_nao_uso_do_cinto_de_seguranca
Observadores Certificados

Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança

O jornal Band Cidade, da TV Bandeirantes Bahia, destacou no último sábado (06), que o Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança. Apesar do item ser obrigatório muitos condutores e passageiros ainda não o utilizam. Os Observadores Certificados Guilherme Nogueira e Urislan Carvalho falaram sobre a eficácia do cinto de segurança, que reduz em até 50% o risco de morte em caso de uma ocorrência de trânsito.

Faixa_Azul_projeto_de_lei_pretende_implementar_sinalizacao_de_seguranca_em_sao_jose_dos_campos
Matérias

Faixa Azul: Projeto de Lei pretende implantar sinalização de segurança para motociclistas em São José dos Campos/SP

A TV Câmara de São José dos Campos, destacou na última quinta-feira (04), a aprovação de um Projeto de Lei que visa implementar a Faixa Azul para motociclistas na cidade, localizada no interior de São Paulo. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, falou à reportagem sobre a importância dessa iniciativa.

Observadora_Certificada_fala_sobre_educacao_para_o_transito
Observadores Certificados

Observadora Certificada fala sobre Educação para o trânsito e dá dicas de como implementar em sala de aula, na TV Poços/MG

A Pedagoga, Educadora de Trânsito e Observadora Certificada, Stefania Alvise, foi a convidada do programa Conexão, da TV Poços – emissora local da cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais -, na última quinta-feira (27), para falar sobre a importância da Educação para o trânsito nas escolas e como implementar a didática em sala de aula.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.