Matérias

Eficiência e Sustentabilidade nas ONGS é tema de palestra, no dia 17

Escrito por Portal ONSV

10 NOV 2015 - 11H59

Evento acontece dentro de Fórum, em Brasília. Faça sua inscrição até 13/11.

Em tempos de crise, a sobrevivência é ainda mais desafiante para as ONGs de Trânsito de todo o Brasil. Mas existem caminhos e alternativas que podem facilitar - e muito - o trabalho dessas entidades como, por exemplo, buscar ser mais eficiente dentro de uma gestão sustentável. Essa será uma das abordagens da palestra “Eficiência e Sustentabilidade em ONGs”, com Danilo Tiisel, graduado em Direito pela USP (Universidade de São Paulo), com MBA em Gestão da Sustentabilidade e cursos de Pós-graduação em Direito do Terceiro Setor e Gestão do Terceiro Setor, além de responsável pela área institucional do OBSERVATÓRIO.

A palestra voltada para o segmento acontecerá durante o Fórum de Debates “O papel da sociedade civil na busca da Segurança no trânsito”, realizado no dia 17 de novembro, pelo ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária), no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília, espaço onde acontecerá a 2ª Conferência.

A palestra começará às 14h45, com duração de 45 minutos.

As inscrições para o evento poderão ser realizadas até o dia 13 de novembro, sexta, pelo endereço http://bit.ly/inscricoesobservatorio (clique aqui!). A participação é gratuita.

Além dessa palestra, o público do Fórum poderá acompanhar seis painéis de debates, ao longo do dia, no período das 08h30 às 16h30.

Um primeiro painel vai reunir representantes do legislativo para discutir “Como o Parlamento pode avançar na melhoria do trânsito brasileiro com o apoio das ONGs”. Os deputados deverão dar suas contribuições para a implementação efetiva das leis atuais de trânsito e também apontar novas propostas para ampliar a segurança, por meio de novos projetos de lei (PLs).

Nos demais painéis, serão apresentados os cenários e perspectivas para os cinco eixos com os quais os países de todo o mundo devem atuar no combate à violência no trânsito, de acordo com a ONU/OMS (Organização das Nações Unidas/Organização Mundial de Saúde): Fiscalização, Infraestrutura, Segurança veicular, Saúde e Educação. A situação brasileira será o foco do evento.

Vale esclarecer que a participação neste fórum não garante inscrição para a Conferência Global, realizada pela OMS e Ministério da Saúde, que acontece nos dias 18 e 19 de novembro.

O Centro Internacional de Convenções do Brasil fica no SCES, Trecho 2, Conjunto 63, Lote 50, na Asa Sul, em Brasília.

O Fórum tem apoio da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro e da ABROT (Aliança Brasileira de Organizações da Sociedade Civil pela Vida no Trânsito).

Clique no site do OBSERVATÓRIO para conferir a programação detalhada do Fórum.

Cerca_de_62_pessoas_envilvidas_em_sinistros_de_transito_no_rio_de_janeiro_em_2023
Observadores Certificados

Cerca de 62 pessoas envolvidas em sinistros de trânsito por dia no Rio de Janeiro em 2023

O telejornal Bom Dia Alerj da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), de hoje (21), apresentou uma reportagem sobre violência no trânsito nos grandes centros urbanos e destacou uma pesquisa que classifica o estado do Rio de Janeiro entre os três com os motoristas mais rudes do Brasil. O especialista em Gestão e Direito de Trânsito e Observador Certificado, Maicon de Paula, foi consultado e defendeu a Educação para o Trânsito como instrumento para diminuir a violência no trânsito.

Regiao_do_grande_abc_registra_mes_de_maio_mais_letal_desde_2015
Observadores Certificados

Região do Grande ABC registra o mês de maio mais letal no trânsito desde 2015

A edição de ontem (20), do Diário do Grande ABC, em São Paulo, destacou que apesar do mês de maio ser marcado como uma época de conscientização para a segurança no trânsito, a Região do Grande ABC registrou o mais letal no trânsito desde 2015. O Observador Certificado Regis Frigeri foi consultado pela reportagem para falar sobre a eficácia das campanhas anuais de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo diante do aumento de sinistros de trânsito.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.